O poodle é uma raça de cachorro fácil de ser treinada, é divertida e cheia de energia. Poodles gostam de ter a companhia dos humanos praticamente o tempo todo e, definitivamente, detestam ficar isolados em um quintla ou canil.

Em resumo, é uma raça fantástica e talvez até uma das mais amigáveis e brincalhonas, capazes de entreter toda a família. Por outro lado, a sua socilização deve ser levada à sério, e deve começar desde cedo, embora sejam considerados a segunda raça mais inteligente, logo abaixo do Border Collie.

Quando socializados da forma adequada, os poodles podem ser maravilhosos com outros animais de estimação e outras pessoa fora do seu convívio. Apesar de ainda haver um longo debate sobre a origem da raça, com algumas pessoas acreditando o poodle descender de algum tipo de cão d’água alemão, enquanto outras podem jurar que ele é descendente do Barbet Francês, sendo até o cão oficial da França.

Mas chega de conversa, e vamos logo ao que interessa: saiba mais sobre esta raça de cachorro incrivelmente inteligente, para depois concluir se ela é mesmo adequada à sua família. Acompanhe!

Poodles são mais que companheiros adoráveis

O Poodle é o tipo de cachroro que se adequa a todos os lares.

Os Poodles sempre estiveram nas primeiras posições nas listas de raças de cachorro mais populares. Por anos, eles lideravam estas listas e não há uma pesoa que não tenha tido um Poodle em algum momento da vida ou não conheça alguém que tenha um em casa.

Por serem considerados uma raça hipoalergênica, por conta da pouca perda de pelos, eles sempre foram uma boa opção para quem tem alergias. E embora tenham tamanhos e variados, todos os tipos de Poodles possuem a mesma construção e porporções.

Eles possuem focinhos estreitos e longos, orelhas caídas e uma cauda encurtada, como se fosse um pompom, sendo que a maioria que compete em exposições ou campeonatos de agilidade costumam ter a tosa Continental.

Normalmente, os Poodles são amigáveis e só demonstram sinais de irritação e mau humor quando agitados ou ameaçados. No entanto, a socialização da raça é essencial para que eles não se tornem temperamentais.

Infelizmente, eles também tem a tendência de latirem bastante, mesmo quando estão felizes. Por isso, é crucial que recebam o treinamento adequado para amenizar essas tendências.

Informações Básicas sobre o Poodle

Os poodles são capazes de divertir toda a família!

Dependendo do tamanho — toy, miniatura ou padrão — os Poodles podem pesar de 3 kg a 32 kg. A sua expectativa de vida média é de 12 a 15 anos. Além disso, eles podem ter uma variedade de cores, incluindo branco, preto, castanho avermelhado, marrom, cinza, etc.

Variações de Tamanhos do Poodle

Há três tipos diferentes de Poodles: Padrão, miniatura e toy. Um poodle padrão, por exemplo, pode chegar a 38 cm de comprimento, da cauda aos ombros. Já os miniaturas possuem are 38 cm ou menos, e os toys não ultrapassam 25cm.

O tamanho padrão é provavelmente ainda usado para manter as tradições de aparência da raça, originalmente criada como cão de caça do tipo retriever, além de ser o padrão mais antigo das três variações.

O Poddle toy pode pesar cerca de 2 to 4 kg, os miniaturas de 6 a 7kg, e o poodle padrão cerca de 20 to 32 kg.

Inteligância e Treinamento

Poodles são considerados cachorros muito ativos, por isso exigem exercícios regulares, todos os dias. Felizmente, por dispor de energia suficiente, eles estão sempre entusiasmados em aprender novos truques ou fazer qualquer coisa que os mantenham ocupados.

Inclusive, eles adoram água, mesmo gelada, e costumam nadar bastante. Eles possuem um instinto natural conservado de sua ancestralidade de cão de caça. Por isso, eles adoram longas caminhadas.

Além disso, por conta da sua alta inteligência, eles são muito fáceis de treinar, e, por isso, costumam se dar bem em competições caninas como agilidade, obediência e rastreio. Isso porque além de inteligentes, eles adoram agradar os seus donos, por isso fariamq ualquer coisa por eles.

Embora sejam barulhentos, por latir muito, eles não roncam, babam ou ficam cavando o jardim, além de adorarem um colinho também.

Necessidades de manutenção

Por não soltarem pelos como outros cães fazem, os Poodles são considerados cachorros hipoalérgicos. Além disso, eles não costumam ter fortes odores. Sendo assim, se você não for muito fã do cheiro de cachorro em casa, esta pode ser uma boa opção.

No entanto, ele necessita de manutenção regular a cada 6 a 8 semanas, sendo essencial limpar suas orelhas para remover o excesso de cera e umidade, para não causar infecções. Por isso, muita gente considera a raça de alta manutenção, por conta desse cuidado extra com as orelhas.

Mas não são apenas as orelhas, eles precisam de escovações diárias, para evitar que os pelos fiquem emaranhados e para remover os pelos mortos. Quando a pelagem fica cheia de nós é doloroso para o cachorro e pode machucá-lo.

Ao escová-lo, tente alcançar a pele, para ajudar a espalhar bem os óleos e evitar que os nós apareçam próximos às raízes, que deveram ser retirados na tosa, para não machuca ro cachorro. Tosas especiais não são necessárias, apenas é uma questão de gosto, mas as higiênicas garantem a saúde do animal e os mantém mais limpos e livre de parasitas.

Padrão de troca de pelos

Diferente dos outros cachorros, os Poodles possuem apenas uma única camada de pelos, sem a camada interna. A pelagem é densa e encaracolada, por isso os pelos caem pouco — ao invés de a cada 3 a 4 dias como a maioria dos cachorros de outras raças, o Poodle troca de pelos uma vez a cada semana.

Por esta razão, muitos criadores costumam misturar o Poodle em seus cruzamentos com outras raças, como Cocker spaniels, Labrador retrievers e Golden retrievers , a fim de conseguirem exemplares antialergênicos. Essas msituras são conhecidas por Doodles, como o Labradoodle.

Alimentação do Poodle

O poodle necessita recer alimento adequado ao seu porte.

Os Poodles precisam de alimento compatível ao seu porte. O Poodle padrão, por exemplo, costuma exigir de 1.5 a 3 xícaras de ração seca de alta qualidade por dia, sendo que essa quantidade por ser dividida entre 2 refeições.

O poodle miniatura pode ingerir ¾ de xícara a 1 xícara, sendo que os toys apenas ¼ de xícara é o suficiente para eles. Se o seu poodle é altamente ativo, ele pode exigir mais alimento que um menos ativos. Mas a quaidade do alimento é o mais importante.

Isso porque poodles acima do peso podem desenvolver problemas nas juntas e articulações. E lembre-se, NUNCA alimente o seu cachorro ocm restos de comida humana, e evite o hábito de ficar dando pedaços do seu alimento à mesa, ou ele vai ficar com frescura para ocmer e acabar adoecendo ou ficando obeso.

Questões de solidão

Originalmente, os Poodles foram cirados para ajudar a caçar, inclusive trazer de volta a caça, mesmo na água. No entanto, há muito anos que essa tarefa foi deixada para trás e hoje eles são primordialmente cães de companhia.

Por isso, a solidão não é boa para eles e pode causar uma série de problemas comportamentais e mentais, como deixá-los estressados, ansiosos e até tímidos. A variação que pode sefrer mais com solidão e falta de companhia é a Toy, que pode até desenvolver problemas de estômago se estressado.

Além disso, os poodles são geneticamente ansiosos, e se ficarem sozinhos por muito tempo, eles podem desenvolver ansiedade de separação e apresentar comportamentos destrutivos, como mastigar coisas pela casa, defecar e urinar em locais inapropriados, latir em excesso, etc.

Problemas de saúde do Poodle

O poodle pode desnvolver algumas doenças sérias sem os devidos cuidados.

Embora a maioria dos Poodles desenvolvidos por criadores renomados e responsáveis em seus cruzamentos sejam saudáveis, não há como garantir certas predisposições genéticas.

Por exemplo, no caso dos Poodles, eles estão mais suscetíveis ao câncer, doença de figado e até doenças cardíacas. Alguns dos problemas de saúde mais comuns para os poodles, são a seguir:

Doença de Addison

Também conhecida por hipoadrenocorticismo, a doença de Addison é uma condição séria que pode ser causada quando não há uma produção suficiente de hormônios adrenais pelas glândulas adrenais. Os principais sintomas da doença são letargia, falta de apetite e vômito.

Infelizmente, muitos tutores não conseguem reconhecer esses sintomas logo no início da doença até que já está em estágio avançado. Em casos mais severos, níveis de potásio aumentam tanto que começam a interferir nas funções cardíacas do animal. Se percebida no início, a doença pode ser tratada com medicamentos para o resto da vida, mas permitindo que ele leve uma vida normal.

Dilatação ou Torção Gástrica

Esta outra doença séria que ameaça a vida de cães de porte maior, como o poodle padrão. Se o seu cachorro costuma se alimentar apenas 1 vez ao dia, come rapidamente e bebe grande volumes de água após as refeições, ou se exercita de forma vigorosa depois de comer, os riscos de desenvolver a doença só aumentam.

Essa dilatação gástrica ou inchaço ocorre quando o estômago se enche de ar e incha, acabando por torcer. Isso impede a passagem de ar e o cachorro acaba entrando em choque gástrico.

A sua pressão sanguínea cai e ele pode morrer na hora sem ajuda imediata. Além disso, a condição pode até acontecer sem um inchaço visívell no abdômen do cão.

Para concluir sobre o Poodle

O Poodle é umaexcelente escolha para qualquer família.

Embora o tópico acima seja um pouco assustador, isso não quer dizer que o seu animal vá desenvolver essas doenças. É apenas um alerta para que todos os cuidados sejam tomados ao adquirir a raça e saber o que se pode esperar e se prevenir.

Os Poodles continuam sendo uma excelente escolha, e eles podem se adequar a qualquer tipo de lar, desde apartamentos a grandes propriedades. Mas lembre-se, se você escolher qualquer outra variação que a padrão, não deixe de trená-los, para evitar que sejam muito mimados. Você precisa se manter o líder da casa.

Além disso, você tem que garantir que ele tenha muitas oportunidades para se exercitar e tenha sempre companhia. Os Poodles adoram viver dentro de casa com seus familiares, mais também preicsam estar ao ar livre para se movementar de forma mais adequada e livremente. a fimd e gastar sua energia.

Poodles são uma raça muito inteligente, por isso tome cuidado para não ensinar ou reforçar os péssimos hábitos. No caso do poodle é muit fácil mimá-los e enchê-los de carinhos e atenção extra, especialment eos pequeninos. Porém, isso pode ser muito ruim para vocês dois.

Gostou? Se o Poodle era o que você procurava, então boa sorte! Temos certeza deque vocês serão grandes amigos para a vida inteira.

Por Equipe Editorial

O Vidanimal.com.br acredita que compartilhar um bom conteúdo é a melhor maneira de fazer com que a informação chegue ao seu destino ou público alvo. Educar e conscientizar as pessoas é a nossa missão. Procuramos criar parcerias com profissionais empenhados em fazer parte dessa missão. Contamos com uma equipe de colaboradores que amam aquilo que fazem e se dedicam todos os dias para levar até você um conteúdo informativo de qualidade.

Deixe uma resposta