Construir um gatil em casa é uma ótima alternativa para quem tem gatos e não quer deixa-los sair na rua. Inclusive, é uma atitude que demonstra grande responsabilidade.

Os gatos que vivem sem ter acesso à rua vivem, de fato, em torno de 15 anos, enquanto os que vivem nas ruas vivem no máximo 3 anos. Isso acontece porque nas ruas os gatos estão expostos a infecções, parasitas, atropelamentos, envenenamentos, intoxicações com alimentos, ferimentos por brigas com outros animais e maus tratos.

Além disso, se o gato estiver sempre em casa, os donos notarão mais rápido qualquer sintoma de doenças, o que permite um tratamento mais rápido.

Gatil VS Gaiola

É importante deixar claro que o gatil não é uma gaiola. De fato, o gatil é um ambiente relativamente espaçoso e cheio de itens que irão manter o gatinho ocupado. Tem grande importância para pessoas que por algum motivo não podem manter o gato dentro de casa, ou para protetores, quando chegam novos animais que são menos sociáveis.

A gaiola, no entanto, assim como a caixa de contenção, serve para transporte do gato ou para a sua separação em alguns casos como:

  • Recuperação de doença ou cirurgia;
  • Estadia em hotelzinho;
  • Manutenção da segurança de filhotes.

Ou seja, mesmo que tenha livre acesso à casa, a gaiola pode ser necessária.

Por que construir um gatil

O gatil é um espaço muito importante para que o gato fique em um ambiente confinado, seguro e com tudo que ele precisa. É ideal para quem mora em residencias, já que gatos escapam mais facilmente nesses ambientes. Além disso, residências possuem mais disponibilidade de área do que a maioria dos apartamentos.

No entanto, por incrível que pareça, o gatil pode sim ser montado também por quem mora em espaços reduzidos. Há muitas ideias criativas na internet que podem ajudar a projetar o espaço ideal para o felino.

Veja quais são as vantagens de montar um gatil em casa:

Enriquece o ambiente

Enriquecimento ambiental é um termo utilizado em medicina veterinária para definir um conjunto de medidas e acessórios para promover distração e diversão aos animais. E os gatos, assim como os outros animais confinados, precisam ter à disposição uma variedade de atividades interessantes.

O gatil externo, promove distração não só por conter os itens favoritos do gato, mas por proporcionar uma vista ao quintal, varanda ou rua permitindo que o gato faça uma das cosias que ele mais adora… observar.

Aumenta a atividade

Gatos com acesso a um gatil ao ar livre se movem mais. Portanto, ficam menos suscetíveis ao desenvolvimento de obesidade.

Segurança

Os gatis, como mencionado no inicio, são uma ótima solução para um fator de extrema importância, ou seja, a segurança.

Os gatos devem, idealmente, ficar em ambientes fechados para se manterem protegidos da vida selvagem, veículos, outros traumas e transmissão de doenças. No entanto, alguns proprietários simplesmente não suportam privar seus gatos do ar livre.

Por isso, os recintos ao ar livre são a solução ideal para esse dilema.

Tipos de gatis

Os Gatis estão disponíveis em uma variedade de modelos e tamanhos. Podem ser construídos, de fato, em janelas, varandas, pátios, deck, jardim ou quintal. Podem, portanto, ser pequenos e simples, ou grandes e luxuosos, permitindo, inclusive, a entrada dos tutores humanos.

Conheça alguns tipos de gatis.

O cercadinho ao ar livre temporário

Estes são muito legais e práticos em alguns casos. Trata-se de cercadinhos portáteis e desmontáveis.

São geralmente feitos em tecido como barracas de acampamento ou podem ser feitos com redes. Além disso, os mais sofisticados podem até ter túneis e andares para enriquecer o ambiente interno.

A vantagem é que são fáceis de montar e guardar. A desvantagem é que precisa de supervisão, já que o material é, normalmente, mais delicado.

A caixa de janela simples

Pessoas que não possuem muita disponibilidade de espaço, podem optar por fazer uma caixa simples nas janelas.

Dependendo do apartamento ou casa, é possível fazer um lindo e pequeno espaço exclusivo para o gato. Veja mais ideias no Pinterest.

O Recinto Exterior Permanente

Esses recintos externos, geralmente construídos ao lado da casa. Podem ser projetados e montados pelo próprio tutor, ou podem ser comprados de fabricantes que forneçam estruturas pré-fabricadas. Além disso, o gatil pode contar com acesso, ou não, ao interior da casa.

Alternativamente, pode-se construir um espaço simples usando rede de galinheiro. Todavia, é importante a presença de uma porta para acesso do tutor, já que será necessário promover sua limpeza, troca da vasilha de água e comida além de ser útil em caso de emergência.

O ideal é enriquecer esse ambiente maior com estantes, rampas, escadas, brinquedos e outros acessórios divertidos. Uma porta, ou um túnel, para acesso à casa é outra adição divertida que muitas pessoas adoram.

Como escolher um local para seu gatil

Antes de construir um gatil, é necessário considerar os seguintes fatores:

  • Acesso: O gatil pode ser um ambiente separado da casa ou até mesmo anexo. Nesse último caso, podem ser aplicadas portinhas de gato para facilitar o acesso ao ambiente interno da casa. Se o gatil for externo, não deve possuir essa portinha, a menos que não seja ligada a um túnel que vá direto para o interior da casa. Caso contrário, deve ter apenas a porta para acesso dos tutores que deve permanecer fechada para que o animal não saia sem supervisão.
  • Tamanho: avalie o espaço disponível e quantos gatos irão utilizar o gatil. Gatos adoram o espaço vertical, então é possível aproveitá-lo ao máximo. É possível maximizar uma pequena área adicionando várias prateleiras verticais e poleiros.
  • Sol / Sombra: Os gatos adoram se aquecer ao sol, então um local que ofereça sol e sombra é ideal.
  • Pontos de vista estimulantes: os gatos precisam de estimulação diariamente. Uma localização privilegiada com vista para um jardim, atividades para a vida selvagem e para a família proporcionará um enriquecimento sem fim para o seu gato, enquanto desfruta de ar fresco.

Como construir um gatil ao ar livre

O gatil, como mencionado anteriormente é o ambiente no qual o gato possivelmente passará a maior parte do seu dia. Deve portanto ser funcional, seguro e divertido.

Primeiramente, deve-se identificar o local apropriado para a construção do mesmo e certificar-se que tem espaço suficiente para isso.

O gatil, em geral é construído do lado de fora da casa, o que permite que o gato respire também bastante ar livre.

Materiais necessários:

Na verdade, o gatil pode ser construído com materiais de sua preferência. Há quem goste de fazer um ambiente de fácil higienização com piso de cimento, ou algo mais sofisticado como piso de cerâmica e ainda quem goste de manter um ambiente mais natural, com grama e árvores.

Para determinar o espaço do gatil, é necessário pensar em quantos gatos o ambiente irá abrigar. Gatos vivem bem com a própria espécie, mas precisam que seu espaço próprio seja respeitado.

Há centenas de projetos e ideias na internet de como montar gatis lindos e sem necessariamente utilizar muito espaço.

Em geral, os gatis são construídos com os seguintes materiais:

  • Tela de galinheiro
  • Telhas (quando o gatil estiver em área externa). Podem ser de alumínio, barro, cimento. O importante é que promovam sombra e cobertura eficiente em caso de chuva.
  • Estacas de madeira, metal ou cimento para poder montar uma cerca.
  • Porta
  • Fechadura para a porta
  • Arame
  • Alicate de corte
  • Martelo
  • Pregos

É necessário, enfim, construir internamente um ambiente interativo. Deve possuir, portanto, uma casinha, pequenas rampas ou plantas atóxicas para que o animal possa brincar e se pendurar. Além disso, é primordial que o animal tenha acesso a recipientes individuais onde deverão ser  colocadas a água e a comida. Não devem ser esquecidas as caixas de areia.

Acessórios para promover o enriquecimento ambiental.

Depois de criar seu gatil, uma variedade de acessórios e itens de decoração podem aprimorar a experiência do felino ao ar livre, incluindo:

  • Brinquedos para gatos e arranhadores. Para isso, adicione os brinquedos favoritos do seu gato, um arranhador, um tubo de túnel ou outro enriquecimento.
  • Plantas seguras para gatos. Para manter seu gato saudável, evite usar plantas que sejam tóxicas para os gatos. Considere colocar vasos com plantas seguras como planta de catnip, manjericão e outras.
  • Bacia de água ou fonte. Deixe sempre água fresca disponível para seu gato. Lembre-se que gatos amam água corrente e fresca.
  • Caixa de areia. Uma caixa de areia ao ar livre (além de sua caixa interna) pode ajudar a reduzir os odores internos e fornecer um local conveniente para as necessidades do seu gato.
  • Divirta-se decorando o seu gatil com tapetes, cadeiras, arte, plantas e muito mais. Existem infinitas maneiras de personalizar o seu gatil para adequá-lo ao seu estilo e à personalidade do seu felino!

Considerações importantes antes de construir o gatil.

Para construir o gatil perfeito para seu gato, ambiente e bolso é necessário planejamento. Para isso, recomenda-se fazer um desenho no papel com todas as medidas, ou seja, altura, largura e profundidade. Além disso, faça o orçamento dos materiais que deverão ser utilizados para a construção do ambiente.

Enfim, não esqueça de verificar eventuais autorizações para construções em área externa, principalmente se morar em condomínio ou prédio.

Referências Bibliográficas:

TAYLOR, D. Animais de estimação: Gatos – Manual Prático Ilustrado. JB Industrias gráficas S.A., 1986.

ABOUT CATIOS & CAT ENCLOSURES – Catio Spaces

Pinterest