Seria maravilhoso se pudéssemos diagnosticar doença de cachorro só de olhar o animal ou observar o seu comportamento. Embora isso não seja possível, afinal, apenas veterinários experientes e capacitados podem diagnosticar as doenças da forma correta.

Felizmente, existem alguns sinais emitidos pelos animais que podem ser considerados alertas de que algo não vai nada bem com a saúde dele. Se coçar e correr atrás do próprio rabo, por exemplo, são hábitos caninos normais e bastante comuns, não é mesmo?

Bem, não necessariamente.

Veja abaixo como saber quando o seu cachorro aparentemente “saudável”, na realidade está apresentando alguns sintomas ou sinais de que ele possa é estar ficando doente.

Confira!

1 – Mau hálito pode ser sinal de doença de cachorro

É importante escovar os dentes para evitar doença de cachorro.

Na verdade, o hálito do cachorro nunca será de menta refrescante, mas muitas vezes um odor insuportável pode ser sinal de um problema mais sério e até de risco de vida. O mau hálito canino é causado por uma bactéria que forma placas nos dentes do animal.

Mas essas bactérias também pode viajar pelas passagens respiratórias e seios nasais, provocando problemas respiratórios. Se elas chegarem à corrente sanguínea, elas podem causar grandes estragos no fígado, rins ou coração.

Por isso, escove os dentes do seu cachorro diariamente e ofereça sempre biscoitos, ossinhos e brinquedos específicos para a higiene dental do animal e gengivas para prevenir qualquer tipo de doença de cachorro provocada por esse sintoma de mau hálito.

2 – Orelha caída pode indicar doença no cachorro

A orelha do seu cachorro pode ficar com a aparência caída se ele estiver se sentindo triste — ou se ele estiver com infecção de orelha. Geralmente, os cachorros podem desenvolver três tipos de infecção no ouvido: infecção de ouvido externo, médio e interno.

Os sintomas de infecção de ouvido externo como orelhas caídas, vermelhidão, corrimento e cheiro ruim — exigem uma ida ao veterinário. Se a infecção não for tratada logo, elas podem se transformar rapidamente em infecção de ouvido médio ou interno, que podem causar a perda da audição.

3 – Manchas escuras na gengiva podem ser doenças

Escove os dentes do cachorro para evitar manchas negras nas gengivas.

De acordo com os veterinários, doenças dentárias afetam 93% dos cachorros com mais de 03 anos de idade. Quando partículas de alimento e bactérias não são removidas das gengivas do animal, elas podem inflamar e contribuir para a formação de placas bacterianas.

Essa placa bacteriana pode se tornar gengivite e, em casos mais graves, até a perda dos dentes. Se as gengivas do seu cachorro, normalmente rosadas, apresentarem machan negras, entre em contato com o seu veterinário, pois essas manchas são sinais de doença de cachorro.

4 – Não ter cintura pode ser sintoma de doença grave

Um corpinho do tipo “ampulheta” é um bom indicador de cachorro saudável. Mas se o seu cachorro não apresentar uma área mais encolhida entre a caixa torácica e o quadril, ele provavelmente está acima do seu peso ideal.

A Associação Americana de Prevenção da Obesidade Pet estima que 54% dos cachorros nos Estados Unidos são obesos, e como os humanos, isso faz com que esses animais fiquem vulneráveis à inúmeras complicações médicas de saúde, como câncer, diabetes, e doenças no fígado. Todas essas doenças de cachorro podem diminuir a expectativa de vida no animal em 2 ½ anos.

5 – Olhos nublados é sinal de doença de cachorro

Cachorro com olhos nublados pode ser sinal de doença de cachorro como cataratas.

Embora isso não seja nada conclusivo, olhos nublados ou vista embaçada são uma indicação muito forte de doença de cachorro como cataratas. Se essa vista embaçada cobrir mais que a metade da lente ocular do animal, a visão dele fica obstruída e ele pode ficar, eventualmente, cego.

Além disso, cataratas pode ser sinal de diabetes se ele também apresentar outros sintomas como beber água ou urinar com mais frequência, ou se engajar em problemas de comportamento canino comuns.

Uma terceira causa pode vir a ser esclerose, uma mudança benigna do envelhecimento que felizmente não danifica a visão, mas esses sinais são importantes de serem observados.

6 – Bexiga fora de sintonia pode indicar doenças

Beber água em excesso pode ser um sinal de desidratação ou outra doença de cachorro.

Pode haver uma explicação médica para o caso do seu cachorro de repente começar a fazer xixi em locais nada apropriados dentro de casa. Urinar em excesso (poliúria) e beber água em excesso (polidipsia) são sintomas de falência renal, diabetes ou doenças do fígado.

Por exemplo, se o seu cachorro estiver desidratado, os rins não serão capazes de reter
água, por isso ele vai urinar com mais frequência.

7 – Ficar correndo atrás do rabo sinalizar doença de cachorro

Sim, você leu direito. Se o seu cachorro corre em círculos mais do que o normal, ele pode estar com uma infecção interna de ouvido chamada labirintite. Isso afeta a postura do cachorro, o equilíbrio e a coordenação, deixando ele tonto sem razão aparente.

No entanto, se o seu cachorro for idoso, ele pode ter síndrome vestibular idiopática, que normalmente aparece de repente e pode causar tontura a ponto de incapacitar o animal. Não há uma causa conhecida e pode exigir hospitalização.

8 – Respiração ofegante pode ser sinal de doença de cachorro

A respiração ofegante pode indicar uma doença de cachorro

A respiração ofegante dos cachorros é uma forma de resfriar a temperatura do corpo, mas uma respiração com mais dificuldade ou dispnéia, também pode um dos sintomas de doença de cachorro que indica problemas de risco de vida.

Dispneia pode ser causada por complicações no nariz, garganta, pulmões ou peito. O seu cachorro pode não estar recebendo oxigênio suficiente na sua corrente sanguínea. Dificuldade de respiração também pode ser um sintoma de dirofilariose, que pode causar um dano fatal nos pulmões. Felizmente, a doença tem tratamento se descoberta a tempo. Por isso, preste atenção nestes sinais!

9 – Espirros incomuns podem ser sintomas de doenças

Como os humanos, os cachorros também costumam espirrar e apresentar secreção nasal transparente quando com alergias. No entanto, se a secreção estiver acinzentada, grossa e verde ou sanguinolenta, esses sintomas de doença de cachorro podem ser preocupantes.

O seu cachorro pode estar com infecção por fungos ou câncer nasal. O veterinário pode pedir um raio-x ou tomografia computadorizada para confirmar o diagnóstico.

10 – Agressão repentina é sinal de doença de cachorro

A agressividade repentina pode indicar doença de cachorro.

Digamos que normalmente o seu cachorro seja educado, calmo e tranquilo, sempre se comportando muito bem. De repente, ele começa a rosnar até para pessoas que ele conhece e está acostumado.

comportamento agressivo sem precedentes pode ser um sinal de doença de cachorro como hipotireoidismo, convulsões ou doenças cerebrais. Ou ele pode estar também com dores severas, agindo agressivamente para manter as pessoas afastadas e não ser tocado.

Todas essas causas em potencial exigem uma visita urgente ao veterinário para evitar que algo pior aconteça e para que ele possa investigar melhor o que pode estar acontecendo. Não demore a agir!

Por Equipe Editorial

O Vidanimal.com.br acredita que compartilhar um bom conteúdo é a melhor maneira de fazer com que a informação chegue ao seu destino ou público alvo. Educar e conscientizar as pessoas é a nossa missão. Procuramos criar parcerias com profissionais empenhados em fazer parte dessa missão. Contamos com uma equipe de colaboradores que amam aquilo que fazem e se dedicam todos os dias para levar até você um conteúdo informativo de qualidade.

Deixe uma resposta