Mudanças são difíceis para as pessoas, a adaptação nem sempre é rápida e a transição pode levar um tempo. Imagine para o animal que não entende a razão pela qual ele tem de viver em outro ambiente, de uma hora para outra. Portanto, a mudança com cachorro pode ser complicada.

A adaptação do animal a novos ambientes costuma levar mais tempo que para os humanos, pois ele não participa do processo racional envolvido. Para o animal, ele simplesmente passou a viver em um local totalmente desconhecido de um dia para o outro.

Mudar de casa pode ser um grande desafio para o tutor, especialmente se o cachorro for ainda filhote. Isso porque os cachorros se acostumam com a rotina rapidamente, pois precisam de constância para entender o que é esperado deles.

Assim, a chegada em um novo ambiente é um tanto angustiante, podendo causar uma série de estresses. Tudo porque um novo ambiente significa muito mais que uma simples mudança de cenário para eles.

Como não podemos explicar a eles a razão pela qual mudamos de casa, podemos dar alguns passos para mitigar essa ansiedade e fazer com que essa transição seja a mais confortável possível para todos.

Veja o que você pode fazer durante a mudança com cachorro!

Tente manter a mesma rotina

Manter a rotina é importante na mudança com cachorro.

Um filhote é uma criatura de hábitos. Se você mudar o cenário, tente ao menos manter os seus hábitos para tornar a transição mais fácil na mudança.

Se ele estiver acostumado a comer simultaneamente, caminhar no mesmo horário e brincar durante um certo período, tente manter essa mesma rotina na nova casa.

Isso vai evitar qualquer trauma psicológico no cachorro, e vai ajudá-lo a focar nos ajustes ao novo ambiente. O resto ficará da mesma forma para o cachorro se você conseguir manter a rotina.

Deixe o animal cansado durante a mudança

Canse-o bastante durante a mudança com cachorro.

Gaste um maior tempo com o cachorro, brincando, saindo para passear, queimando a energia extra. Quanto mais eles estiverem casados, melhor.

É importante para o cachorro gastar a energia. Normalmente, um cachorro cansado é um cachorro feliz.

Se você se envolver demais com a mudança, ficando ocupada em desencaixotar tudo a ponto de esquecer de sair com ele pra caminhar ou brincar, não se surpreenda se ele começar a apresentar sinais de ansiedade.

Ao invés, brinque de alguma coisa extra, leve-os para caminhar por mais tempo, corra mais que o normal. Faça qualquer coisa que gaste bastante a energia deles. Quanto mais divertido (cansativo) para eles, melhor.

Tenha o essencial sempre próximo

Tenha os itens essenciais dele por perto para qualquer eventualidade.

Mudança com cachorro requer alguns cuidados também com relação aos pertences do animal. Isso significa que é sempre bom ter uma sacola com o essencial, caso você precise cuidar dele com urgência.

Isto é, recipiente para comida e água, brinquedos, itens específicos que ele gosta muito, e qualquer outra coisa que possa deixá-lo mais confortável com a mudança até que tudo se ajuste. Você vai ficar feliz de ter essas coisas com você quando precisar.

Determine logo um local para ele

Determinar logo um local para eles descansar no dia da mudança com cachorro é boa estatégia.

Os cachorros durante a mudança mal podem esperar para que tudo seja terminado e no seu devido lugar. Eles precisam se sentir seguros imediatamente.

Por isso, todos os tutores devem garantir que o cachorro tenha seus itens no lugar, como a cama, cobertores, brinquedos, etc. Eles precisam se sentir logo em casa, com seus pertences e cheiros familiares.

Você pode até não ter decidido por um lugar de fato na casa, mas enquanto estiver ocupada arrumando tudo, determine um espaço para que ele possa reconhecer como dele, sem sentir que o novo ambiente é hostil.

O fato dele ter seus pertences ao redor vai fazer com que ele se sinta mais confortável, menos estressado.

Dê bastante atenção à ele na mudança

Mudanca com cachorro exige mais atenção da sua parte para com ele.

Por mais que a gente recomende não tratar os filhotes como bebês humanos, neste caso vamos recomendar justamente o contrário.

Trate-o como criança durante a mudança. Não pense que eles podem se ajustar ao novo ambiente sem que você esteja por perto dando o apoio que eles precisam.

Ao invés, dê todo o suporte que eles precisam e a sua atenção. Seja generoso, encoraje-os a brincar e passear mais, gaste um tempo de qualidade com ele.

O seu cachorro precisa sentir que nada será diferente, mesmo que o cenário tenha mudado.

Pode até parecer que você não terá tempo pra tudo isso, mas os poucos minutos com o seu cachorro vão te ajudar a se concentrar no que tem pra fazer até mais.

Tente permanecer bastante em casa

Não deixe ele sozinho enquanto ele ainda não estiver acostumado.

Se você puder dar uma pausa na sua rotina durante a mudança por um tempo, faça. O cachorro pode precisar mais de você como amigo em uma nova casa.

Normalmente, o cachorro quando fica inseguro costuma seguir o dono pela casa, e nesse período de mudança e ajustes, seria ideal pra ele te ter mais por perto.

Por isso, se você puder tirar uns dias pra ficar em casa, melhor. se precisar sair, tenha sempre outra pessoa para fazer companhia pra ele. Evite deixá-lo sozinho por muito tempo, senão ele pode ficar ansioso e triste.

Seja o mais paciente possível

É importante ser o mais paciente possível com o animal durante a mudança com cachorro.

A melhor coisa a ser feita para ajudar o filhote a se ajustar ao novo ambiente é ser o mais paciente possível com ele.

O período de mudança acaba gerando muito mais estresse no animal. O ser humano é capaz de entender a razão pela qual você está se mudando e quando isso vai acabar.

Mas os cachorros não fazem ideia do porquê isto está acontecendo eo que levou eles a estar nesse novo lugar.

Portanto, se ele começar a se comportar de forma diferente – como latir em excesso, fazer necessidades em local errado, etc. ­– compreenda e seja paciente.

Tente encorajá-lo ao invés de reforçar os comportamentos negativos, mas nunca seja agressivo, pois ele estará agindo assim por conta da ansiedade e estresse causado pela mudança.

Você pode tentar medicação no período de mudança

Se nada disso ajudar na mudança com cachorro, e ele continua estressado, recorra ao veterinário. Ele pode prescrever algum medicamento para diminuir a ansiedade canina e o estresse.

Não se preocupe, a medicação não fará mal ao intestino ou estômago do animal, mas deve ser usado como último recurso mesmo.

Na maioria dos casos, música, petiscos, atenção e muita atividade costumam reduzir o estresse causado pela mudança, sem que você precise recorrer a intervenção do veterinário.

Por Equipe Editorial

O Vidanimal.com.br acredita que compartilhar um bom conteúdo é a melhor maneira de fazer com que a informação chegue ao seu destino ou público alvo. Educar e conscientizar as pessoas é a nossa missão. Procuramos criar parcerias com profissionais empenhados em fazer parte dessa missão. Contamos com uma equipe de colaboradores que amam aquilo que fazem e se dedicam todos os dias para levar até você um conteúdo informativo de qualidade.

Deixe uma resposta