Se você tem múltiplos animais em casa, como cachorro e gato, você já deve saber que todos os cuidados com animal de estimação necessários exigem um certo esforço do tutor, podendo até ser difícil de executar todos eles você mesmo sozinho.

Com relação ao cachorro e o gato, pode ser ainda mais difícil, pois os cuidados são diferentes. Afinal, essas duas espécies de animais são bem distintas entre si, certo?

A boa notícia é que você pode aprender como cuidar dos seus animais em casa você mesmo, mesmo que eles exijam técnicas de cuidados diferentes. Mas para isso é preciso que você conheça todas essas diferenças.

Vamos mostrar abaixo as principais diferenças entre os cuidados com animal de estimação, no caso o gato e o cachorro.

Acompanhe!

Cuidados com animal de estimação: Cachorro X Gatos

Os cuidados com animal de estimação são importantes em qualquer espécie.

Embora o cachorro e o gato sejam os animais de estimação mais comuns em todos os lares brasileiros, eles diferem bastante na sua manutenção e cuidados. Mesmo que os cuidados com animal de estimação sejam os mesmos, como dar alimento, banho, cortar unhas, tosar, etc, um ou outro pode ser mais ou menos difícil comparado ao animal.

Além disso, existem certos cuidados com animal de estimação que não se aplicam a todas as espécies. Como por exemplo, no caso do gato, ele não exige tosas higiênicas.

Por isso, vamos nos concentrar abaixo nos principais cuidados em comum e suas diferenças entre cachorro e gato. Veja em detalhes abaixo:

Os gatos são melhores com a sua própria higiene

Os gatos são melhores em cuidar da própria higiene

Se você tem um gato em casa, já deve ter notado que eles dão uma certa importância à sua higiene pessoal. O cachorro, por outro lado, não está muito interessado na sua limpeza, pelo contrário, até gosta de se sujar.

Embora ninguém saiba porque existe essa diferença entre eles, mas é fato que os gatos tem esse hábito de se auto-limpar. Eles passam horas lambendo a própria pelagem, às vezes até de outros gatos e seus filhotes.

Os cachorros, no entanto, podem ficar meses imundos sem ao menos tentar se limpar. Eles podem ficar com sua pelagem toda emaranhada e suja de lama ou folhas agarradas sem se importar.

Mas, isso não significa que você não possa intervir nos cuidados com a higiene do seu gato. A sua pelagem, por exemplo, deve ser escovada com uma escova especial para ajudar a remover os pelos mortos.

Da mesma forma que no cachorro,escovar os pelos dos gatos ajudam a distribuir melhor os óleos na pele e diminuir as bolas de pelos que eles ingerem, deixando a pelagem mais brilhante e saudável.

Já o cachorro necessita de banhos, pelo menos, uma ou duas vezes no mês ou mais, caso ele ficar muito tempo do lado de fora, no jardim ou na terra. O banho é importante para remover parasitas, como pulgas e carrapatos, que podem infectar outros animais e até humanos. Além disso, as escovações diárias também desembaraçam e removem os nós, assim como qualquer sujeira agarrada nos pelos.

Cortar as unhas do cachorro é mais fácil

Dentre os cuidados com animal de estimação, crtar as unhas é o mais difícil.

Embora os gatos sejam mais limpinhos e dão menos trabalho para limpar, as unhas dos cachorros muitas vezes são gastas, mesmo que fiquem sem ser aparadas por um período extenso de tempo.

Isso porque os cachorros costumam caminhar no asfalto e cavar buracos na terra, o que acaba ajudando a gastar as unhas. Normalmente, quando o animal não tem muitas oportunidades de gastar essas unhas, nós devemos apará-las para que eles não nos machuquem ao subir em cima de nós ou estraguem os estofados dos móveis.

Muita gente tem aflição ou medo de aparar as unhas do cachorro em casa e recorrem aos especialistas nos petshops, mas com as ferramentas adequadas é possível fazer isso em casa sem problema.

Por outro lado, as unhas ou garras dos gatos são retráteis, ou seja, elas ficam escondidas dentro das patas. Normalmente, não há necessidade de aparar, já que os gatos são eficientes em sua higiene, incluindo as garras.

Mas é necessário estar checando as unhas deles com uma certa frequência para evitar infecções ou até parasitas, principalmente se ele vive dentro de casa, mas dá as suas escapadinhas de vez em quando.

Se for preciso aparar as unhas do seu gato, tente fazer isso quando ele estiver de bom humor, assim como contar com a ajuda de alguém para segurá-lo no colo para você. Se ele se agitar, pare e só continue quando ele se acalmar.

Caso ele se recusar e não deixar que você faça isso, desista. Ou você vai ganhar alguns arranhões de presente.

Escovar os dentes do gato é mais difícil

Escovar os dentes do animal faz parte da rotina de cuidados com animal de estimação.

Geralmente, escovar os dentes do cachorro é bem mais fácil que escovar os dentes do gatos, porque os cães são mais maleáveis e amistosos. Os gatos costumam reagir mais agressivamente se você forçar a barra.

Mas se você acostumá-los aos cuidados com animal de estimação desde filhotes, os gatos podem ser mais receptivos ao processo de escovação. No entanto, será um desafio grande e uma experiência um tanto difícil começar a fazer isso se o gato já for adulto.

Para escovar os dentes do cachorro é preciso investir em pasta de dentes veterinária, pois os cremes dentais para humanos podem causar problemas digestivos no animal se ele engolir. O gato também vai exigir um creme dental próprio pelas mesmas razões.

Você deve escovar os dentes do cachorro quando ele estiver calmo, sem apresentar nenhuma hostilidade. Os gatos também são muito sensíveis à comportamentos agressivos, por isso você também deve demonstrar estar calmo e agradável quando for tentar escovar os dentes deles.

Concluindo sobre os cuidados com animal de estimação

Os cuidados com animal de estimação em termos de manutenção do cachorro e do gato podem ser uma experiência e tanto. É extremamente importante que ambos sejam acostumados a serem manipulados por você sem desconforto.

Por isso, o banho, as escovações de pelo e dentes, aparar as unhas devem ser feitas desde cedo, para que ele aprendam que isso fará parte da rotina deles sempre e de forma frequente.

Normalmente, o gato é mais independente comparado ao cachorro, especialmente com a sua própria higiene. Eles fazem suas necessidades em locais apropriados e dão conta de se limpar sozinhos.

Já os cachorros são os “vira-latas” da família, os “adolescentes sujinhos”, que ainda dependem da mãe para dizer o que é certo ou não fazer. Mas uma coisa os dois têm em comum, ambos precisarão dos seus esforços para ajudá-los nessa manutenção da higiene e limpeza.

Portanto, dar banho, escovar o pelo, aparar as unhas e escovar os dentes farão parte do seu território ao se tornar um tutor. Apesar das dificuldades, o amor e atenção que você puder demonstrar durante todos os processos, certamente será recíproco.

Por conta disso, você vai acabar se beneficiando também ao ganhar amor e lealdade em troca, além de garantir a saúde e a boa aparência deles.

Por Equipe Editorial

O Vidanimal.com.br acredita que compartilhar um bom conteúdo é a melhor maneira de fazer com que a informação chegue ao seu destino ou público alvo. Educar e conscientizar as pessoas é a nossa missão. Procuramos criar parcerias com profissionais empenhados em fazer parte dessa missão. Contamos com uma equipe de colaboradores que amam aquilo que fazem e se dedicam todos os dias para levar até você um conteúdo informativo de qualidade.

Deixe uma resposta