Durante a crise do COVID-19, ter acesso aos cuidados veterinários de rotina tem sido um problema para muitos tutores. Por conta da quantidade escassa de clínicas veterinárias oferecendo consultas físicas apenas em situações emergenciais, ou, pelo menos, mudando a forma de atendimento médico-veterinário para garantir a segurança dos profissionais e pacientes, as medidas de isolamento pelo corona vírus acabou interrompendo esse serviço a que costumamos recorrer regularmente.

De fato, a crise não está sendo apenas um problema para as práticas veterinárias, mas também para os serviços de manutenção e cuidados como um todo, como por exemplo, o banho e tosa, cortar as unhas, entre outros serviços.

Por conta desse problema, aliado ao fato de que estamos ficando mais em casa, fomos obrigados a ser mais flexíveis no nosso dia a dia, seja com relação aos produtos que estamos acostumados a usar e comprar, ou pela forma como estamos administrando a nova rotina para atender às necessidades de nossos animais de estimação, enquanto obedecemos as medidas do governo.

Não está fácil para ninguém atender a todas as demandas com menos suporte e ajuda de terceiros, principalmente se não estávamos acostumados a fazer certas tarefas nós mesmos.

Se você tem cachorros e/ou gatos em casa, já sabe que os pelos não irão parar de crescer ou de cair, e que os banhos não poderão ser colocados de lado. Enfim, nenhum dos cuidados de antes devem ser negligenciados, principalmente porque neste momento estamos convivendo mais juntos dentro de casa.

Portanto, para facilitar a sua vida, daremos umas dicas de como cuidar do seu animal em casa durante essa crise de corona vírus. Confira abaixo!

Como manter a pelagem do animal em tempos de corona vírus?

A perda de pelos está diretamente ligada à quantidade de horas de dia claro, ou seja, os pelos costumam cair mais no verão, quando os dias estão mais longos. Nesta época do ano, os raios solares estimulam mais os fios a crescer, cair e serem substituídos.

Se você tiver gatos, a troca de pelos não é um problema tão grande comparado aos cachorros, já que a pelagem dos felinos é menos afetada pelas mudanças da uz do dia como nos cachorros.

Mas o que pode ser feito para controlar e reduzir a queda de pelos, assim como manter o animal confortável e ainda ajudar a manter a casa mais limpa? Veja abaixo algumas dicas preciosas para esses tempos de crise pelo corona vírus:

Não deixe de manter a manutenção frequente

As escovações frequêntes são importante durante a pandemia do corona vírus.

Ao contrário que muita gente pensa, raças de pelo curto costumam soltar mais pelos, justamente porque seus pelos possuem um ciclo de vida muito menor e, por isso, são substituídos mais rápido.

Na verdade, não há raças hipoalergênicas, todas as raças soltam pelos até um certo ponto, até mesmo uma raça que “supostamente” é considerada não soltar muitos pelos, sendo que as raças mais peladas irão soltar pele ao invés de pelo.

É importante remover os pelos caídos com mais frequência para ajudar no processo de substituição de novos fios e estimular os folículos e a pele. isso vai encorajar uma melhor circulação e também vai remover a caspa e poeira agarrada na pele.

Além disso, uma manutenção da pelagem regular ainda ajuda a melhor o condicionamento da pele e o brilho da pelagem, para uma animal com aparência mais saudável.

Prestando maior atenção à pele e pelagem do animal, você vai conseguir notar problemas com antecedência, incluindo casos de pele seca e irritações, assim com a presença de parasitas, como pulgas e carrapatos.

Problemas com bolas de pelos nos gatos também podem ser minimizados com uma menor quantidade de pelos soltos para ele ingerir.

Considere utilizar uma suplementação

Se você, mesmo com toda a manutenção e cuidado, ainda estiver preocupada com a saúde da pele e pelagem do seu animal de estimação nesse período de crise pelo corona vírus, não deixe de consultar o seu veterinário.

Pode ser que ele esteja apresentando alguma reação alérgica ao alimento ou ambiente, que pode estar causando alguma irritação e coceiras. Em alguns casos, uma pelagem opaca e sem brilho também pode indicar doença.

Por isso, é sempre útil buscar um conselho médico. Pode ser que parte das recomendações no tratamento envolva a ingestão de suplementos ou alguma outra suplementação na dieta do animal, como a adição de níveis maiores de ômegas.

Mantenha as unhas aparadas e gastas

Manter as unhas e pelos aparados em casa em tempos de corona vírus é essencial.

Embora manter as unhas aparadas ou gastas não tenham muita relação com soltar ou não pelos, dar uma atenção extra às patas do animal é um aspecto importante nessa manutenção.

Se você acha que cortar as unhas do animal é um tanto problemático e você não tem prática nessa tarefa, ou ele mesmo não tolera muito bem ser manipulado nas patas, talvez umas caminhadas à mais podem ajudar a dar aquela gastada nelas.

Brinquedos de gatos como os arranhadores também podem ajudar a afiar as garras. Há muita informação na internet também de como cortar as unhas do seu pet em casa que podem ajudar. E os mais peludos podem ser seu pelos aparados nessa área com uma tesourinha própria para isso.

Banhos caprichados são necessários

Sabemos que ficar em casa não é sinônimo de ficar sem fazer nada. Mas algumas tarefas não têm como ignorar, saber como cuidar do animal você mesma em casa é uma delas. Normalmente as raças de porte pequeno são mais fáceis de lidar para dar banho em casa. Já as de porte grande podem fazer um estrago maior e bagunçar tudo, especialmente se você não tem uma área externa.

Mas não é porque os serviços de banho e tosa dos petshops estão suspenso em tempos de corona vírus que o seu animal vai deixar de tomar banho. Se a sua única opção for o box do banheiro, forre o chão com toalhas velhas e mãos à obra.

Já se você tiver a sorte de ter um quintal, espere por um dia lindo de sol e aproveite para se divertir com ele em um bom banho de mangueira. Um bom condicionador de pêlos após o banho vai facilitar a escovação depois, especialmente se ele tiver pelos longos.

Depois, se não houver um local para ele secar no sol, utilize o secador de cabelos para ajudar a secar mais rápido. Apenas mantenha o aparelho longe dos ouvidos dele e não tão próximo da pele.

Tosas são complicadas, mas aparar não custa nada

Garanta os equipamentos necessários para a manutenção em tempos de corona vírus.

Confesso que para quem não tem experiência tosar o cachorro não é uma das tarefas mais fáceis e podem até ser assustadoras, principalmente se você não tiver o equipamento adequado, como maquininha de tosa.

No entanto, após o banho, antes das escovações, você pode aproveitar para fazer uma espécie de tosa “higiênica”, apenas aparando com uma tesoura os lugares onde os pelos estão muito compridos.

Lentamente, vá cortando alguns fios próximo ao olhos, com muito cuidado, na cauda, próximo ao estômago e onde mais achar necessário. Só tome cuidado para as lâminas não estarem cega, o ideal é que as pontas da tesoura também sejam arredondadas.

Pronto! Agora você já sabe o que precisa fazer para manter a pelagem do seu animal de estimação em ordem em tempos de pandemia por corona vírus – agora relaxa, faça apenas o que for possível neste momento e tente viver bem com isso. O que não tem solução, solucionado está! Não é mesmo?

Por Equipe Editorial

O Vidanimal.com.br acredita que compartilhar um bom conteúdo é a melhor maneira de fazer com que a informação chegue ao seu destino ou público alvo. Educar e conscientizar as pessoas é a nossa missão. Procuramos criar parcerias com profissionais empenhados em fazer parte dessa missão. Contamos com uma equipe de colaboradores que amam aquilo que fazem e se dedicam todos os dias para levar até você um conteúdo informativo de qualidade.

Deixe uma resposta