Nós não precisamos dispor de muitas coisas para fazer com que nossos cães continuem abanando o rabo em contentamento. Mas existem equipamentos para cachorro certos que podem melhorar drasticamente a vida deles e, de quebra, a relação entre vocês.

Na verdade, os cachorros não são NADA tecnológicos, eles até nos inspiram a deixar de lado o smartphone por algumas horas. Realmente, eles são criaturas que sabem viver completamente no momento.

Mesmo assim, enquanto nossas vidas foram se tornando cada vez mais tecnologicamente avançadas, assim também se transformou a nossa maneira de nos relacionarmos com os nosso animais de estimação.

Os avanços na tecnologia agora nos permitem a oportunidade de oferecer aos nossos melhores amigos caninos vidas mais longas e mais saudáveis, bem como novas chances de entendê-los melhor.

Através de uma série de equipamentos desenvolvidos estrategicamente para cachorros, os humanos agora podem não só cuidar melhor de seus animais, como também garantir o bem estar deles, a segurança e uma longevidade ainda maior.

Saiba mais sobre o assunto abaixo!

Como a Medicina Veterinária têm avançado

A medicina veterinária tem avançado através de equipamentos para cachorro mais tecnológicos.

Da mesma forma que a medicina tem evoluído para os humanos graças aos avanços tecnológicos, o mesmo aconteceu na medicina veterinária. Uma visita ao veterinário nos dias de hoje não se resume apenas à exames clínicos, vacinação e castração.

Isso porque os desenvolvimentos em tecnologia medicinal atuais têm contribuído para uma grande melhora na qualidade de vida de muitos animais de estimação.

Nesse sentido, hoje é possível contar com times completos de cirurgiões capazes de desempenhar procedimentos laparoscópicos e outros exames tecnológicos nos animais.

No campo da ortopedia, por exemplo, já existem profissionais totalmente equipados e habilitados a desempenhar cirurgias de reparação de quadril e entre outros procedimentos.

Atualmente, radiologistas podem diagnosticar os animais com radiografias, ultrassom, tomografia computadorizada e ressonância magnética.

Portanto, a veterinária hoje pode contar com radiologia intervencionista que pode, por exemplo, remover pedras do rim, com apenas um pequena incisão no animal.

Pode não parecer grande novidade, mas a maioria dessa tecnologia não estava disponível aos veterinários até pouco tempo, e mesmo que estivesse, seria completamente inviável em termos de custos.

Os especialistas hoje usam essas novas tecnologias para desenvolver linhas de tratamento, para imprimir ossos em 3D, e até ajudar no planejamento de uma provável intervenção cirúrgica, coisa que era impossível no passado.

Embora esses avanços tecnológicos possam ser invasivos (alguns são mesmo mais que outros), eles também contribuíram para diminuir o estresse canino.

A equipe de medicina interna pode agora monitorar remotamente os níveis de glicose no sangue do animal, mesmo com ele em casa, sem que ele precise voltar ao hospital para colher amostras de sangue…

Há quem possa continuar monitorando o açúcar no sangue do animal através de leituras no smartphone, podendo enviar os resultados à clínica automaticamente.

Equipamentos para cachorro têm proporcionado saúde e segurança

Os equipamentos para cachorro focados em segurança e bem estar estão em alta.

Assim como os aparelhos para rastrear atividades têm se tornado populares entre muitas pessoas, os equipamentos para cachorro ou “pet wearables” (acessórios pet) são a grande novidade da indústria que permitirá veterinários e tutores monitorar métricas de saúde no animal, a fim de administrar doenças crônicas.

Esses equipamentos para cachorro rastreadores, desenvolvidos por companhias estrangeiras como FitBark, Whistle, e Fi, podem ser encaixados ou vir embutidos em coleiras de cachorro, permitindo que seus tutores tenham atualizações via aplicativos móveis sobre a atividade física do animal.

Com o tempo de uso, esse tipo de informação pode ajudar a detectar uma diminuição na atividade, que pode ser interpretada como sintoma de alguma doença ou dores.

É possível também comparar os níveis de atividade do seu cachorro com os de outros cães de porte similar, idade e raça, através dos aplicativos associados ao rastreador.

Mas uma das maiores vantagens do rastreador de atividade é o seu GPS, muitas vezes cobrado à parte em uma pequena taxa mensal.

Com ele, os tutores podem conectar o equipamento ao Wi-Fi de casa, e toda vez que o cachorro sair da área, o app envia alertas aos aparelhos de telefone conectados com a sua localização exata.

Obviamente, o rastreador com GPS não substitui a coleira e a guia do cão, nem suas identificações atualizadas, mas é mais uma segurança extra, caso ele se perca, fuja ou se afaste de você.

Infelizmente, nem todos os equipamentos para cachorro são bons para eles, como as coleiras que dão choques, que também já estiveram em alta.

Embora tenham sido banidas em vários países da Europa, por serem consideradas desumanas, a tecnologia desenvolvida para causar dor e desconforto permanece sendo usada nos Estados Unidos e outros países.

Sinos e botões programáveis facilitam a comunicação

Muitos dos equipamentos para cachorro nos ajudam a aprender mais sobre os nossos animais, mas alguns ajudam a aprender com eles.

Existe um aparelho, uma espécie de sino, que é uma excelente ferramenta para ensinar os cães a indicar quando precisam sair para fazer suas necessidades fisiológicas.

O “Mighty Paw Smart Bell” ou sino inteligente, pode ser instalado no interior ou exterior, e acompanha transmissores sem fio que podem ser escutados de qualquer local da casa.

Uma versão bem mais “high-tech” que colocar sinos na porta da frente para o cão tocar quando querem sair.

Um outro aparelho, utiliza botões com respostas gravadas, que podem ser programados com palavras de comando já conhecidas pelo animal, como comer, brincar, e passear.

Você pressiona cada botão antes de cada atividade para que o cachorro comece a fazer a conexão e passar a pressionar os botões ele mesmo para se comunicar com você.

Inacreditável? Eu diria, possível.

Com um pouco de paciência, o seu cachorro pode aprender a se comunicar com você para dizer o que ele quer ou precisa, de uma forma que você pode entender.

Câmeras e Comedouros automáticos

Se você já ficou curioso para saber o que o seu cachorro faz em casa quando você não está, pode investir em câmeras com sitemas online, que podem ser usadas até para se comunicar com eles.

Alguns modelos de câmeras Wi-Fi permitem assistir ao cachorro em tempo real pelo smartphone, uma ferramenta excelente para quem tem filhote de cachorro em casa ou um cachorro ainda se ajustando ao novo lar.

O equipamento é útil para verificar comportamentos de estresse, sintomas de ansiedade de separação, podendo até servir de informação extra para o treinador visualizar e diagnosticar as causas do comportamento.

As câmeras também podem ser úteis aos cães mais idosos que podem começar a apresentar sintomas de estresse ou ansiedade quando deixados sozinhos.

Normalmente, elas se conectam ao Wi-Fi para que você possa assistir via app, sendo que alguns modelos têm até visão noturna. São excelentes ferramentas também para supervisionar a interação do animal com outros profissionais que cuidam dele (treinadores, walkers, etc.)

Outros equipamentos para cachorro permitem que você fale com o animal ou até ofereça petiscos em recompensa à comportamentos adequados. O “Pet Tutor”, como alguns comedouros automáticos, permite distribuir petiscos em certos intervalos, ou remotamente pelo app.

Para concluir

Nem todos os equipamentos para cachorro são necessários, mas se podem ajudar, melhor!

Os cachorros não estão nem aí para os novos equipamentos, afinal eles vivem cada momento como se fossem únicos, pois só querem passar o tempo na sua companhia.

Portanto, toda vez que for em introduzir uma nova tecnologia do seu animal, pense se a mesma irá melhorar a qualidade de vida dele.

Obviamente, qualquer equipamento para cachorro que for desenvolvido para causar dor ou desconforto no animal deve ser evitado, mas equipamentos para cachorro que ajudam a aumentar a longevidade deles, melhoram a saúde e o bem estar, ou permitem que eles se divirtam ainda mais com você, são excelentes ideias.

Da mesma forma, se você for do tipo que adora uma novidade e não dispensa informações, ou possui um animal com necessidades especiais em casa, qualquer uma dessas opções pode ser uma ótima oportunidade para conhecê-lo melhor e dar-lhe uma vida mais feliz e saudável.

Por Equipe Editorial

O Vidanimal.com.br acredita que compartilhar um bom conteúdo é a melhor maneira de fazer com que a informação chegue ao seu destino ou público alvo. Educar e conscientizar as pessoas é a nossa missão. Procuramos criar parcerias com profissionais empenhados em fazer parte dessa missão. Contamos com uma equipe de colaboradores que amam aquilo que fazem e se dedicam todos os dias para levar até você um conteúdo informativo de qualidade.

Deixe uma resposta