Passear ou viajar com cachorro no carro pode ser tranquilo, se você tomar as precauções e cuidados necessários. Afinal, a segurança do animal e de todos no carro é uma prioridade.

Ao levar o seu cachorro com você nas viagens, você economiza com canil e com o estresse de ter que arrumar alguém para cuidar dele enquanto você estiver fora.

Como muitas pessoas estão optando cada vez mais em levar o cachorro nos passeios e viagens de carro, ao invés de avião, considere as dicas abaixo para preparar o animal antes de pegar a estrada.

Confira!

Transporte o cachorro no carro com segurança

Cachorro no carro deve estar preso, nunca solto.

A segurança é uma prioridade em se tratando de levar o cachorro no carro, seja em passeios curtos ou viagens longas.

De acordo com a entidade americana Sociedade Humana (HSPCA), os cachorros não devem ficar soltos dentro do carro, mas também precisam estar com equipamentos adequados e bem ventilados, que possam ser presos no cinto de segurança, como as cadeirinhas de carro para cachorro ou as coleiras próprias para isso.

Quando você permite que o cachorro fique solto dentro do carro, eles podem distrair o motorista, colocando em perigo todos dentro do carro.

Outra recomendação da HSPCA é manter o cachorro no banco de trás do carro, pois as “airbags” presentes no banco do passageiro podem sufocar o animal em caso de um acidente.

A caixa de transporte animal é um bom equipamento quando presa ao cinto de segurança no banco de trás, ou no bagageiro no caso de SUVs com acesso para os bancos de passageiros.

Por mais que o cachorro adore sentir o vento no focinho e ficar na janela, mantenha-o dentro do carro o tempo todo. Eles podem se machucar com partículas de sujeira ou adoecer com vento gelado direto nos pulmões, dependendo do clima.

Considere o comportamento do cachorro no carro

É importante considerar o comportamento do cachorro no carro.

Ansiedade, latidos em excesso por conta de territorialidade ou excitação e enjoos são comuns em cachorros dentro do carro.

A ansiedade pode ser acionada por excitação excessiva, nervosismo e traumas. O ideal é condicioná-lo a ficar calmo e confortável no carro antes de sair para longas horas de passeios ou viagens.

Se o seu cachorro for bem treinado, principalmente na caixa de transporte, você não terá problemas. Caso contrário, tente não agitá-lo ao entrar no carro antes de sair.

Todo esse agito e excitação, não significa necessariamente felicidade, podendo levar a ansiedade. Tente relacionar os passeios do cachorro no carro com momentos de tranquilidade e calmaria.

Quanto mais relaxado e confortável ele estiver dentro do carro, melhor será o passeio ou a viagem.

Evitar que o cachorro no carro passe mal

Cachorro no carro deve estar sempre preso, nunca solto na caçamba.

Os enjoos por conta do movimento do carro é bastante comum nos cachorros, mas principalmente nos mais novinhos. O Centro de Veterinária da América (VCA) diz que melhora com o tempo, à medida que o cachorro vai ficando mais velho.

Isso porque o ouvido interno vai se desenvolvendo, mas a principal causa de enjoos e náuseas, ou até vômito, é a ansiedade.

Os sinais mais comuns de que o cachorro possa estar passando mal são: babar, ofegar, choramingar e lamber os lábios.

Você pode evitar isso fazendo com que se sintam confortáveis dentro do carro, trazendo o brinquedo favorito junto, um cobertor com cheiro de casa ou até coleiras calmantes, que irão oferecer uma sensação de conforto e reduzir o estresse.

Além disso, faça paradas constantes pelo caminho e permita que eles se aliviem. Há também opções de medicamentos que ajudam a evitar a náusea. Fale com o seu veterinário a respeito.

Acostume o cachorro no carro antes de sair

Você deve acostumar o cachorro no carro aos poucos.

A melhor forma de preparar o cachorro para passeios e viagens de carro é fazendo com que eles se acostumem aos poucos.

Vá construindo a sua tolerância e uma relação positiva com os passeios de carro. A Sociedade Americana de Prevenção à Crueldade Animal (ASPCA) recomenda acostumá-lo às cadeiras de carro para cachorro ou caixas de transporte levando-os em pequenos passeios primeiro, e aumentando o tempo gradualmente.

Isso vai condicioná-lo a ficar calmo e confortável antes de partir para longas viagens e trajetos. Dessa forma, a sua experiência com o cachorro no carro será muito mais divertida e agradável, para todos.

Experimente colocar em prática todas essas dicas e depois volte aqui para nos contar como foi a experiência. Boa viagem!!!

Por Equipe Editorial

O Vidanimal.com.br acredita que compartilhar um bom conteúdo é a melhor maneira de fazer com que a informação chegue ao seu destino ou público alvo. Educar e conscientizar as pessoas é a nossa missão. Procuramos criar parcerias com profissionais empenhados em fazer parte dessa missão. Contamos com uma equipe de colaboradores que amam aquilo que fazem e se dedicam todos os dias para levar até você um conteúdo informativo de qualidade.

Deixe uma resposta