Você já alguma vez notou que os cães assistem à televisão, ficam olhando para as telas de computador e tablets? Mas você tem ideia do que pode estar passando pela cabeça deles? Através de um rastreamento de visão usando métodos similares já testados em humanos, pesquisadores descobriram que cães podem ter preferências sob certas imagens e vídeos.

A pesquisa indicou que os cães têm preferência por assistir a outros cães – mas outros estudos também descobriram que muitas vezes o som inicialmente atrai o cão para a televisão e outros aparelhos. Sons prediletos incluem cães latindo e grunhindo, pessoas dando comandos amigáveis e elogios a outros cães, e barulhos de brinquedos de borracha.

Menino assistindo à tv com seus cachorros no sofá (Crédito/Copyright: “Neeila/Shutterstock”)


No entanto, os cães assistem TV de maneira bem diferente dos humanos. Ao invés de ficarem sentados parados, os cães costumam se aproximar da TV para olhar mais de perto, e se movimentam repetitivamente de um lado para o outro entre seu dono e a TV. Eles são telespectadores interativos e inquietos.

O que eles podem ver na tela da TV também é diferente dos humanos. Os cães possuem visão dicromática – eles possuem dois tipos de células receptoras de cores e enxergam cor com dois espectros de luz: azul e amarelo.

Mulher assistindo à um pôr-do-sol na televisão com sue cachorro ao lado (Crédito/Copyright: “Rasulov/Shutterstock”)


O uso de cores na mídia é muito importante para os cães e explica porque canais de TV caninos priorizam essas cores em suas programações. Os olhos dos cães também são mais sensíveis aos movimentos e veterinários suspeitam que a taxa de cintilação melhorada que veio com a mudança de padrão da televisão para a alta definição (HDTV) tem permitido que os cães percebam melhor a mídia mostrada na TV.

Também foram usadas telas múltiplas nas pesquisas para saber se eles escolhem o que assistir. Algumas pesquisas mostraram que ao apresentarem três telas, os cães não são capazes de decidir, e acabam preferindo assistir a uma única tela apenas não importa o que tiver passando. Pesquisadores ainda querem testar com apenas duas telas ou com mais de três.

Cachorro Assiste TV – Buldogue francês sentado na poltrona assistindo ao seu programa de tv favorito (Crédito/Copyright: “Patryk Kosmider/Shutterstock”)


Enquanto a ciência nos provou que cães podem se engajar com a televisão e preferem alguns programas, ainda é preciso se aprofundar em uma questão muito mais profunda para saber se eles realmente apreciam. Nós humanos assistimos a uma variedade infinita de imagens que nos fazem sentir uma variedade de emoções, desde sofrimento à raiva e horror. Nem sempre é porque isso nos faz se sentir bem. Só não sabemos se fatores similares também motivam os cães a assistir.

O que pode engajar um cão difere de cão para cão, dependendo da personalidade, experiência e preferência, o que especula-se ser influenciado pelo aquilo que o dono costuma assistir, seguindo o olhar dos humanos e outros sinais de comunicação, como gestos e movimentos de cabeça. Os cães, ao contrário dos humanos, também possuem interações curtas, muitas vezes menos de três segundos, com a mídia, preferindo apenas olhar de relance para a TV ao invés de focar nela como os humanos.

Border Collie assistindo algo no laptop junto ao seu dono (Crédito/Copyright: “filumx/Shutterstock”)


As pesquisas descobriram que mesmo com as mídias especificamente desenvolvida para eles, os cachorros irão gastar a maior parte do tempo assistindo à nada. A televisão ideal para cães deve conter mais cenas fragmentadas ao invés de histórias com longos cenários.

Mas enquanto os cães possuem seus próprios canais de TV, e preferem assistir a outros cães através de interações curtas com programas especialmente coloridos para eles, muitos mistérios ainda permanecem desvendados.

Mesmo assim, a tecnologia possui o potencial para fornecer entretenimento para cães, melhorando o bem-estar destes animais que costumam ficar sozinhos em casa ou em canis por longos períodos de tempo. Só não espere para ver uma versão de novela canina tão logo.

Por Dani Jardim

Dani Jardim é redatora freelancer, contribui com contéudo digital para vários sites diferentes. Amante dos animais, divide o seu tempo escrevendo sobre todos eles neste portal, e nas horas vagas, se divertindo com seus cachorros, o Pug, Bóris e o Buldogue francês, Vasco. Dani também faz parte da nossa equipe editorial como gerente e editora de conteúdo.

Perguntas & Respostas

Deixe uma resposta