Menu fechado

Caminha de cachorro: saiba como escolher a cama ideal para comprar

Buldogue francês deitado na sua caminha de cachorro.

Os cachorros, tal como os seres humanos, também possuem hábitos diurnos e noturnos, assim como hábitos de sono. Você conhece os hábitos de dormir do seu cachorro? Ele costuma dormir bastante ou tira várias pequenas sonecas durante o dia? E onde ele costuma dormir? Ele dorme no chão, na casinha ou em uma caminha de cachorro?

Bastam algumas perguntas para já determinar quais os hábitos de sono do seu cachorro. Portanto, é observando pequenos detalhes e ficando atento os comportamentos habituais do cachorro que podemos determinar o que é melhor para ele.

Cientistas e especialistas em cachorros não possuem uma resposta absoluta para explicar a razão de tantas sonecas. Mas, normalmente é assim que eles passam pelo menos metade dos seus dias – Dormindo!

Caminha de cachorro: o padrão do sono canino

O cachorro padrão dorme cerca de 12 a 14 horas em um ciclo de 24-horas. Filhotes, que gastam muito da sua energia explorando e aprendendo podem precisar de 18 a 20 horas. Cães mais velhos tendem a precisar de mais descanso, assim como certas raças.

Tecnicamente, tanto as raças pequenas quanto grandes, podem ser dorminhocas, mas os cachorros de grande porte, como Terra Novas, Mastifes e São Bernardos ganharam até apelidos de “cães travesseiros” por causa das suas sonecas intermináveis.

Cachorros muitas vezes gastam 50% do dia dormindo, mais 30% deitados acordados, e apenas 20% se movimentando. Mas, ao contrário dos seres humanos, que descansam mais quando mantém uma rotina regular, os cachorros são mais flexíveis com relação ao sono.

Desse modo, eles podem facilmente acordar quando percebem alguma ação (o carteiro chegando no portão, crianças brincando no quintal ou seu dono chegando em casa depois do trabalho) ao seu redor. Além disso, dormem rapidamente quando estão entediados.

Os cachorros também costumam dormir menos quando possuem muito o que fazer. Quer dizer, cachorros trabalhadores, como da polícia ou que desempenham tarefas em fazendas, dormem menos que outros que não desempenham tarefas pela casa.

Caminha de cachorro: fique atento às mudanças de hábitos

O único cuidado que devemos tomar é com as mudanças drásticas nos hábitos do cachorro. Portanto, fique atento ao comportamento do cachorro. Embora haja essa variabilidade nos hábitos de sono dos cachorros, eles não costumam mudar o comportamento da noite para o dia.

Por exemplo, se o seu cachorro normalmente é bem ativo, e de repente passar a dormir o dia inteiro — ou o inverso — isso não é normal. Por isso, fique atento e entre em contato com o seu veterinário. Ele pode estar passando por algum problema de saúde. A solução pode até ser algo bem simples. Como por exemplo, trocar a sua dieta. Ou, pode até ser algo mais problemático como ter de tratar uma condição cardíaca ou de tireóide. Por isso, fique atento e não marque bobeira!

Caminha de cachorro: onde os cachorros devem dormir?

Caminha de cachorro: Bulmastife e seu dono deitados na cama em um chamego gostoso.
Caminha de cachorro: Bulmastife e seu dono deitados na cama em um chamego gostoso.

Todo mundo sabe, os cachorros são animais sociais. A maioria deles se sente mais confortável próximo ao resto da família. Ou seja, inclusive durante à noite. Há também pessoas que gostam de ter seus companheiros caninos junto deles quando vão dormir.

Por isso, tem muita gente que dorme com seus cachorros dentro do quarto. Para tanto, costumam providenciar uma caminha de cachorro. Tem gente que tem até uma casinha de cachorro dentro do quarto só para eles. Na verdade, para o cachorro, qualquer coisa serve. Uma almofada ou até um tapete no chão ao lado da cama, desde que ele esteja próximo à você. Ainda tem gente que adora dormir com eles agarradinhos debaixo das cobertas na própria cama.

Vantagens de dormir junto com o cão

As vantagens de ter o cachorro dormindo junto ou próximo são muitas. Cachorros que possuem a companhia do dono não se estressam e não se sentem sozinhos. Também não costumam se assustar com alguma coisa durante a noite (barulho de carros na rua, tempestades). Ou seja, eles se sentem mais seguros na sua companhia.

De manhã, logo você vai saber quando eles precisam sair ou se querem continuar dormindo, sem que você precise sair da cama. E mais, se ele dormir na sua cama, as noites frias de inverno serão mais amenas. Além disso, compartilhar a cama com ele é uma forma de fortalecer o vínculo com o cachorro. Sem falar que a conexão entre vocês ficará em uma maior sintonia.

Desvantagens de dormir junto com o cão

Por outro lado, tem gente que acha que os cachorros podem atrapalhar o sono. Seja por conta dos roncos, ganidos e outros barulhos caninos, ou por falta de espaço. Além disso, tem gente que acha anti higiênico compartilhar a mesma cama ou local para dormir. Afinal, por mais que eles sejam mantidos limpos, o cachorro não deixa de ser um animal.

Sem falar que, ainda há a possibilidade de causar uma certa tensão entre os casais. Por exemplo, se uma das pessoas não se incomoda e deseja ter o cachorro por perto, na cama ou no quarto, e a outra não suporta. Essa pode ser uma batalha um tanto difícil de ser vencida entre os casais.

Um local próprio é a melhor solução

Enfim, para quem não se incomoda em dormir com o cachorro junto no quarto ou na cama, já vimos que pode ser muito bom para ele. O problema é que junto na cama, nem sempre é viável. Cachorros grandes, por exemplo, ocupam muito espaço e costumam se mexer durante o sono. Neste caso, é preferível providenciar uma caminha de cachorro ou até uma casinha de cachorro confortável dentro do quarto. Assim ele estará próximo ao dono, mas dentro do seu próprio espaço, sem incomodar ninguém.

Cachorros de pequeno porte, de temperamento mais calmo, que não costumam importunar durante a madrugada podem até se contentar com um espaço na cama. No entanto, o ideal é que eles tenham um local próprio para dormir. Neste caso, a caminha para cachorro pequeno ou um almofadão para cachorro são uma melhor solução. Dá mais autonomia à ele, sem tirar a sua autoridade sobre ele também. Cada um na sua!

Razões para oferecer uma caminha de cachorro

Filhotes de Pointer Alemães juntos deitados na caminha de cachorro deles.
Filhotes de Pointer Alemães juntos deitados na caminha de cachorro deles.

Como vimos, o ideal é que o seu cachorro tenha a sua própria rotina e o seu local de dormir. Ou seja, a caminha de cachorro ou uma casinha de cachorro ideais, assim como o seu próprio local para dormir são essenciais para o estado físico e emocional do cachorro.

Embora muita gente ache que os cachorros são capazes de dormir em qualquer lugar, isso não é verdade. Em primeiro lugar, o cachorro não deve dormir direto no chão, principalmente em superfícies frias e muito lisas.

O chão liso, como cerâmica, dificulta levantar e escorrega, principalmente se ele for pesado. Já o chão frio, como o cimento, costuma passar friagem para o corpo do cachorro. Durante o inverno, principalmente, isso pode causar doenças.

O cachorro é um animal, mas não é nada bobo. Se ele não estiver confortável onde estiver dormindo, vai procurar um local melhor. Assim, você também não vai querer que ele fique subindo na sua cama, poltronas ou sofás pela casa.

Por esta razão, é bom providenciar uma caminha de cachorro, um cobertor, demarcar o local com um tapete que seja só dele ou oferecer a casinha de cachorro. O cachorro precisa de uma cama para dormir tanto quanto nós precisamos da nossa. Veja abaixo algumas razões:

1. Caminha de cachorro: um lugar só deles

Os filhotes se sentem seguros em casa dentro de seus cercadinhos. Do mesmo modo, a caminha do cachorro é o lugar onde os cães adultos podem ser donos do seu território. Ele entende que o resto da casa pertence às pessoas, e o cachorro pode se sentir um pouco excluído.

Se você providenciar um local com uma caminha de cachorro só pra ele, o cachorro será muito mais feliz. É importante ter para onde se retirar quando sentir necessidade de ficar sozinho. Além disso, dar um lugar para o seu cachorro dormir evitará que ele durma onde você não quiser. Os cachorros sempre vão tentar encontrar um local para dormir o mais confortável possível. Por isso, acabam subindo na sua cama com você, no sofá ou poltrona da sala, trazendo até sujeira para dentro de casa. Uma cama ou a casinha de cachorro adequada às necessidades e ao tamanho dele evitarão que ele incomode ou estrague os móveis.

2. Caminha de cachorro: boa para saúde dele

Dormir no chão ou em qualquer outra superfície dura pode ser ruim para a saúde do seu cachorro. As caminhas de cachorro ortopédicas ajudam a amenizar a dor e o desconforto da displasia de quadril, artrite ou outros problemas estruturais. Por exemplo, os cães idosos e até os mais pesados devem ter camas ortopédicas, pois estão mais suscetíveis à estas condições.

Além disso, as caminhas de cachorro podem auxiliar a se erguer do chão e proteger contra o frio. Hoje no mercado existem modelos que possuem aspectos para promover a saúde deles, como pastilhas de cedro que ajudam a evitar odores.

3. Caminha de cachorro: bem mais higiênica

Convenhamos, por mais que a casa seja limpa, o chão não é o lugar mais higiênico para se tirar uma soneca. A caminha de cachorro ajuda a manter-se limpo. E se ele trazer lama ou sujeira da rua ou do quintal, não se preocupe. A maioria delas já vem com forros removíveis e laváveis que facilitam a sua limpeza. Muitas podem ser colocadas na máquina de lavar. É muito mais fácil que ter que limpar todos os outros móveis da casa.

Como fazer ele dormir na caminha de cachorro

Caminha de cachorro: Poodle fêmea já idosa deitada na sua almofada descansando.
Caminha de cachorro: Poodle fêmea já idosa deitada na sua almofada descansando.

Com a enorme variedade de caminhas e casinhas de cachorro hoje no mercado, não é só difícil escolher, mas ainda mais desafiador fazer com que eles durmam nelas. Embora você curta dormir com o seu cachorro junto na cama, considere permitir que ele durma separado.

Pelas razões já citadas acima, uma caminha de cachorro ou casinha confortáveis, serão mais adequadas à ele. Especialmente se você já estiver notando problemas de comportamento nele.

Veja bem, uma das formas que os cachorros determinam hierarquia é através da altura física. No mundo animal, aquele que estiver em um nível superior na hierarquia, irá se posicionar mais alto que o animal de nível inferior. Quando você permite que o cachorro durma na cama junto à você, essa hierarquia não fica claramente estabelecida. Assim, ele acaba presumindo estar acima de você ou em peso de igualdade.

Ao introduzir um filhote ou um cachorro mais velho no lar, é importante deixar claro para o cachorro quem é que manda. Assim, uma boa forma de fazer com que o cachorro entenda o conceito de hierarquia, é mantê-lo fora do alcance dos móveis da casa, como sofás, poltronas, e principalmente da sua cama.

Como tirá-lo da sua cama

Caminha de cachorro: Basenji deitado confortavelmente na cama do seu dono.
Caminha de cachorro: Basenji deitado confortavelmente na cama do seu dono.

Muitas vezes, nos vemos em uma situação em que precisamos restabelecer as regras. Isso acontece quando muito quando o cachorro, após anos de convivência, do nada começa a desobedecer. Assim, é necessário recuperar o seu domínio.

Se você insiste em não permitir que ele durma na sua cama, tente oferecer uma caminha de cachorro tão confortável que ele não possa recusar. Coloque uma peça de roupa sua ou uma fronha de travesseiro com o seu cheiro. Isso costuma ajudar na identificação. Se ele continuar a subir na sua cama, tente o comando “Vá para sua cama”, e corrija-o imediatamente sempre que ele tente subir.

Toda vez que ele subir na sua cama, tire-o ou afaste-o gentilmente repetindo “Não”. Se mesmo assim, ele persistir, talvez seja a hora de usar outros métodos de correção. Seja consistente, mas nunca agressiva ou use a força. Bater nunca é um boa solução.

Como treiná-lo a ficar na caminha de cachorro

Para treiná-lo a dormir na sua própria caminha ou na casinha, escolha uma hora que não seja durante a noite e teste em um local que não seja o seu quarto. Coloque-as no local, possivelmente na sala ou onde você quer que ele durma.

Em seguida, coloque o brinquedo favorito dele na caminha ou dentro casinha para torná-las mais atraentes. Ofereça biscoitos caninos como recompensa toda vez que ele deitar na caminha ou entrar dentro da casinha, obedecendo ao seu comando.

Preso à coleira, caminhe com ele sobre a caminha de cachorro ou ao redor da casinha, fazendo-o deitar sobre ela ou entrar nela. Em seguida, diga: “Vá para a sua caminha (ou casinha)”. Recompense-o se ele obedecer.

Toda vez que ele se levantar ou sair, diga “Não” ou “Fica” e calmamente leve-o de volta ao local e repita o comando para deitar na caminha ou entrar na casinha. Aumente o tempo após dizer o comando e ofereça a recompensa. Vá demorando cada vez mais para oferecer a recompensa todas as vezes.

O cachorro irá aprender o comando e entenderá quando você quiser que ele vá ou fique na caminha/casinha. Para ajudar, coloque uma peça de roupa sua ou fronha de travesseiro. Assim, ele sentirá o seu cheiro e ficará mais calmo com a sua “presença”, mesmo que seja apenas olfativa.

Como escolher a caminha ou casinha de cachorro perfeita

Caminha cachorro: Cachorro deitado na sua caminha de com o seu brinquedo favorito.
Caminha cachorro: Cachorro deitado na sua caminha de com o seu brinquedo favorito.

Para escolher a caminha ou casinha perfeitas, é preciso observar a maneira como ele dorme. Além disso, não deixe de considerar a sua idade. Se por exemplo, ele gostar de se esticar enquanto dorme, uma almofada para cachorro retangular sem bordas laterais, provavelmente é a melhor das escolhas.

Se ele gosta de dormir todo encolhido como um caracol, uma caminha de cachorro redonda ou oval é ideal. Cachorros idosos, com artrite ou problemas ósseos se sentirão mais confortáveis em colchonetes para cachorro de espuma com memória (do tipo NASA). Cachorros de porte grande exigem caminhas maiores, já os menores podem ficar com uma caminha para cachorro pequeno.

Qualidade X preço

No caso da caminha de cachorro, você realmente deve ficar atento à qualidade e ao preço. Às vezes pagar um pouco mais caro vale à pena. Tem muita variedade por aí tanto em termos de qualidade, quanto preço. Caminha para cachorro barata, muito frágil ou feita com materiais pouco resistentes costuma rasgar facilmente e não durar por muito tempo.

O mesmo acontece com a casinha de cachorro. Fique atento aos materiais e ao local onde ela irá ficar. O mercado pet hoje em dia oferece inúmeros modelos, feitas com vários materiais diferentes. É possível encontrar casinha de cachorro grande, casinha de cachorro de plástico ou de madeira. Ou seja, casinha para cachorro e qualquer material e para qualquer ambiente. Quanto melhor a qualidade do material, mais o produto irá durar.

Uma vez que ele estiver confortável na sua caminha ou na sua casinha, ele irá dormir por conta própria — e todos os seus esforços terão sido recompensados!

Dicas para comprar a melhor caminha de cachorro

Schnauzer filhote dormindo seguro e confortavelmente na sua caminha de cachorro predileta.
Schnauzer filhote dormindo seguro e confortavelmente na sua caminha de cachorro predileta.

As caminhas de cachorro são confeccionadas para uma variedade de necessidades, hábitos e preferências. Existem uma infinidade entre almofadas de espuma ortopédicas a réplicas elegantes de camas humanas. Ela pode ser tanto prática quanto estilosa. A casinha de cachorro, a mesma coisa. Ela pode até combinar com o estilo arquitetônico da sua casa. Leia as dicas abaixo para ajudar a escolher a melhor caminha de cachorro para o seu companheiro:

1. Tire as medidas do cachorro

É bom tirar as medidas do seu cachorro antes de comprar a caminha dele. Meça-o da base da cauda ao focinho com uma fita métrica. É importante caso ele goste de se espreguiçar antes de dormir, durante o sono ou quando acorda.

O cachorro irá apreciar muito mais se a sua caminha for do tamanho certo. Considere também o peso dele. Ou seja, cachorros grandes e pesados precisam de caminhas de cachorro com espumas mais densas. O peso do animal afunda a espuma muito fina e a caminha de cachorro não fica confortável para ele.

No caso da casinha, o ideal é que seja uma casinha de cachorro grande o suficiente para que ele possa dar uma volta sobre si mesmo lá dentro dela. Ou seja, que haja espaço suficiente para que ele se mova lá dentro. Além disso, que ele possa ficar em pé também, que não precise se abaixar tanto para entrar. Considere colocar um edredom de cachorro para ele ali dentro também, ou até um colchonete próprio pra isso.

2. Escolha bem o local

O local onde a caminha de cachorro irá ficar pode influenciar também no tamanho e no estilo dela. Decida se a caminha ou casinha de cachorro ficará dentro ou fora de casa. Dependendo do local, você vai decidir sobre o tamanho e estilo dela. Se elas ficarem dentro de casa, escolha um canto em um local reservado. Não é bom que atrapalhe a locomoção das pessoas. Seu cachorro também gosta de privacidade.

3. Determine os recursos mais importantes

Se o seu cachorro tiver artrite, por exemplo, as caminhas de cachorro com espumas mais grossas ou feitas de colchão do tipo “NASA” (espuma de memória) são as melhores. Existe também, caminha de cachorro aquecida. A opção é muito apreciada por cães que sentem muito frio, como os de pêlos muito curtos ou idosos.

Cachorros que gostam de ficar debaixo de cama, mesa ou sofá, podem preferir caminhas de cachorro tipo toca ou iglú ao invés das abertas. Tem cachorro que se sente mais seguro em locais mais reclusos para dormir. A casinha de cachorro também é uma boa opção para eles.

4. Selecione a cor e o estilo

Caminhas de cachorro possuem muitas cores, padrões e designs. Se ela vai ficar em um local mais à mostra, tente escolher uma que combine com a sua decoração. Uma opção mais neutra não chamará tanta atenção.

Se optar por uma caminha de cachorro do tipo almofadão, tente escolher uma que possa ser logo identificada como do cachorro. Assim você evita que crianças ou visitas tomem o lugar do cachorro. Isso seria constrangedor, mas um problema maior ainda.

5. Cheque as instruções limpeza

Caminhas de cachorro também sujam e devem ser limpas ou lavadas com frequência. Isso faz parte da higiene do cachorro e evita doenças. A maioria delas é feita com materiais removíveis e laváveis, que podem até ser colocadas na máquinas de lavar. No entanto, certifique-se antes de quais partes da caminha de cachorro podem ser facilmente removíveis para facilitar a sua limpeza. A praticidade é fundamental para que o hábito de limpeza seja consistente.

6. Personalize, torne-a única

Quem não gosta de exclusividade? Se você é dessas pessoas que adora um projeto artesanal, por que não fazer você mesmo a caminha para o seu cachorro? Existem vários sites que oferecem dicas e vídeos tutoriais de como fazer uma caminha de cachorro bem bacana e criativa. Isso também é uma excelente opção para quem não quer gastar muito e prefere uma caminha para cachorro barata. Assim, a caminha dele vai ser única e exclusiva, cheia de personalidade.

2 Comentários

  1. Nicolina

    Oi importa partilha qual plataforma de blog que você é trabalhando com?
    Eu sou planejamento para começar o meu próprio blog logo mas
    estou tendo um difícil tempo tomar uma decisão entre BlogEngine/Wordpress/B2evolution e Drupal.
    A razão que eu peço é porque seu design parece diferente, então a
    maioria dos blogs e eu estou procurando algo exclusivo.
    PS minhas desculpas de ficando off-topic, mas eu tinha que perguntar!

    • Equipe Editorial
      Equipe Editorial

      A plataforma é WordPress, porém customizada de forma exclusiva. Caso não entenda de programação reocmendo um template WordPress customizável, ou contratar um designer que desenvolva uma plataforma exclusiva de acordo com suas necessidades a partir de um template wordpress.

Pergunte ou Responda

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Conteúdo em Audio: