Você já se perguntou porque cachorro boceja tanto o dia inteiro? Será que é porque eles estão cansados ou há alguma explicação científica por trás desse hábito?

Se você tem um cachorro, filhote ou adulto, provavelmente já deve ter visto ele bocejar. Muito! Mas, por mais que cachorro bocejando seja absolutamente adorável, é também curioso não saber a razão deste hábito — será a mesma que dos humanos?

Certamente é uma resposta natural à algo, mas é difícil imaginar ao que pode ser. Além disso, será que é mais um comportamento que o tutor deve ficar atento, como um sinal de que algo não vai bem?

Afinal, os cachorros costumam ter comportamentos e hábitos um tanto bizarros, como comer grama ou fezes, e segui-lo por toda a casa, até no banheiro.

Mas é natural os tutores assumirem que seus animais tenham os mesmos hábitos. Mas em se tratando de bocejos, esse não é o caso. Se você conseguir notar alguma desconexão entre os bocejos do cachorro e o seu estado de alerta, e souber o que significa realmente o hábito, isso irá ajudar a melhorar a comunicação, treinamento e o relacionamento entre vocês.

Veja quais as razões que podem explicar por que o cachorro boceja muito!
Confira!

Afinal, por que o cachorro boceja tanto?

O cachorro boceja por vários motivos, não apenas cansaço.

Primeiro de tudo, por que os humanos bocejam? Você saberia dizer a razão? Em se tratando de cachorros, nem todos os bocejos significam a mesma coisa. Por outro lado, as razões para os bocejos não estão completamente desvendadas.

Muitos cientistas não chegaram à conclusões definitivas para solucionar esse mistério. Mas eles acreditam que o cansaço não é a única razão para os bocejos constantes.

Há quem acredite que os bocejos são uma forma de reabastecer o suprimento de oxigênio no cérebro, mas a ciência ainda não encontrou evidências conclusivas para esta teoria.

Aumentar o fluxo sanguíneo

De acordo com veterinários, bocejar alonga a mandíbula e aumenta o fluxo da corrente sanguínea na cabeça, pescoço e face. A quantidade de ar que entra no organismo durante um bocejo é maior que em uma respirada regular.

E esse aumento de pressão causa um fluxo para baixo de fluido espinhal e sangue do cérebro. A teoria indica que esse movimento de fluidos pode “resfriar o cérebro” e, com isso, relaxar o resto do corpo.

Cansaço

Porém, mais estudos devem ser feitos para que haja mais comprovações. Além disso, bocejar é também uma forma de alongar vários músculos da face, que também pode fazer com que você se mantenha acordado, se estiver cansado ou entediado.

Dessa forma, o cachorro boceja pelas mesmas razões que nós, seres humanos. A exaustão, certamente, pode ser uma das razões para o cachorro bocejar muito, e alongar a face pode ser apenas uma tentativa de se manter acordado.

Mas e quando o cachorro boceja no meio de uma sessão de treinamento ou de uma passeio divertido? Então, estar cansado ou entediado não faz sentido. Neste caso, hoje se sabe que os bocejos podem ser também uma forma de comunicação, entre outras razões. Veja abaixo!

O cachorro boceja por outras razões?

O cachorro boceja também para se comunicar ou dar sinais de estesse e ansiedade.

Sim, na verdade o cachorro bocejando pode significar outras coisas também. Além das razões mais comuns acima, o cachorro boceja também por ansiedade, insegurança, excitamento, indiferença, e como um sinal para acalmar outros cães.

Um “sinal tranquilizador,” possivelmente um dos mais significativos de todos, é uma forma de abordar de maneira pacífica outro cachorro. É quase que o mesmo que um aperto de mão canino. Mas bocejar não é o único sinal de tranquilidade que os cães podem passar.

Por exemplo, bocejar, evitar contato com o olhar, lamber os beiços, farejar algo no ambiente, e caminhar exageradamente devagar são todas formas de comunicar aos outros cachorros que não são nenhuma ameaça.

Entusiasmo e Antecipação

Enquanto para nós humanos bocejar na frente de alguém palestrando, pode parecer um insulto ou falta de educação, o bocejo do cachorro pode ser interpretado como elogio. Por exemplo, cachorros ativos costumam bocejar quando estão especialmente entusiasmados com algo que estão fazendo ou ainda farão.

Quando o cachorro boceja, ele está preparando o seu corpo para ação. A respiração profunda vai encher os pulmões e aumentar a oxigenação no cérebro, aumentando também os batimentos cardíacos.

Portanto, quando o seu cão te vê com a coleira e guia na mão, ele sabe que que vocês vão sair para passear. Portanto, se o cachorro bocejar nessa situação, isso não significa que ele quer tirar um cochilo. Isso significa que eles não podem esperar para sair com você.

E se você começar a enrolar para colocar os sapatos ou atender ao telefone interrompendo o passeio, o bocejo dele pode indicar impaciência ou antecipação — querendo dizer: Bora!

Ansiedade e estresse

Por outro lado, cachorro boceja também quando está querendo indicar emoções negativas como estresse e ansiedade. Normalmente, esse tipo de bocejo vem acompanhado de outras formas de linguagem corporal tensa.

orelhas baixas, lamber os beiços, olhos arregalados e músculos tensos são algumas indicações de que o cachorro está desconfortável com a atual situação. As pessoas tendem a demonstrar hábitos nervosos como roer as unhas, balançar as pernas quando estão estressados, e a versão canina é o bocejo.

Se você conseguir interpretar corretamente um bocejo como sinal de estresse, isso vai acabar ajudando a diagnosticar um problema antecipadamente, podendo aliviar a situação antes que piore.

Muitos treinadores e especialistas comportamentais recomendam os tutores a observar sinais de estresse nos seus cachorros, e um desses sinais é o bocejo, já que o cachorro boceja quando está ansioso.

Por exemplo, você pode notar que cachorros expressam estresse e descontentamento durante um treinamento através do bocejo para indicar que sabem que serão punidos.

Ou, se vocês estiverem caminhando juntos e você parar para conversar com alguém, o cão pode bocejar para indicar que está desconfortável com a pessoa ou pela interrupção do passeio.

Indiferença

Bocejar como um sinal para comunicar indiferença tem sido observado em alguns cães domésticos, assim como já havia sido observado em cães selvagens. Muitas vezes, quando um cachorro se encontra com outro mais agressivo, ele pode bocejar em resposta ao agressor, como forma de indiferença.

Isso apenas significa que o cachorro que boceja não está interessado em nenhum tipo de conflito. Não é bem um sinal de submissão, mas um sinal de paz. Os bocejos podem ser observados também em cães dominantes e lobos.

Quando eles são confrontados com líderes de bandos ou estranhos submissos, eles bocejam em sinal de despreocupação ou desprezo aos submissos. Isso pode ter um efeito calmante em cães ansiosos ou lobos.

Comunicação com outros cães

Os cachorros se comunicam entre si de várias maneiras, e os “sinais de tranquilidade” são algo que eles usam logo ao se introduzirem uma ao outro. O bocejo é um sinal tranquilizador, assim como desviar o olhar, lamber os beiços e andar devagar.

Quando um cachorro apresenta um desses comportamentos para outro cachorro, é a sua forma de dizer que não é uma ameaça à ele. Essa forma de se comunicar através do bocejo pode até estar pedindo um outro bocejo em resposta. É quase que dizer: Oi, estou bem e você?

Confusão

Uma outra explicação para um bocejo fora de hora é o fato dele poder estar confuso, sem saber o que fazer. Isto costuma acontecer bastante durante sessões de treinamento.

Como se o tutor desse um comando, mas o cachorro não sabe o que lhe foi pedido. Quanto mais o comando for repetido, a situação pode complicar ainda mais. Portanto, quando o cachorro boceja, ele não está entediado, apenas não sabe o que precisa fazer.

Reduzindo a pressão da situação e mudando para outro comando que ele já saiba vai ajudar o treinamento a progredir.

Há razões para se preocupar com esses bocejos?

Não há com que se preocupar se o cachorro boceja, exceto se for com muita frequência.

Não necessariamente, à não ser que ele passe a ter esse hábito com mais frequência, sem razão aparente. O cachorro que boceja não é nada fora do comum, já que há tantas razões naturais para que ele façam isso.

Mas se você notar que ele está bocejando mais que o de costume, é melhor marcar logo uma consulta veterinária, só para se certificar e investigar melhor o comportamento. O seu filhote ou mesmo um cachorro adulto pode estar sofrendo de ansiedade, quem sabe até por conta de alguma mudança no seu ambiente ou apenas se sentindo inseguro.

Se for o caso, o veterinário pode ajudar sugerindo algumas opções seguras para diminuir o estresse dele e fazê-lo se sentir melhor.

Cachorro bocejar é contagioso!

Cachorro quando boceja pode ser contagioso.

O fenômeno dos bocejos serem contagiosos é bem interessante, e não se aplica apenas aos seres humanos. Embora muitos acreditem que seja um comportamento aprendido (já que bebês e crianças pequenas não são contagiados), é uma observação praticamente unânime de os bocejos são contagiosos entre as pessoas.

O que é ainda mais interessante, é que os bocejos são contagiosos entre cachorros também. Os cachorros respondem aos bocejos de outros cachorros, e também irão responder aos bocejos dos humanos, especialmente se forem próximos.

Muitos acreditam isso ser um sinal que os cães são empáticos aos outros cães e humanos da mesma forma. Ninguém sabe como os bocejos são contagiosos, mas só precisamos que uma pessoa boceje para que o ambiente inteiro comece a bocejar descontroladamente.

As evidências científicas para este fenômeno são fracas, mas não há como negar a observação. Um estudo conduzido por psicólogos britânicos usaram essa ideia de bocejos contagiosos como forma de determinar se os cães são capazes de empatia.

O que eles descobriram sobre empatia é uma outra pauta, para outro artigo, mas eles conseguiram determinar que os cachorros são suscetíveis aos bocejos como as pessoas.

Portanto, da próxima vez que o seu cachorro bocejar, você não precisa se preocupar com ele estar estressado ou ansioso. Embora possa ser o caso, nem sempre é. Na maior parte do tempo, o cachorro boceja como um hábito natural e comum da vida, como é com os humanos.

Por Equipe Editorial

O Vidanimal.com.br acredita que compartilhar um bom conteúdo é a melhor maneira de fazer com que a informação chegue ao seu destino ou público alvo. Educar e conscientizar as pessoas é a nossa missão. Procuramos criar parcerias com profissionais empenhados em fazer parte dessa missão. Contamos com uma equipe de colaboradores que amam aquilo que fazem e se dedicam todos os dias para levar até você um conteúdo informativo de qualidade.

Deixe uma resposta