Nenhum tutor deseja um cachorro agressivo, pelo menos não é o desejo de uma grande maioria. Em geral, os cachorros são considerados animais leais, obedientes, e sempre preparados para proteger seus donos.

Mas isso não quer dizer que devam ser agressivos ou apresentar esse comportamento de forma corriqueira, no dia a dia. Tampouco devam ser encorajados a agir de maneira agressiva em qualquer situação.

No entanto, embora algumas raças de cachorro sejam consideradas naturalmente mais agressivas que outras, esta é uma característica que pode ser controlada através de treinamento específico.

Veja abaixo 10 raças de cachorro agressivo que devem receber o treinamento adequado, caso você venha a ter uma delas em casa.

Confira!

Cachorro agressivo nem sempre age agressivamente

Cachorro agressivo nem sempre vai agir de forma agressiva, é apenas um traço da sua natureza.

Agressividade em cachorros é descrita como ações violentas em relação a outras pessoas ou animais. A mordida, obviamente, é um dos comportamentos caninos agressivos mais comuns.

Alguns ataques costumam até acarretar em processos na justiça por parte das vítimas, ou em lesões graves, levando à morte.

No entanto, é importante ressaltar que a maioria das raças consideradas agressivas, nem sempre demonstram agressividade em todas as situações, embora o comportamento faça parte da sua natureza.

Na verdade, estes cães só se tornam agressivos em situações específicas, como as a seguir:

  • Territorial defensiveness
  • Protectiveness
  • Fear
  • Social anxiety
  • Irritation

Se você estiver pensando em adquirir um cachorro, você precisa ter consciência de que certas raças podem não ser adequadas à sua família.

No caso das raças de cachorro agressivo, eles precisam de tutores de pulso forte, que saibam se manter no controle do cachorro, impondo limites e treinamento adequado.

Um cachorro de natureza agressiva precisa entender quem é o seu líder e aprender a respeitá-lo, assim como todos os outros integrantes da família. E nunca deve ser tratado ou encorajado a agir com violência em nenhuma hipótese.

Veja abaixo quais as raças de cachorro agressivo para que você saiba o que fazer, caso adquira um!

Cachorro agressivo: Chihuahua

Chihuahuas são extremamente leais e devotados aos seus donos. No entanto, todo esse apego pode ser excessivo, a ponto de se tornarem ciumentos.

É isso que faz com que eles sejam cachorros agressivos. Eles são capazes de surtar e morder qualquer um que se aproxime de seus donos.

Chihuahuas possuem atitudes imprevisíveis e não costumam gostar de crianças pequenas. Eles podem ser hostis com estranhos e outros animais, sem ter muita noção de seu próprio tamanho.

Por outro lado, você certamente irá formar uma relação forte com o animal, ainda mais se fornecer oportunidade de interação social adequada e treinamento de obediência.

Cachorro agressivo: Rottweiler

Por conta da sua disposição dominadora, Rottweilers é considerado um cachorro agressivo com os outros. Eles estão sempre querendo demonstrar o seu poder, até mesmo dentro de casa.

Em geral, Rottweilers costumam ser reservados e não costumam interagir com outros cachorros. Eles também são conhecidos por protegerem seus territórios.

No entanto, Rottweilers podem controlar seus instintos territoriais se forem treinados adequadamente desde cedo, com disciplina e interação social.

Normalmente, eles são gentis com crianças, mas o tamanho deles e energia não os tornam os mais adequados à famílias com bebês ou crianças pequenas.

Cachorro agressivo: Pastor alemão

O Pastor alemão é criado para ser um cão trabalhador, na maioria dos casos, atuando como cães militares e policiais.

Estes cães são inteligentes e poderosos, ferozmente protetores e devotados aos seus donos. Por isso, ele é considerado um cachorro agressivo ao enfrentar estranhos, caso pressentirem possíveis ameaças.

Além disso, eles são excepcionalmente obedientes e competentes em relação ao trabalho de guarda.

Por outro lado, se não forem treinados desde cedo, eles podem desenvolver vários problemas de comportamento.

Por isso, para mantê-los calmos e evitar a agressividade natural da raça, o Pastor alemão deve receber treinamento adequado.

Cachorro agressivo: Cane Corso

Através da sua estrutura larga e robusta, o Cane Corso impõe respeito. Por isso, é considerada uma raça de cachorro agressivo.

Eles ficaram famosos entre trabalhos policiais justamente por conta da sua presença imponente e treinabilidade. Mas eles também são conhecidos por serem discretos e calmos.

Cane Corsos não são recomendados para tutores de primeira viagem e inexperientes, pois podem se tornar bastante ofensivos se não receberem o treinamento adequado.

Mas com a atmosfera certa e interação social suficiente, esses cachorros podem até ter uma aparência assustadora, mas nada mais que isso.

Cachorro agressivo: Chow Chow

Chow Chow podem até parecer com ursinhos de pelúcia, convidativos a um abraço, mas a natureza deles está muito além disso.

Eles possuem um reflexo de presa poderoso que pode levar a uma ação agressiva. Além disso, Chows possuem visão periférica, que fazem com que se assustem facilmente e fiquem agressivos.

O treinamento adequado pode mantê-los calmos e bem comportados, sem que ofereçam perigo algum aos outros da casa ou visitantes.

Cachorro agressivo: Mastife

Mastifes são companhias maravilhosas, mas também são consideradas uma raça de cachorro agressivo.

Eles são cães devotados que costumam proteger agressivamente seus donos. Por isso, são excelentes cães de guarda, não sendo nem um pouco amigáveis com estranhos. Mastifes podem encurralar o estranho, e não morder de primeira.

Cachorro agressivo: Husky Siberiano

Embora não sejam violentos por natureza, o Husky adora perseguir pequenos animais, por serem ativos e cheios de energia.

Se ameaçados, eles podem atacar e se defender. Mas na maioria dos casos é pra evitar o tédio. Como são muito ativos, precisam de muitos exercícios físicos para equilibrar o temperamento.

Sendo assim, somente se tornam cachorros agressivos se o dono negligenciar suas necessidades físicas.

Cachorro agressivo: Doberman Pinscher

O Doberman Pinscher é normalmente treinado para ser cão de guarda; por isso costuma ser ofensivos em relação às pessoas estranhas.

Eles possuem um instinto de proteção poderoso pelos seus tutores. Assim, estão sempre prontos a serem hostis a qualquer outro cachorro, principalmente se sentirem que estão sendo provocados.

Cachorro agressivo: Buldogue Americano

O Buldogue Americano é um animal de estimação maravilhoso. Eles possuem uma energia excepcional, mobilidade, força e um temperamento muito agradável.

Embora não foquem nos humanos, eles podem ser hostis com outros cachorros e gatos, por exemplo.

Para desencorajar o comportamento agressivo deles, eles devem ser introduzidos a outros animais desde cedo.

Cachorro agressivo: Malamute do Alasca

O Malamute do Alasca são cães trabalhadores rústicos e fortes, mas que também podem ser divertidos, amorosos e devotados.

Eles são tranquilos, até com crianças, mas podem se tornar hostis e agressivos na companhia de outros cachorros, principalmente fora do convívio.

Pessoas estranhas também os fazem ficar desconfiados, mas raramente atacam primeiro. Eles precisam de muita interação social e atividades físicas para equilibrar o temperamento.

Se ficarem confinados por longos períodos no dia, sem interagir com ninguém, eles podem ficar agitados e agressivos com facilidade.

Raça de cachorro agressivo deve ter treinamento!

Embora todos os cachorros nessa lista sejam considerados agressivos, é importante destacar que a disciplina tem um papel fundamental no comportamento do cachorro.

Além disso, o treinamento é crucial em praticamente qualquer situação no caso de cachorro agressivo. Eles precisam saber obedecer, e entender seus limites e a hierarquia que os impõe respeito e lealdade.

Por Equipe Editorial

O Vidanimal.com.br acredita que compartilhar um bom conteúdo é a melhor maneira de fazer com que a informação chegue ao seu destino ou público alvo. Educar e conscientizar as pessoas é a nossa missão. Procuramos criar parcerias com profissionais empenhados em fazer parte dessa missão. Contamos com uma equipe de colaboradores que amam aquilo que fazem e se dedicam todos os dias para levar até você um conteúdo informativo de qualidade.

Deixe uma resposta