Menu fechado

Cachorro abandonado: saiba quais raças de cachorro mais abandonadas

Cachorro abandonado: pastro alemão adulto estendendo a pata para seu dono.

Abandonar um animal de estimação por qualquer motivo que seja é cruel e desumano. Pois, o cachorro abandonado nas ruas ou em abrigos sofre com uma série de problemas, tendo a sua vida em risco. Saiba que, para criar um cachorro é preciso ter muita responsabilidade e dedicação.

A quantidade de cachorros abandonados nas ruas ou em abrigos vem crescendo de forma alarmante. Os motivos que levam a pessoa a abandonar o cachorro são vários. No entanto, certas raças de cachorros são mais abandonadas que outras.

Por isso, é necessária uma maior conscientização sobre o assunto. Entenda quais são essas raças de cachorro mais abandonadas, e os motivos que levam o cachorro ao abandono.

Motivos que levam ao cachorro abandonado

rCachorro abandonado: Dálmata adulto fazendo gracinhas de barriga pra cima.
Cachorro abandonado: Dálmata adulto fazendo gracinhas de barriga pra cima. (Crédito/Copyright: “patostudio/Shutterstock”)

Muito cachorros vêm sendo abandonados. Na maioria das vezes, o motivo que leva as pessoas a abandoná-­los tem a ver com o fato de não pesquisarem a fundo sobre o animal. Por isso, antes de tomar a decisão é preciso estar muito consciente da sua escolha. Ou seja, você deve saber que uma vez feita a escolha, ela deve ser para toda vida.

É de extrema importância pesquisar sobre os hábitos e necessidades do cachorro, assim como analisar profundamente se a RAÇA DELE se encaixa ao SEU ESTILO de vida. Lembre-se, sempre a longo prazo.

Cachorros possuem longevidade variada, ou seja, existem raças de cachorros que podem viver até cerca de 20 anos. Portanto, é muito importante levar em consideração todos os detalhes ao comprar ou adotar um cãozinho.

Cachorro não é moda

Cachorro abandonado: Collie e seu filhote deitados na grama em campo aberto
Cachorro abandonado: Collie e seu filhote deitados na grama em campo aberto. (Crédito/Copyright: “claupad/Shutterstock”)

Tão importante quanto a pesquisa profunda sobre a raça do cachorro é não se deixar levar pela empolgação. Assim como pelas aparências e principalmente, modismos. Pesquisas recentes apontam que um dos maiores motivos que levam uma pessoa a escolher uma raça é a sua popularidade. Ou seja, a raça deve estar na moda.

É muito comum algumas raças de cachorro caírem no gosto das pessoas e outras nem tanto. Muitas vezes, isso acontece por causa da fama que adquirem em suas aparições em filmes, séries e comerciais de TV ou menções em livros. Tem raça de cachorro que fica em alta até por terem donos famosos, como artistas e celebridades do momento.

Portanto, esse aumento ou diminuição de popularidade entre raças sempre foi muito comum. Ou seja, muitas raças caninas já foram bastante populares desde a sua criação, outras nem tanto. Esta oscilação pode variar de acordo com inúmeros motivos, mas na maior parte das vezes a fama é a maior responsável. E isso é péssimo para o cachorro.

Isto é, tamanha popularidade faz com que a demanda por filhotes destas raças da moda também aumente. No entanto, o que muita gente não pára para pensar ou se esquecem, é que estes lindos filhotes crescem. Ou seja, eles ficam maiores do que se imaginava, possuem gastos elevados, assim como necessidades e cuidados especiais.

A soma de tudo isso, passada a empolgação, acaba levando as pessoas a desistirem do cachorro. Assim, esse lindo filhote do início, acaba se tornando o futuro cachorro abandonado adulto.

Raças de cachorro mais abandonadas

Veja à seguir, alguns exemplos de raças de cachorro que já tiveram enorme popularidade uma época, e que hoje também adquiriram um alto índice de abandono:

1. Collie

Cachorro abandonado: Collie de perfil com sua pelagem exuberante ao vento.-collie
Cachorro abandonado: Collie de perfil com sua pelagem exuberante ao vento. (Crédito/Copyright: “claupad/Shutterstock”)

O Collie é um cão pastor que foi criado para pastorear rebanhos, além de já ter servido muito como salva­-vidas e guia. A raça atingiu o auge da sua popularidade com a aparição no longa­-metragem Lassie – A força do coração, estreando como protagonista junto a Elizabeth Taylor em 1943. A fama lhe rendeu uma série de TV e a tornou uma das raças mais famosas e queridas entre as pessoas da época.

O Collie era retratado no papel de Lassie, um cão­-herói que conquistava os corações de todos com a sua coragem e lealdade. Com isso, todos foram levados a acreditar que o Collie era um cachorro perfeito, capaz de desempenhar as mais variadas tarefas.

No entanto, o Collie é um cão de porte grande e que possui muita energia, por isso exige uma grande quantidade de exercícios. Além disso, o Collie é uma raça de cachorro de pelo longo que exige muitos cuidados. Por isso, passada a empolgação e o modismo, o Collie se tornou uma raça de cachorro abandonado.

2. Dálmata

Cachorro abandonado: Lindo Dálmata deitado em meio as pedras da montanha
Cachorro abandonado: Lindo Dálmata deitado em meio as pedras da montanha. (Crédito/Copyright: “patostudio/Shutterstock”)

O Dálmata é um cão farejador que foi utilizado para guardar estábulos e escoltar carruagens, além de caça e pastorear. A raça se tornou um enorme “hit” após o filme 101 Dálmatas, da Disney em 1996. No entanto, depois que a euforia passou, mais de 10.000 Dálmatas foram abandonados. Pois, apesar de muito bonito, o Dálmata é uma raça de cachorro de grande energia. Por isso, exige espaço físico e muitos exercícios para ter um bom comportamento e não se tornarem agressivos. O Dálmata é mais um cachorro abandonado famoso.

3. Pitbull Terrier Americano

Cachorro abandonado: Pitbull Terrier sorridente deitado no parque curtindo um lindo dia de sol
Cachorro abandonado: Pitbull Terrier sorridente deitado no parque curtindo um lindo dia de sol. (Crédito/Copyright: “sanjagrujic/Shutterstock”)

O Pitbull foi uma raça originalmente utilizada para o combate a touros nos famosos Bull-baiting, como os Buldogues ingleses. Ele já foi muito popular também destacando­-se atualmente como “cão de briga” nas populares rinhas caninas. Com isso, também já se tornou até um símbolo de virilidade por jovens que apreciam esportes, malhação e principalmente lutas.

Infelizmente, cruzamentos irresponsáveis e o incentivo ao temperamento agressivo e outros comportamentos inadequados por parte de criadores e donos, fizeram com que a raça adquirisse uma reputação de cão perigoso. Com isso, o Pitbull passou a ser uma das raças de cachorro mais temidas. Por esta razão, o Pitbull foi marginalizado e acabou se tornando uma raça de cachorro abandonado por muitos.

4. Labrador Retriever

rCachorro abandonado: Trio de Labradores nas três cores disponíveis da raça - preto, chocolate e amarelo.
Cachorro abandonado: Trio de Labradores nas três cores disponíveis da raça – preto, chocolate e amarelo. (Crédito/Copyright: “claire norman/Shutterstock”)

Os Labradores são uma das raças mais doces e gentis que existem. Sendo assim, eles se tornaram ainda mais populares após protagonizarem filme e livro, ambos intitulados Marley & Eu, os dois de enorme sucesso.

No entanto, passada a euforia, vários Labradores foram abandonados depois que seus donos descobriram que a raça precisa de muitos estímulos. O Labrador exige exercícios físicos e mentais, além de espaço para se exercitar para não desenvolver um comportamento inadequado, como se tornar inquieto e destrutivo. Ou seja, o adorável Labrador é constantemente um cachorro abandonado.

5. Akita

Cachorro abandonado: Akita deitado no chão com seu olhar penetrante e pelagem exiberante
Cachorro abandonado: Akita deitado no chão com seu olhar penetrante e pelagem exiberante. (Crédito/Copyright: “Eliska Sestakova/Shutterstock”)

A raça Akita também foi protagonista de um sucesso de bilheterias ao contracenar com o ator americano Richard Gere no filme Sempre ao seu lado. Por causa do filme, o Akita se tornou um enorme sucesso e muito popular devido a fama de cão eternamente leal ao seu dono.

Apesar da sua lealdade, o Akita é outra raça que exige muitos cuidados e manutenção. Por isso, acaba sendo abandonada depois que as pessoas descobrem que não possuem o tempo e nem a energia para suprir tais necessidades.

6. Husky e Malamute do Alasca ou Northern Inuit

Cachorro abandonado: Husky Siberiano cinzento roendo algo.
Cachorro abandonado: Husky Siberiano cinzento roendo algo. (Crédito/Copyright: “Wasitt Hemwarapornchai/Shutterstock”)

Estas duas raças de cachorro, Husky e Malamute do Alasca (mistura de Pastor alemão e Malamute), são descendentes diretos de lobos. Ambas se tornaram muito populares após o enorme sucesso da trilogia do livro e filme Crepúsculo. Além da série americana de TV Game of Thrones, exibido pelo canal pago HBO que se tornou um grande “hit” por algum tempo.

A procura por raças que se assemelhavam aos lobos cresceu muito com o sucesso do filme e da série de TV. No entanto, essas raças exigem muita dedicação e cuidados, pois possuem necessidades especiais. E que muitas vezes, as pessoas que as adquirem não tem ideia.

Isto é, o Husky e o Malamute são raças que exigem a compreensão de suas demandas. Portanto, precisam de donos que possam oferecer um compromisso para a vida toda. Infelizmente, são raças de cachorro frequentemente muito abandonadas pela falta de comprometimento de seus tutores.

7. Pastor Alemão

Cachorro abandonado: Pastor Alemão e o seu incrível olhar atento e fiel ao seu dono
Cachorro abandonado: Pastor Alemão e o seu incrível olhar atento e fiel ao seu dono. (Crédito/Copyright: “Oksana Kuzmina/Shutterstock”)

O Pastor Alemão é uma das raças mais versáteis que existe. Ele já foi usado para inúmeros trabalhos por causa da sua grande inteligência e treinabilidade. O Pastor alemão também ficou muito famoso após estrelar em várias séries e filmes antigos como Rin­Tin­Tin nos anos 20 e 30.
No Brasil, fez grande sucesso na série produzida entre 1954 e 1959 que narrava a história de um cachorro que acompanhava uma unidade da Cavalaria dos Estados Unidos no final do século XIX. Houve também uma série brasileira, Vigilante Rodoviário, que também apresentava um cão, denominado Lobo, como parceiro de aventuras de um policial rodoviário.

Mediante o sucesso da série na TV brasileira, vários brinquedos foram fabricados na época, fazendo com que a raça se tornasse um enorme sucesso. O Pastor também foi um cão muito usado pela polícia e como cão de guarda. Porém, apesar de tantos atributos, acabou se tornando uma das raças mais abandonadas. Pois, por ser uma raça de grande porte, o Pastor alemão também exige espaço, dedicação e estímulos físicos e mentais.

Pergunte ou Responda

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *