Coronavírus em animais e outras doenças infecciosas

O início de 2020 foi marcado por muitas discussões que envolvem doenças causadas por vírus em animais devido ao surto repentino do novo Coronavírus. Muitas pessoas entraram em pânico chegando até mesmo a abandonar os próprios animais de estimação por medo de uma eventual contaminação.Por esse motivo, a equipe Vidanimal decidiu trazer um novo texto sobre doenças virais em animais e esclarecer eventuais dúvidas.Antes de mais nada, vamos falar um pouco sobre o surto do novo coronavírus. Novo Coronavírus - como tudo começouO surto do novo coronavírus teve origem na cidade Wuhan, província de Huanan, na China.Em 31 de dezembro de 2019, a Organização Mundial da Saúde (OMS) foi alertada sobre um surto de casos de pneumonia de causa desconhecida. Percebeu-se, posteriormente, que a manifestação era ligada principalmente a vendedores ambulantes que trabalhavam no Mercado de Frutos do Mar de Huanan, no qual vendiam-se também animais vivos.Uma semana depois, em 7 de …
Saiba mais
  • 0

Animais Domésticos: Saiba quais os mais populares!

Por definição, animais domésticos são aqueles que possuem características apropriadas para a convivência com os seres humanos. Foram, com o passar do tempo, sendo domesticados pelas pessoas e se acostumaram a viver em casas e apartamentos. São muito procurados, pois oferecem companhia para as pessoas de todas as idades.Todavia, quando se fala sobre animais domésticos, apenas dois animais vem à mente automaticamente: cães e gatos. No entanto, a lista é muito maior! Como foi o processo de domesticação dos animais A maior parte da domesticação, tanto dos animais quanto das plantas, começou no Neolítico, um período histórico que teve início há mais de 10.000 anos. Nele, as mudanças climáticas propiciaram que as populações humanas passassem a ser sedentárias.Durante esse período, o homem precisava de uma fonte tanto de carne quanto de vegetais que não exigisse deslocamentos contínuos e que, em certo sentido, estivesse garantida.Cabras foram provavelmente …
Saiba mais
  • 0

Mundo animal e suas incríveis espécies

O mundo animal é, sem dúvida, o maior e mais diversificado dos cinco reinos dos seres vivos. Existem, de fato, aproximadamente 2 milhões de espécies de animais identificadas.Todos os animais compartilham características em comum:Ao contrário das plantas, os animais obtêm a energia de que precisam comendo alimentos. Muitas células são altamente móveis. A maioria se reproduz sexualmente Possuem órgãos sensoriais que permitem reagir rapidamente ao ambiente.A classificação geral dos animais faz uso dessas e outras características para agrupar animais semelhantes. Classificação do mundo animalComo dissemos anteriormente, foram descobertas aproximadamente duas milhões de espécies de animais. Por isso, para facilitar, os cientistas dividiram o mundo animal em divisões e subdivisões. A primeira divisão é chamada de filo. Cada filo se divide em grupos chamados classes. As classes  são divididas em ordens, famílias e depois gêneros.Cada gênero contém, en…
Saiba mais
  • 0

Canário: o passarinho mais comum nas casas brasileiras

O canário é, sem dúvida, o passarinho mais comum das casas brasileiras. É conhecido também como canário-do-reino ou, popularmente, canarinho. Seu nome científico é Serinus canaria e é um pequeno pássaro canoro, membro da família Fringillidae. Todavia, muitos não sabem, mas existem diversas raças ou tipos de canário.Originários das Ilhas Canárias, na Costa Africana, os canários começaram a ser exportados para a Europa por volta de 1500. Graças a seu canto, eles conquistaram as famílias nobres, ganharam a população geral e, atualmente, estão entre os pássaros mais conhecidos e populares.Os exemplares selvagens são, na maioria, verde-amarelados, com listras acastanhadas nas costas. A espécie é comum em cativeiro e existem diversas cores que foram criadas pelos humanos através de cruzamentos. Origem e habitat do CanárioOs primeiros canários foram encontrados aproximadamente no ano de 1042, nas Ilhas Canárias (de onde vem o nome). Foi depois da ocupação da ilha pelos …
Saiba mais
  • 0

Beija-flor: O encantador do jardins

O pequeno e encantador beija-flor é conhecido pela coloração brilhante e voo impressionantemente rápido.Os beija-flores, também chamados de colibri, pertencem à família Trochilidae, e já foram descritas aproximadamente 330 espécies.Estas aves podem ser encontradas desde o Alasca até a Terra do Fogo, porém predominam próximo a linha do Equador. São, portanto, aves exclusivas do continente americano e mais da metade de seus exemplares encontram-se no Brasil. Origem e habitat do Beija-florOs beija-flores vivem nas matas, capoeiras, cerrados, campos naturais e outros tipos de vegetação. Há várias espécies que se adaptaram à presença humana, habitando jardins de quintais e praças públicas das cidades. De fato, aparecem frequentemente em casas nas quais colocam-se bebedouros específicos para essa ave.Muitas espécies, entretanto, só vivem em ambientes naturais, afastados das atividades do homem. São espécies mais raras e correm maior risco, sendo que algumas estão a…
Saiba mais
  • 0

Albatroz: Uma ave parente dos pinguins

Albatroz é o nome de uma ave marinha de grande porte pertencente à família Diomedeidae. É, certamente, o maior indivíduo entre os Procellariiformes, um grupo de pelo menos 120 espécies. Além disso, são aparentados aos pinguins, e não às gaivotas como é comum de se pensar!O albatroz é famoso por seu voo aparentemente sem esforço. Suas asas, de fato, permanecem rígidas, e move-se de forma muito ágil pelo ar, cobrindo grandes distâncias com pouco esforço.Quando há ventos fortes, são capazes de voar por horas sem movimentar muito as asas. De fato, essa ave aproveita a corrente ascendente de ar quente.Os albatrozes utilizam as alterações do vento para percorrer grandes distâncias, recorrendo a duas técnicas de voo habituais em muitas aves marinhas de grandes asas: o voo dinâmico e o voo de talude.O voo dinâmico permite minimizar o esforço necessário para deslizar frente às ondas, utilizando o ímpeto vertical devido ao gradiente de vento. No voo de talude, o albatroz …
Saiba mais
  • 0

Animais fofos e perigosos

Sabe quando dizem que aparências enganam? Ou que nunca deve-se julgar um livro pela capa? Alguns animais de aparência mais assustadora, como aranhas, morcegos e cobras de jardim, são realmente inofensivos, enquanto outros animais fofos, comumente vistos como amigáveis ​​e adoráveis ​​são na verdade criaturas perigosas.Conheça 10 animais fofos extremamente perigosos. Animais fofos e perigosos - 'Slow Loris' Impossível não começar uma lista de animais fofos e perigosos sem pensar nessa pequena criatura.  Esse animalzinho é simplesmente irresistível. É minúsculo, fofo e tem olhos doces de um ursinho de pelúcia. Trata-se de um gênero de primata da família Lorisidae, pertencente a infraordem lêmure. É o único gênero de primatas venenosos.Esse bichinho minúsculo secreta toxinas na saliva e das glândulas na parte interna das patas dianteiras. Sua mordida pode ser letal. Animais fofos e perigosos - Baiacu Parece um peixe inocente e divertido. Sua característica principal é …
Saiba mais
  • 0

Animais selvagens – Quais são? Podem ser domesticados?

Primeiramente, animais selvagens são aqueles oriundos de um ambiente natural (floresta, oceano, deserto, entre outros). São animais que vivem livremente em seu habitat natural, não são domesticados e, por isso, podem possuir um instinto agressivo com relação aos seres humanos, por uma questão de defesa. Além disso, podem ter dificuldade de reprodução fora de seu habitat natural.Há pouco tempo, no Brasil, muitas pessoas tinham a cultura de pegar alguns desses animais selvagens para domesticá-los. O exemplo mais comum que ainda pode ser encontrado em muitas casas brasileiras de forma ilegal e, sem dúvida, o papagaio verdadeiro (amazona aestiva).Muitos animais selvagens são, portanto, tirados de seu habitat natural e colocados em cativeiro. Isso acaba prejudicando os animais e os ecossistemas naturais.Por esse motivo, foi criada em 1998 a lei 9.605 que regulamenta a posse de animais silvestres. Diferença entre animais silvestres nativos e exóticosAnimais selvage…
Saiba mais
  • 0

Ataque de tubarão no Recife e em outros locais do mundo.

Segundo um artigo publicado pela National Geographic em junho de 2019, o ataque de tubarão tem se tornado um fenômeno cada vez mais frequente. Ao longo dos últimos anos, de fato, diversos ataques de tubarão foram relatados no mundo.As estatísticas mostram que os ataques costumam ocorrer em águas com mais de dois metros de profundidade, e envolvem tubarões com cerca de 2 a 8 metros de comprimento.No mundo, as áreas consideradas mais perigosas são a África do Sul, a Austrália e os Estados Unidos. Já em nossas costas, o ataque de tubarão não é muito comum. Conhecendo melhor o tubarão O tubarão é um animal vertebrado da classe dos Chondrichthyes, ou seja, trata-se de um peixe cartilaginoso. São animais considerados de grande porte. De fato, algumas espécies podem alcançar até 20 m de comprimento.Seu corpo é fusiforme. Sua pele, áspera e resistente, é recoberta por escamas placoides, cujas formas e distribuição aumentam a eficiência da natação.Habita os mais divers…
Saiba mais
  • 0

Atum: um peixe de vários milhões

O atum é, sem dúvidas, um peixe muito especial e conhecido por todos. Dos alimentos que vem do mar, é certamente o mais popular de todos, sendo sua forma de consumo mais comum a enlatada. Tanto que a maior parte dos atuns pescados passa por esse processo de industrialização.Esse peixe faz parte da história da humanidade. Foi representado através de pinturas em cavernas pelos homens primitivos, e sua imagem foi até mesmo cunhada em moedas. A primeira referência que se conhece sobre a pesca do atum data de 700 a.C, no mar Egeu. Cardumes serviram de alimento para os gregos e, posteriormente, para legiões romanas.Existem oito espécies de atum, sendo o Atum Azul o mais cobiçado. Isso porque o peixe possui um tamanho notável e uma carne extremamente saborosa.Recentemente, em janeiro de 2019, o dono de uma rede japonesa de restaurantes estabeleceu um novo recorde  ao pagar mais de 3 milhões de dólares por um atum azul no primeiro leilão do ano no novo mercado de peixe de T…
Saiba mais
  • 0

Salmão: Tudo sobre o peixe, sua pesca predatória e extinção.

Salmão é o nome vulgar de várias espécies de peixes da família Salmonidae, que também inclui as trutas, típicos das águas frias do norte da Eurásia (nome utilizado para definir a massa que forma em conjunto a Europa e a Ásia) e da América. Várias espécies são criadas em aquacultura, especialmente a espécie Salmo salar.Segundo o site do Greenpeace, o salmão selvagem desapareceu da maioria das águas norte-americanas, europeias e do báltico, devido à sobrepesca.Esse peixe possui, de fato, uma carne muito apreciada em diferentes partes do mundo, sendo um dos principais pescados utilizados na culinária japonesa.Todavia, nos últimos anos, o salmão deixou de ser uma exclusividade dos restaurantes japoneses no Brasil. Já é possível encontrá-lo em buffets por quilo, por exemplo. Além disso, ele lidera a preferência, quando se trata de pescados. Espécies de Salmão Existem sete espécies de salmão: uma no oceano Atlântico e seis no oceano Pacífico. O salmão-do-atlântico é enc…
Saiba mais
  • 0

Raça de cavalo – conheça as 9 raças mais comuns no Brasil.

Primeiramente, os cavalos são animais conhecidos e admirados pela vitalidade, força, beleza e versatilidade. Essa admiração independe da raça de cavalo.  De fato, esses animais acompanham o ser humano desde tempos muito antigos facilitando a vida das pessoas em muitos aspectos.O cavalo teve, durante muito tempo, papeis muito importantes para o ser humano. Foram, sem dúvida, primordiais nos seguintes setores:Transporte - através da montaria, puxando carruagens e carroças, entre outros. Trabalho no campo - por exemplo, o uso de cavalos para arar os campos. Alimentação - a carne de cavalo já foi amplamente consumida. Na Europa, inclusive, ainda é muito comum encontrar a carne de cavalo no cardápio.Cavalos são, sem dúvida, animais sociais e vivem em grupos liderados por matriarcas. Esses animais usam uma elaborada linguagem corporal para comunicar uns com os outros. Todavia, com um pouco de convívio, os humanos podem aprender e compreender a linguagem. Equinocu…
Saiba mais
  • 0