Você sabia que existem cachorros para idosos que se adequam mais facilmente ao estilo de vida da pessoa? Não há dúvidas quanto aos cachorros nos oferecerem a melhor das companhias, mas junto aos inúmeros benefícios, vem também grandes responsabilidades.

Há de se pensar nas despesas com alimentação e veterinário, no tempo disponível para passeios e prática de exercícios, além de treinamento — esses são alguns fatores que podem impedir idosos a se comprometerem por alguns anos (uma década ou mais).

Por isso, o ideal é considerar raças de cachorro compatíveis ao estilo de vida nessa idade.

Por exemplo, se você gostaria de viajar com um cachorro pequeno, se prefere se manter ativo e quer uma companhia para praticar atividades, ou apenas uma companhia afetuosa para dividir o tempo em casa.

Mas como nem todos os cachorros, muito menos idosos, são iguais, organizamos uma lista com 30 opções de raças de cachorro para idosos, que podem ajudar você a decidir se possui espaço suficiente, tempo para treinamento de obediência ou se pode lidar com a perda de pelos ocasionais e latidos.

Lembrando que, a longevidade da maioria dessas raças é de aproximadamente 12 a 15 anos. Então, continue lendo o artigo abaixo para saber quais dessas raças de cachorros para idosos se adequam melhor ao seu estilo de vida.

Confira!

#1. German spitz

O Spitz alemão é um cachorrinho pequeno com uma personalidade divertida que pode trazer horas de entretenimento para o seu dono.

É um dos melhores cachorros para idosos por que com algum treinamento, os seu latidos podem ser focados apenas para situações específicas, como a aproximação de estranhos.

Além disso, embora tenham uma pelagem fina e longa, eles não soltam tanto pelo, apenas poucas vezes ao ano, e as escovações serão mais uma oportunidade de manter a ligação com o animal.

#2. Cesky terrier

Descritos como inteligentes, aventureiros e inclinados à família, o Cesky terrier é uma excelente escolha para pessoas idosas, porém ainda ativas.

Se o termo “terrier” te leva a pensar em escavações no jardim e muita energia, saiba que essa raça é até considerada bem calma comparada aos outros do grupo.

Eles oferecem o mesmo nível de entretenimento com menos caos para idosos que preferem passar o mínimo de tempo consertando o jardim.

#3. Glen of Imaal terrier

O Glen of Imaal terrier é originário da Irlanda. Um cachorro de pequeno porte brincalhão e energético, mas que não cansa seus donos com correria incessantes e latidos.

Como muitas vezes eles enxergam outros animais como presas, afinal, foram criados para caçar, o ideal é não ter gatos em casa ou outros animais menores.

Eles são excelentes cachorros para idosos que possuem tempo para treinamento, não só de obediência, mas pra fazer truques e outras gracinhas.

#4. Lowchen

O Lowchen é um cachorro fofinho cujo nome significa pequeno leão. Uma das razões para ter recebido este nome é a sua personalidade corajosa.

A outra seria por causa da forma como é tosado, semelhante a forma de um leão, com a cauda e parte traseira com pelos próximos à pele.

Nesse caso, os cuidados e manutenção podem ser mais frequentes e dispendiosos. A boa notícia é que a tosa leão não é exigida para manter a sua aparência, apenas aparações ocasionais.

#5. Affenpinscher

Instantaneamente reconhecido pelo seu apelido de “cachorro macaco”, o Affenpinscher é pequeno, portátil e muito brincalhão.

O seu tamanho diminuto faz com que ele seja adequado a pequenos lares, apartamentos ou complexos para idosos.

Bastam apenas algumas caminhadas diárias para ajudá-los a se manterem saudáveis e socializarem com outras pessoas

#6. Norfolk terrier

Cuidados com as pequenas criaturas, especialmente se um Norfolk terrier estiver na área. Esses pequenos cães são afetuosos, mas exímios caçadores, nem tanto cães de colo.

Eles podem obter exercícios suficientes através de caminhadas ou correndo pelo jardim. Para quem curte viajar, ele é uma excelente companhia para aventuras, assim como o seu primo Norwich terrier.

#7. American Eskimo dog

O American Eskimo dog vem em diferentes versões: toy, miniatura e padrão. Mas todas elas precisam fazer parte de um grupo, por isso são boas escolhas de cachorros para idosos aposentados. Eles são cachorros altamente treináveis e muito sociais.

#8. Japanese Chin

Japanese Chins foram criados literalmente para ficar paradinhos no colo dos aristocratas chineses.

No entanto, eles adoram brincar, se exercitar e até não fazer nada, pois o que importa pra eles é estar na companhia do dono.

Eles são as melhores escolhas de cachorros para idosos que possuem um estilo de vida mais tranquilo, embora a sua longevidade seja de 10 a 12 anos.

#9. Schipperke

O Schipperke é um cachorro pequeno de pêlo preto com aparência semelhante a uma raposa, por causa da sua juba.

Eles possuem energia alta e uma personalidade independente, e embora tímidos ao redor de estranhos, eles são excelentes cães de guarda.

Por ser pequeno, podem se adequar a lares modestos. São perfeitos para idosos que ainda querem se manter ocupados.

#10. Keeshond

O Keeshond parece maior quando adulto por causa da sua pelagem grossa. Eles são amistosos com outros cachorros e pessoas, mas irão latir se não estiverem de bom humor.

Eles são bons cachorros para idosos que desejam um animal capaz de alertar pessoas inesperadas à porta.

Ele costuma ficar próximo ao seu dono pela casa e amam a água, bem como cavar no jardim, na terra ou na areia. Ele irá necessitar de supervisão no quintal.

#11. Border terrier

Patas longas e cabeça em forma de lontra são as principais características do Border Terrier.

Os idosos que tiverem a oportunidade de estar em ambientes externos e bastante espaço, vão se adequar melhor aos exercícios. Caso você more em apartamento, ele vai exigir mais tempo para passeios na rua.

#12. Cairn terrier

O Cairn terrier é alerta e alegre, podendo ser um excelente cão de companhia em casa para quem não está mais ocupado com suas carreiras ou cuidando de suas famílias.

Eles adoram explorar, o que pode incluir escavações no jardim ou sair para longas caminhadas ao redor do bairro.

Cairn terriers podem precisar de um pouco de supervisão ao redor dos netos ou outros cães, mas eles não exigem maiores cuidados ou grande manutenção.

#13. Italian Greyhound

Como o próprio nome já indica, o Italian greyhound é uma versão miniatura daqueles cachorros de corrida que correm por milhas em alta velocidade.

Nessa versão, são excelentes cachorros para idosos que adoram ficar em casa tranquilos, pois eles adoram ficar quietinhos e aquecidos.
No entanto, durante os passeios, especialmente em áreas livres, eles precisam ficar na coleira o tempo todo, pois como seus primos maiores, adoram correr e perseguir outros animais.

#14. Papillon

Com suas enormes orelhas em formato de asas, o Papillon está mais para se aconchegar em cima de uma almofada dentro de casa do que gastar o seu tempo no quintal.

Por outro lado, eles apreciam todos os tipos de brincadeiras em qualquer estação do ano. Eles até podem ser vistos em competições de agility, sendo comum estar entre os vencedores.

Eles adoram viajar de carro e não necessitam de muita manutenção, embora tenham os pelos compridos e sedosos.

#15. English cocker spaniel

O Cocker spaniel inglês é famoso por ser alegre, obediente e energético, atributos que o tornaram popular entre muitas famílias por várias gerações.

A sua natureza tranquila faz dele um dos melhores cachorros para idosos, crianças e outros cães na família.

A sua pelagem longa e fina, encaracolada, pode exigir uma manutenção extra, para não embaraçar, mas vai economizar tempo do idoso evitando varrer a poeira do chão.

#16. Bichon frise

O Bichon frise parece que nasceu para ficar abraçado ao seu dono, por causa da sua pelagem macia, cabeça arredondada e olhos negors enormes.

Eles são muito fáceis de treinar e sempre ávidos a agradar, os cachorros para idosos perfeitos. Além disso, são muito fáceis de carregar por aí, e ficarão felizes em fazer companhia para qualquer atividade.

#17. Collie

Os Collies possuem uma grande escala de tamanhos e variedades, mas todos com uma característica em comum, facilmente reconhecíveis e amáveis.

Eles são extremamente fáceis de treinar e muito devotados, perfeitos para idosos que ainda se mantêm ativos e que desejam se exercitar com eles.

Collies são excelentes companhias para a família e ficarão muito felizes em conviver com múltiplas gerações nos eventuais encontros familiares.

#18. Basset hound

A aparência do Basset hound engana um pouco. Ele até pode parecer pequeno, mas a sua construção é sólida e pesada.

Basset hounds podem passar o dia dormindo em paz, mas ficarão felizes também em participar de qualquer atividade e caminhadas.
Mas a raça é conhecida pelos seus latidos fortes, afinal é um exímio farejador. Em geral, é uma companhia tranquila para pessoas na melhor idade.

#19. Pug

O Pug é famoso pela sua face enrugada, cheia de dobrinhas, focinho achatado, respiração difícil e ronco alto.

Se você deseja um cachorro relaxado, que não precisa sair para longas caminhadas, este é a raça ideal.

Desde quando surgiu, o Pug foi desenvolvido para ser um cão de colo; desde então, o termo “companhia” foi adicionado ao seu currículo de trabalho.

Os Pugs são amigáveis, brincalhões e não exigem muita manutenção, mas cuidados com os petiscos, eles são super gulosos.

#20. English Springer Spaniel

Amistoso, brincalhão e obediente, o English Springer Spaniel é um cachorro de porte médio a grande quando adulto.

Essa raça foi criada para caçar pássaros, então é uma boa escolha para idosos com acesso a ambientes externos, áreas rurais, parques e montanhas, para longas caminhadas sozinho ou em grupos.

#21. Havanês

O Havanês, como o nome já sugere, é nativo de Cuba. A sua aparência chama a atenção pela cauda curvada e pelagem longa.

Isso significa que ele vai exigir escovações e manutenção extra, mas ele é fácil de lidar para quem gosta de interagir com animais e estreitar os laços. Ele também deve ser supervisionado ao redor de crianças e outros cães, pelo menos até se adaptar.

#22. Boston terrier

Descrito como amigável, inteligente e divertido, o Boston terrier é uma das raças de cachorro para idosos preferidos.

O tamanho deles é ideal para passear de coleira, além de não exigirem quase nada de cuidados e manutenção.

Boston terriers também são muito bons com crianças e estão sempre felizes ao redor de seus donos, subindo no colo e se ajeitando na poltrona ou em cima da cama com você.

#23. Miniature schnauzer

O Schnauzer miniatura é amistoso com crianças e outros cachorros, além de estranhos. Mas eles são alertas o suficiente para até serem considerados excelentes cães vigias.

Eles respondem bem aos treinamentos com recompensas (petiscos), como praticamente todo cachorro pequeno, mas é bom ficar de olho no seu peso.

#24. Cavalier King Charles Spaniel

O Cavalier King Charles Spaniel possui uma pelagem sedosa, olhos castanhos capazes de derreter qualquer coração, mas uma força surpreendente que pode ser notada ao andar com ele pela coleira.

Ele se adapta muito bem aos hábitos de seus donos, sejam eles idosos ainda ativos ou caseiros, ele vai estar sempre feliz na companhia deles.

#25. Dachshund

O Dachshund é outro cachorro para idoso que vem em tamanhos e variedades diferentes, mas nenhum foi talhado para correr, pular e nadar como as raças do tipo hounds, caçadoras.

Ao invés disso, eles estão acostumados a atacar suas presas latindo e entrando em suas tocas. Por isso, prepare-se para latidos e escavações no jardim.

Dachshunds são excelentes cachorros para idosos menos ativos, mas que desejam um animal leal de uma raça familiar e amável.

#26. Beagle

O Beagle é conhecido pelo seu latido, bom faro, e por ser muito fofinho! Eles são incrivelmente dóceis, de baixa manutenção e excelentes companhias para brincar, inclusive para os netos.

A sua pelagem é densa e costuma cair mais durante a primavera, fique atento às escovações mais frequentes nesse período.

#27. Poodle

O Poodle é uma raça que vem em tamanhos toy, miniatura ou padrão, isso significa que você tem muitas opções para escolher.

A boa notícia é que o Poodle não solta pêlos, embora a maioria dos tutores mantêm eles bem baixos ou completamente tosados, especialmente no verão.

Os Poodles são descritos como ativos, orgulhosos e particularmente bastante inteligentes. Eles podem se adaptar a qualquer estilo de vida do idoso, dos mais ativos aos mais caseiros.

#28. Buldogue Francês

O Buldogue Francês, também conhecido como Frenchie, é excelente para idosos que desejam uma companhia amorosa e que adora chamar atenção.

Eles também são adaptáveis, inteligentes e leais, mas um tanto teimosos e muito curiosos. Eles também são um dos cachorros mais caros no mercado, junto do Pug.

#29. Golden retriever

Golden retrievers podem ser excelentes animais de companhia para pessoas idosas. Eles possuem uma habilidade natural para levantar o espírito de qualquer um, afastar o tédio e a depressão.

Não é à toa que são muito usados como cão de terapia e assistência emocional. Eles também são fáceis de treinar e possuem um desejo incontrolável de agradar.

No entanto, pessoas com mais de 70 anos devem pensar muito antes de adotar um Golden adulto, pois eles costumam viver até os 12 anos e ser pesados. Um cão adulto, pesado e com problemas de mobilidade pode dificultar a vida do idoso.

#30. Labrador retriever

O Labrador retriever é parente do Golden, mas é uma das raças mais populares que existe e uma das mais adoradas também.

Labs eles são os favoritos dos idosos que desejam um cão afetuoso, capaz de mantê-los ativos. Eles também possuem uma expectativa de vida longa, de 10 a 12 anos.

Por Equipe Editorial

O Vidanimal.com.br acredita que compartilhar um bom conteúdo é a melhor maneira de fazer com que a informação chegue ao seu destino ou público alvo. Educar e conscientizar as pessoas é a nossa missão. Procuramos criar parcerias com profissionais empenhados em fazer parte dessa missão. Contamos com uma equipe de colaboradores que amam aquilo que fazem e se dedicam todos os dias para levar até você um conteúdo informativo de qualidade.

Deixe uma resposta