Para quem não sabe, todo pet shop que possui filhote de cachorro à venda irá garantir que seus filhotes são diferentes, e que são provenientes de criadores locais de boa reputação. Embora seja um dos pilares da comunidade pet, nem sempre isso é seguido, e quase nunca é uma verdade.

O fato é que nenhum criador responsável irá colocar seus filhotes de cachorro para serem vendidos em um pet shop. E você sabe por quê?

A resposta é bastante simples. Criadores responsáveis não deixariam seus filhotes em jaulas apertadas, nem sujeitos a contrair possíveis doenças de outros filhotes expostos no local e, mais importante, esses criadores valorizam o tipo de lar no qual seus filhotes irão eventualmente morar, assim como os tutores que irão ter.

Portanto, ao procurar por filhote de cachorro à venda no mercado, fique atento às garantias e afirmações de vendedores, incluindo os de pet shops e principalmente pela internet.

A maioria das transações pela internet transactions são legítimas, mas há também muitos casos de fraudes e golpes. Da mesma forma, existem petshops conceituados e de grande nome e experiência no mercado, mesmo assim é preciso tomar cuidado com a compra de filhotes.

Pensando nisso, vamos desvendar os mistérios que circundam o comércio de filhotes de cachorro, mostrando as vantagens e DESVANTAGENS de comprar filhotes em petshops, e vamos dar algumas dicas importantes de como comprá-los de forma segura.

Confira abaixo!

Diga não à filhote de cachorro à venda em Pet shops

filhote de cachorro à venda em petshop

É preciso evitar filhote de cachorro à venda em petshops.

Não importa o estabelecimento, funcionários de pet shop sempre irão dizer que compram seus filhotes de criadores responsáveis e locais. No entanto, é importante ressaltar que eles são vendedores, comissionados, treinados para dizer certas coisas. Por isso, nem sempre tais afirmações são verdadeiras.

Na verdade, qualquer filhote de cachorro à venda em pet shops vem de criadores comerciais de grande escala, fazendas de criação de filhotes e outros criadores irresponsáveis, que só pensam em reproduzir para vender.

Em com relação à serem locais, isso não importa nem um pouquinho. As práticas irresponsáveis de reprodução de filhotes são irresponsáveis em qualquer lugar, seja fora do país, outro estado ou na esquina do bairro. A localização não faz a menor diferença.

Outra afirmação constante diz respeito às garantias de perfeitas condições de saúde dos filhotes à venda em suas lojas. Normalmente, os pet shops oferecem o benefício da troca do filhote em caso de doenças, ao invés de tentar prevenir esses problemas de saúde.

Mas de que forma? Para começar, simplesmente exigindo de seus criadores “maravilhosos” testes de saúde de todos os pais usados para reproduzir cada filhote de cachorro à venda.

Do ponto de vista do filhote, essas garantias não o ajudam em nada. Claro, receber o dinheiro de volta é o mínimo das garantias, mas o filhote vai continuar tendo que viver com o seu problema de saúde que poderia ter sido evitado se o seu seu criador tivesse focado na saúde reprodutiva de seus cães, ao invés de apenas nos lucros.

Além disso, em casos como esses de devolução de dinheiro por conta de um filho com problemas de saúde, é mais provável que ele nunca mais seja vendido e até sacrificado.

As garantias nem sempre são mantidas

Nem todo pet shop tem o compromisso de honrar as suas garantias. Primeiro que eles contam com um fator crucial, o seu vínculo com o filhote. Afinal, quem nunca se apaixonou à primeira vista por um filhote na vitrine de um pet shop?

Depois, os problemas podem não aparecer logo no início, mas após alguns meses do filhote estar convivendo com você ou a sua família em casa. É fácil se apegar, principalmente aos filhotes.

Não é difícil de imaginar que mesmo não tendo o coração mais mole do mundo, os tutores costuma não querer se desfazer do filhote depois de meses de convivência. É mais provável que o cliente fique com o filhote, mesmo sendo forçado a gastar “rios” de dinheiro ao tentar resolver os problemas de saúde dele.

Além disso, as garantias de compra e venda de filhotes são muito bem escritas por esses estabelecimentos para que, se eventualmente, o cachorro desenvolver doenças, elas não serão cobertas pelo contrato. Ou então, eles podem até negar sua reivindicação por não possuir a documentação “adequada” que prove que os problemas já tenham vindo com o filhote de “fábrica”.

Por fim, muitos problemas genéticos de saúde não aparecem por meses ou até anos. Portanto, ou essa garantia já estará vencida ou você não vai querer se desfazer do seu “melhor amigo” de quatro patas por conta disso.

Assim, o melhor a fazer é ignorar a oferta de filhote de cachorro a venda em pet shops. A indústria de pet shops possui manuais de marketing profissional e programas de treinamento que ensinam seus funcionários exatamente o que dizer para convencer os clientes a comprar o que eles desejam vender.

Vantagens de filhote de cachorro à venda em pet shops

filhote de cachorro no gramado

Há algumas vantagens de ter filhotes à venda em petshop.

Depois de tudo isso há vantagens na compra de filhote de cachorro em pet shops? Sim, os pet shops podem oferecer vantagens, por isso muita gente opta por comprar com eles.

Em primeiro lugar, acesso fácil e, praticamente instantâneo a muitos filhotes, de várias raças diferentes. Não há como negar. Pode levar muito tempo e esforço para pesquisar e encontrar um filhote de cachorro disponível para compra de criadores responsáveis ou entidades de adoção e salvamento.

No caso de raças específicas e menos populares, os filhotes são ainda mais difíceis de achar. Às vezes, a única opção é colocar o nome na lista e esperar bastante tempo.

Enquanto isso, existe um pet shop em cada esquina em tudo quanto é bairro na cidade, aberto todos os dias da semana, inclusive feriados ou até 24 hrs. Bastam algumas visitas e manter contato até encontrar o que você procura.

Dependendo do pet shop eles podem até “encomendar” um filhote de sua preferência. Como um simples objeto, recém saído do forno.

Portanto, a única vantagem dos pet shops é satisfazer os clientes impulsivos e impacientes. Afinal, qualquer um com dinheiro suficiente pode comprar. Eles não pedem referências ou exigem algum pré requisito.

Eles apenas satisfazem os compradores que não gostam de passar pelo processo de “seleção”comuns em instituições sérias como ONGS, abrigos de animais resgatados e pela maioria de canils de criadores responsáveis.

Conveniência, imediatismo, sem perguntas. Essa são as únicas e verdadeiras vantagens dos pet shops. O problema é que nenhuma pessoa que costuma comprar em pet shops param para considerar as suas desvantagens.

Desvantagens de filhote de cachorro à venda em pet shops

filhote de cachorro em casa

São muitas as desvantagens de ter filhote de cachorro à venda em petshops.

Para começar, filhote de cachorro à venda em pet shops vem de pais que NÃO foram testados por doenças genéticas, o que é um risco enorme para o filhote desenvolver problemas de saúde no futuro ao crescer.

Não estamos falando aqui em certificados ou atestados de saúde de um veterinário, pois isso qualquer petshop irá fornecer e, apenas atesta que eles não possuem infecções.

Estamos nos referindo a testes mais sofisticados feitos nos pais que geraram o filhote que avaliam a solidez de seus quadris, cotovelos e coração, além da saúde dos olhos, para atestar algumas doenças muito comuns na maioria das raças ou mais proeminentes em raças específicas – como displasia, problemas cardíacos e glaucoma.

Em geral, estes são os tipos de testes que criadores responsáveis executam antes de começar a pensar em reproduzir filhotes de cães machos e fêmeas adultas. E raramente os criadores que vendem filhotes pet shops fazem estes testes.

Alguns destes testes podem determinar com 100% de precisão se um filhote herdou um problema de saúde específico. Outros, podem não garantir a precisão, mas podem prever o risco.

Além disso, há muitas outras desvantagens, como a seguir:

Filhotes consanguíneos

Frequentemente, os filhotes de cachorro à venda em pet shops são consanguíneos, o que aumenta os riscos de problemas de saúde. A consanguinidade ou o mesmo sangue é definida como a relação entre indivíduos que apresentam determinado grau de parentesco.

São considerados filhotes consanguíneos aqueles que possuem ao menos um ancestral em comum. Isso significa que esses filhotes são reproduzidos incessavelmente entre os mesmos pais, mães e irmãos, muitas vezes propagando problemas genéticos.

É preciso um certificado de pedigree para investigar a consanguinidade, coisa que muitos pet shops não possuem uma cópia para ser lida ou prometem enviá-la por email, mas não o fazem. Muito provavelmente porque nunca existiu ou porque não irão querer comprovar uma coisas dessas.

Falsos registros e Pedigrees

Muitos pet shops evitam os requisitos e exigências de documentações rigorosas da AKC ou FCI e ao invés, registram os filhotes em registros “alternativos” em canils de raças ou outras instituições.

Na verdade, mesmo a AKC e a FCI possuem seus próprios problemas com documentações falsas, mas essas instituições são ainda piores. Se o filhote tiver algum registro em instituições como essas ou até desconhecidas, desconfie dos pais ali listados, de seus ancestrais no pedigree e até do filhote ser de raça pura.

Não há como conhecer os pais

Essa é outra desvantagem bem grande, pois os pais possuem influência direta sobre como os filhotes se tornarão no futuro, principalmente a mãe. Se você não tiver como conhecer os pais do filhote, não poderá saber se ele herdou os genes de alguma má estrutura, dentes fracos ou temperamento ruim.

Quando filhotes, todos parecem saudáveis e amigáveis, mas ao crescer, os genes herdados começam a se firmarem e é quando os problemas começam a aparecer.

Filhote de cachorro à venda em pet shops são hiperativos

Normalmente, quando o filhote de cachorro fica à venda em pet shops, eles são colocados em vitrines, mas quando a loja é fechada, ele é colocado dentro de jaulas ou pequenos cubículos.

Eles não podem correr ou brincar como os filhotes normais, porque não possuem espaço. Por isso, eles desenvolvem hábitos frenéticos, como correr em círculos, latir em excesso e outros comportamentos.

Filhote de cacchorro à venda em pet shop mordiscam

Quando os filhotes nascem e estão já prometidos para a venda em pet shops, alguns deles são retirados muito cedo de suas mães, antes das 7 semanas de vida. O problema é que os filhotes precisam ficar com suas mães por, pelo menos, 7 semanas inteiras, para que ela possa ensiná-los como controlar seus instintos com a boca e não morder forte.

Se não aprendem essa lição, o hábito de ficar mordiscando é mais difícil de corrigir. Eles também aprendem a mordiscar se os clientes ficarem brincando de lutar com eles, encorajando-os a rosnar e morder a mão das pessoas.

Os filhotes são mais difíceis de treinar

Quando o filhote fica na jaula ou na vitrine dos pet shops, onde você acha que ele faz as suas necessidades? Lá mesmo, ué. Por isso, quando você leva um desses filhotes para casa é mais difícil ensiná-lo a fazer as necessidades no local certo, sem sujar o local onde dorme.

Podem vir com doenças invisíveis

Como já dissemos, a maioria dos filhotes parecem saudáveis, mas ao trazê-los para casa, uma semana depois eles podem apresentar tosse, diarréia, apatia ou começar a se coçar.

Algumas doenças, como tosse de canil, parvovirose, coronavirus, giardia, coccídios, sarna, micose podem ser transmitidas quando os filhotes compartilham do mesmo espaço. E elas podem ficar adormecidas no organismo do cachorro até que eles cheguem em casa.

Suporte à “fábrica de filhotes”

Essa é a maior de todas as desvantagens de todas. Ao comprar um filhote de cachorro à venda nos pet shops, você automaticamente estará financiando a indústria de reprodução em massa de filhotes – as famosas “fábricas de filhotes”.

Ou seja, o seu dinheiro encoraja essa indústria a continuar produzindo cada vez mais filhotes. É verdade, você salvou um, mas isso também aumenta a demanda por outros filhotes para ocupar o seu espaço.

É a lei da oferta e da procura. Quanto mais gente comprar em petshops, mais eles vão “fabricar” filhotes para vender. E mesmo que o seu filhote seja saudável e não tenha nenhuma doença, outros não terão a mesma sorte.

Então, o que antes parecia apenas uma simples compra isolada, na verdade contribui para:

  • A angústia de fêmeas que irão passar a vida em uma jaula, reproduzindo sem parar para queas pessoas tenham uma fonte “rápida e conveniente”de onde comprar.
  • O sofrimento dos filhotes nascidos com problemas de saúde e temperamento.
  • A tristeza das famílias que compram esses filhotes e precisam lidar com todos esses problemas de saúde e temperamento.
  • As dificuldades de grupos e entidades de salvamento de animais que acabam tendo que lidar com a enorme quantidade de filhotes abandonados por conta dos problemas.

Esperamos que, depois de ler tudo isso, você entenda que ao comprar um filhote de cachorro à venda em pet shops, você está comprando bem mais que um simples filhote.

Você estará comprando também todos os possíveis problemas físicos, comportamentais e de saúde que ele poderá vir a ter, além de estar alimentando uma indústria sedenta de lucro ao preço de prejudicar criaturas inocentes e indefesas.

Por Equipe Editorial

O Vidanimal.com.br acredita que compartilhar um bom conteúdo é a melhor maneira de fazer com que a informação chegue ao seu destino ou público alvo. Educar e conscientizar as pessoas é a nossa missão. Procuramos criar parcerias com profissionais empenhados em fazer parte dessa missão. Contamos com uma equipe de colaboradores que amam aquilo que fazem e se dedicam todos os dias para levar até você um conteúdo informativo de qualidade.

Deixe uma resposta