Cientistas revelaram cinco tipos de relacionamentos entre gatos e seus tutores — cujo foram descritos como amizade, co-dependência e associação remota, entre outras descrições.

A pesquisa conduzida por pesquisadores da Universidade de Lincoln entrevistaram cerca de 3.994 tutores sobre seus próprios comportamentos em relação aos seus felinos — e observaram seus animais.

Além do estudo, os pesquisadores disponibilizaram um questionário interativo para que os participantes, ou outras pessoas pudessem descobrir que tipo de relacionamento possuem com seus animais de estimação.

Vamos ler juntos sobre o assunto abaixo!

Como se dão os tipos de relacionamentos entre gatos e humanos

Especialistas em comportamento animal descobriram que podemos classificar vários tipos de relacionamentos entre humanos e gatos.

Segundo especialistas em comportamento animal, os gatos são capazes de formar relacionamentos emocionais próximos com os seres humanos, mas pouco se sabe ainda sobre a profundidade desses laços.

Como em toda relação social complexa, o tipo de ligação entre o gato e seu dono é o resultado de uma dinâmica entre os dois envolvidos, juntamente com certas características da personalidade de cada um.

Enquanto muitos felinos podem ser mais indiferentes, parece que o comportamento não é assim tão comum como é propagado.

A ampla sociabilidade do gato e as expectativas do tutor podem ser significativas, à medida que o nível de investimento emocional por parte do tutor no animal e a sociabilidade dele parecem ser importantes para determinar o tipo de relacionamento que possuem entre si.

A pesquisa realizada pelos cientistas desenvolveu um questionário para agrupar dados sobre os diferentes elementos emocionais que sustentam a relação entre gatos e seres humanos.

Questões como o quanto o gato parece perceber o tutor como base segura em casa, a extensão do engajamento entre ambos, nível de sensibilidade para com as necessidades do animal e consistência em suas interações, foram incluídas no questionário.

Além de “amizade”, “co-dependência” e “associação remota”, os outros dois tipos de relacionamento identificados foram “relacionamento casual” e “relacionamento aberto”.

O intuito da pesquisa era ajudar a não só melhorar e entendimento sobre como nós nos relacionamos com os gatos — mas também aprimorar os cuidados com eles, de um modo geral.

Veja abaixo os 5 tipos de relacionamento entre gatos e humanos!

1. Relação Co-dependente

Em dos tipos de relacionamentos em que o gato depende emocionalmente do humano de vice versa.

Tipo de relacionamento em que o gato depende de um tutor bastante envolvido emocionalmente. Ou seja, o animal é muito importante para o seu dono, possivelmente visto como um membro da família ou grande amigo.

Nessa relação, o tutor brinca com o bichano regularmente, e é visto como se fosse parte de um mesmo grupo social. O gato se comporta de forma amistosa, lambendo o rosto e as mãos do dono com frequência.

O animal sente que possui uma base segura em casa e procura pelo dono quando sente algo preocupante.

Por outro lado, o gato não se relaciona bem com outros, podendo até se esconder, caso haja visitantes.

Isso porque ele aprendeu que as coisas boas vem do dono e, por isso, faz um esforço para manter a proximidade física com ele, sendo que a separação pode ser problemática.

Como por exemplo, deixar de comer caso o dono se ausente por mais tempo de casa, sugerindo até que ele possa vir a ter problemas para controlar suas frustrações.

Este tipo de relacionamento é bastante comum entre gatos que vivem sozinhos com seus donos, sem acesso ao ambiente externo.

2. Relacionamento Casual

Esses gatos são do tipo que preferem a vida do lado e fora ao invés da bagunça e agitação de dentro de casa. Eles costumam visitar várias outras casas ao redor em seu território (podendo até considerar mais de uma casa), e se ausentar por dias.

Embora se comportem de forma amistosa com seus donos, tentam não ficar tão próximos, podendo até se esforçar para manter certa distância.

3. Amizade

Humano e gato são emocionalmente ligados, mas de forma saudável para ambos.

O dono é ligado emocionalmente ao gato, se preocupa com ele, o vê como grande companheiro ou parte da família, reservando sempre um tempo para interagir com ele.

Já o gato é carinhoso e amistoso com o dono, procurando sempre pelo colo. O dono é visto como parte do mesmo grupo social e como base segura.

Por outro lado, diferente da co-dependência, o gato se relaciona bem com outras pessoas, saudando ou inspecionando visitantes e até visitando vizinhos.

Além do relacionamento amistoso e carinhoso, gato e tutor vivem bem independentemente.

O gato curte estar próximo ao dono, mas não tem a necessidade de manter essa proximidade o tempo todo, o seguindo pela casa, por exemplo. Ele pode até escolher um local de sua preferência para ficar sozinho.

Nesse tipo de relacionamento, a separação não é problemática. Ela costuma ocorrer em lares mais ocupados, com um ou mais gatos, com acesso ao lado de fora.

4. Relacionamento aberto

Os gatos nesse tipo de ligação refletem a visão de que ele é um animal independente e solitário, que deve ter sempre acesso ao ambiente externo.

Esse tipo de gato pode se relacionar bem com outras pessoas, saudando visitas e vizinhos, tendo alguma afiliação ao dono, mas com menos necessidade de proximidade, podendo até parecer mais desinteressado. Por exemplo, eles não costumam procurar pelo colo do dono ou lamber as mãos e face.

5. Relacionamento remoto

Um dos tipos de relacionamentos em que o gato vive muito bem sem a companhia do dono.

Nesse tipo de relacionamento, os gatos recebem cuidados, mas não são considerados um amigo próximo ou sequer parte da família.

Eles podem não ser emocionalmente próximos, apesar do comportamento amistoso do animal em relação ao seu dono.

Normalmente, o gato nessa relação prefere manter distância das pessoas, sendo o dono ou não, possivelmente por falta de confiança.

Assim, ele não costuma lamber a mão e a face do dono, nem irá procurar por ele se estiver preocupado com algo.

Por Equipe Editorial

O Vidanimal.com.br acredita que compartilhar um bom conteúdo é a melhor maneira de fazer com que a informação chegue ao seu destino ou público alvo. Educar e conscientizar as pessoas é a nossa missão. Procuramos criar parcerias com profissionais empenhados em fazer parte dessa missão. Contamos com uma equipe de colaboradores que amam aquilo que fazem e se dedicam todos os dias para levar até você um conteúdo informativo de qualidade.

Deixe uma resposta