Primeiramente, é necessário esclarecer que chip GPS não é a mesma coisa que o microchip inserido nos animais com uma seringa. Afinal de contas, muitas pessoas acreditam que o microchip aplicado de forma subcutânea nos animais, já é um Chip GPS. Veremos neste artigo que são dois itens bem diferentes um do outro.

Diferença entre microchip e chip GPS

Há diferenças entre Chip GPS e microchip.

Há diferenças entre Chip GPS e microchip.

O microchip é um micro sistema eletrônico que é inserido com uma agulha hipodérmica de baixo da pele na região do pescoço. Uma vez aplicado é ativado por um scanner que faz a leitura do número com o qual é possível acessar a ficha cadastral do bichinho que estará inserida em um banco de dados que, por sua vez, possibilita identificá-lo pela internet.

O microchip subcutâneo é uma forma muito eficiente de identificação animal. Além disso é um item obrigatório para viajar ao exterior com seu animal de estimação. As informações contidas na ficha são: nome, espécie, raça, sexo, data de nascimento, cor, descrição, histórico, dados do proprietário.

O Chip GPS, por outro lado, é um artefato que pode ser usado externamente para localizar seu cachorro em caso de perda, roubo ou fuga do mesmo.

O que é o Chip GPS

O chip GPS é um dispositivo de segurança e rastreio adicionado à coleira do cachorro para rastreamento.

O chip GPS é um dispositivo de segurança e rastreio adicionado à coleira do cachorro para rastreamento.

Como vimos anteriormente, o Chip GPS não é o microchip que é inserido sob a pele do cachorro. Trata-se, de fato, de um dispositivo que é aplicado externamente, na coleira.

A característica mais atraente dos colares de rastreamento com chip GPS é, sem dúvida, o fato de que é possível saber sempre onde está seu animal de estimação. De fato, sua localização pode ser acompanhada em tempo real através de aplicativo específico no Smartphone.

Existem rastreadores com chip GPS de vários tamanhos, que podem se adequar a diferentes portes de cachorro. Ao comprar este dispositivo, deve-se colocar o Chip GPS na coleira, fazer o download do aplicativo no celular e emparelhar as informações.

Além disso, com esse aplicativo, é possível determinar o perímetro de segurança. Ou seja, é possível determinar a área em que seu animal está livre para caminhar, como o seu próprio quintal, por exemplo. Se por acaso, o cachorro ultrapassar a demarcação, o celular receberá uma notificação via sms, aplicativo ou até mesmo e-mail.

Outros tipos de Chip GPS permitem registrar os movimentos do cachorro nas últimas 24 horas. Essa função é ótima para aqueles tutores que suspeitam que o cachorro anda fugindo durante o dia ou noite.

Benefícios do rastreador com Chip GPS:

O chip GPS tem muitos benefícios.

O chip GPS tem muitos benefícios.

  • O principal benefício, certamente, é que com esse dispositivo fica mais fácil encontrar um cão perdido ou fujão. Dessa forma, o stress com sua recuperação é, sem dúvida, muito menor. Com o Chip GPS, é possível encontrar o cachorro na hora, sem depender da boa vontade de outras pessoas.
  • Hoje em dia, todo mundo tem um Smartphone. A vantagem aqui é que o aplicativo que mostra a localização do seu animal de estimação estará sempre na palma de sua mão. Além disso, receberá avisos instantaneamente se algo sair do esperado.
  • Os rastreadores são de fácil aplicação em animais de estimação. Basta, de fato, prendê-los à coleira do seu cão.
  • Além de ser útil para rastrear cães fujões, o rastreador pode detectar a localização do seu cachorro no caso seja roubado. Caso os ladrões não percebam o dispositivo, é possível encaminhar as informações à policia e solicitar o resgate. Os modelos mais novos são mais discretos, então alguém que rouba o seu cão pode nem perceber que está lá.

O caso de Pistolinha

Pistolinha é o nome de uma cadelinha da raça Buldogue Francês. No início de março de 2019, o jornal de Brasília reportou sua história.

A cadelinha foi, de fato, sequestrada por três homens em Sobradinho, cidade do Distrito Federal. Os criminosos, entraram na casa onde Pistolinha mora e levaram a cachorrinha. Logo depois, entraram em contato com seus tutores pedindo R$1.600,00 para seu resgate. No entanto, eles não sabiam que Pistolinha tinha um rastreador de GPS.

Os tutores não negociaram com os bandidos e entraram em contato com a polícia. Os sequestradores foram, portanto, identificados e detidos. Infelizmente respondem em liberdade. Pistolinha, no entanto, voltou pra casa sã e salva graças à essa tecnologia ainda pouco conhecida aqui no Brasil, e à ação dos policiais.

Como deve ser o chip GPS ideal

O chip GPS ainda possuem preço elevado por aqui.

O chip GPS ainda possuem preço elevado por aqui.

Rastreadores com GPS, por enquanto, são mais utilizados no exterior do que no Brasil. De fato, em nosso País, os preços ainda são elevados e não são achados facilmente.

Nos Estados Unidos, por exemplo, são bastante frequentes entre tutores que gostam de caminhar com seus cães sem guia, o que ainda é uma prática pouco recomendável por vários motivos.

De fato o cachorro pode querer brincar com outro pouco amigável, ou pular em alguém que tem medo, se acidentar e muitas outras situações.

O chip GPS ideal deve ter algumas características importantes:

  • Seu tamanho deve ser pequeno para não incomodar o animal e para que não seja visto facilmente e retirado por pessoas mal intencionadas.
  • O GPS deve ser a prova de água e sujeira, já que muitos cães adoram passear na chuva ou não resistem a uma piscina ou lago no meio do caminho.
  • Caso seu cachorro seja destruidor, procure um modelo bem resistente.

Alguns rastreadores com chip GPS disponíveis no mercado

Tagg – The Pet Tracker

Trata-se de uma coleira com GPS e Sistema WI-fi, compatível com IOS e Android. Através dessa coleira será possível delimitar uma área, como os espaços da casa, quintal e arredores.

Caso o cão ultrapasse esses limites você e mais cinco contatos que poderão ser cadastrados, receberão sinais de alerta via e-mail, torpedos ou aplicativos. Além de ser bem resistente, possui uma bateria que dura até trinta dias e pode ser recarregada. Já está disponível no Brasil e a venda pode ser realizada pela internet.

SpotLite

Dispositivo que contém um botão de resgate que emite uma mensagem de emergência ao dono. O aparelho deve ser acoplado à coleira. Ainda indisponível no Brasil.

The Pet Locator

Aparelho de tamanho pequeno e que deve ser fixado à coleira de seu cão. Também é possível localizar o animal através da ativação do rastreador. A delimitação das áreas de circulação assim como os limites que seu cão percorre são monitorados através de uma bateria e um pequeno painel solar. É comercializado na internet.

Rastreador GPS Appego Para Pets

Gps disponível para compra pelo site da Petz. O dispositivo é prova d’água, possui bateria recarregável e é controlado por aplicativo.

Desvantagens do GPS

Apesar da tecnologia de ponta e praticidade oferecidas pelo chip GPS, esse tipo de dispositivo ainda possui algumas desvantagens.

  • No Brasil ainda não é facilmente encontrado. Entretanto, é possível adquirir alguns modelos em sites como Mercado Livre ou comprar no exterior;
  • Na maioria dos casos, o rastreador da coleira ainda é muito grande. Pode ser de difícil uso em cães de portes muito pequenos;
  • A bateria precisa ser recarregada;
  • Como qualquer outra coleira, pode ser perdida durante uma fuga ou brincadeira.
  • O valor desses GPS’s são salgados ainda, mesmo porque estão se firmando no mercado e certamente ainda surgirão outros para que a concorrência se dê e o preço diminua.
  • Por causa de seu valor e da dificuldade em ser encontrado no mercado, são passíveis de roubo.

Qual é, então, a melhor forma de identificação?

A identificação animal é primordial para um tutor que se importa com seu próprio animal de estimação. Para saber mais sobre o assunto e avaliar as opções de identificação, recomendamos a leitura do artigo ‘Placa de Identificação Animal – Entenda sua importância‘. Nesse artigo, de fato, foram descritas todas as formas de identificação e dicas para evitar a perda do seu animal de estimação.