Castração de gato – saiba por que é importante

Castração é, sem dúvida, sempre um assunto polêmico. Existe um conceito de que o animal está sendo mutilado, de que a castração poderá frustrá-lo. No entanto, a castração de gato é muito recomendada por médicos veterinários por diversos motivos que veremos no artigo a seguir. Castração de gato - é realmente necessário? Primeiramente, é importante mencionar um hábito muito comum entre os tutores de gatos. Ou seja, o hábito de permitir que o animal saia livremente na rua. Isso é extremamente perigoso por diversos motivos já que aumenta consideravelmente o risco de acidentes, perda definitiva do animal (por roubo, morte ou outros motivos), contaminação com doenças infecciosas e possíveis gestações indesejadas!Gatos são animais extremamente férteis e se reproduzem com incrível facilidade. Uma gata, de fato, pode entrar no cio a partir dos 4 meses de idade, e continuará ciclando a cada 3 ou 4 semanas até engravidar ou ser castrada.O período de gestação é de cerca de 9 sema…
Saiba mais
  • 0

Raças de gatos – conheça as 10 mais populares.

Um levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em parceria com a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet) mostrou que o Brasil tem a segunda maior população de pets do mundo, com 22,1 milhões de felinos e 52,2 milhões de cachorros. A população de gatos se multiplica em maior proporção e deve predominar em menos de dez anos. Mas quais são as raças de gatos mais populares?São três as principais associações que reconhecem os gatos de raça pura:Associação dos Criadores de Gatos (CFA), Associação Internacional de Gatos (TICA) Federação Internacional de Felinos (FIFe).O CFA reconhece 44 raças, a TICA reconhece 58, e a FIFe reconhece 43. As raças que não são reconhecidas pelas três associações não são tão comumente vistas como algumas das raças reconhecidas, e vários fatores são levados em consideração antes de um gato ser reconhecido. como um puro-sangue. Conheça as 10 raças de gatos mai…
Saiba mais
  • 0

Gato Exotic Longhair

O gato Exotic Longhair é um gato charmoso e amável. A raça foi desenvolvida através de cruzamentos entre o gato Persa e o American Shorthair. De fato, ele compartilha a agradável aparência de urso do persa. No entanto, sua pelagem é macia e mais fácil de cuidar. Ficha Técnica do Gato Exotic Longhair Origem: Estados Unidos Temperamento: Curioso, calmo, brincalhão. Tamanho: Médio Peso: 3,5 a 6 kg Cores: existe uma grande variedade de cores e padrões, como branco, azul, preto, creme, chocolate, entre outros. Pelos: longos, macios e brilhantes. Expectativa de vida: 9 a 15 anos Filhotes: 2 a 6 filhotes. Origem do Gato Exotic Longhair O surgimento do Exotic Longhair está vinculado diretamente à história do Exotic Shorthair.O Exotic Longhair é uma raça de gato desenvolvida para ser uma versão de pêlos curtos do persa.No final dos anos 1950, alguns criadores de gatos, decidiram cruzar o Gato Persa com o American Shorthair. Isso foi feito a fim de melhorar o corpo do American, torna…
Saiba mais
  • 0

Gato Bombaim – conheça a mini pantera negra.

O gato Bombaim, sem dúvida, chama a atenção devido ao pelo em tom preto intenso e brilhante. Esta raça foi criada através do cruzamento entre gatos Birmaneses e American Shorthairs pretos em torno aos anos 1950.Além de ser encantador, é um animal calmo, gentil e afetuoso. Ficha Técnica do Gato Bombaim Origem: Estados UnidosData de origem: 1960 Temperamento: inteligente, independente, fiel e sociável. Tamanho: Médio Peso: 2 a 4,5 kg Cores: Preto Pelos: Curtos, finos e sedosos. Manutenção: fácil Expectativa de vida: 8 a 13 anos Filhotes: 2 a 6 filhotes. Reconhecimento: ACFA, CFA, ACF Introdução à raça Muitos criadores, ao longo dos anos, procuraram criar diversas raças de gatos para que parecessem com seus parentes selvagens e maiores. O gato Bombaim é um dessas criações. De fato, procurou-se criar uma mini pantera negra.Para alcançar este resultado, os criadores adotaram dois caminhos diferentes.Na Inglaterra, cruzaram gatos Birmaneses com gatos domé…
Saiba mais
  • 0

Gato American Shorthair

O gato American Shorthair é conhecido por sua saúde de ferro e longa expectativa de vida. Muitos criadores acreditam que eles são descendentes dos gatos que chegaram com os colonos da Inglaterra.Sua pelagem possui desenhos característicos que conferem uma beleza exuberante ao felino. Tanto é que foi a raça escolhida para os comerciais da Whiskas, marca de alimentos para gatos da empresa Mars.A raça, no entanto, passou a ser reconhecida apenas em 1980 e é muito popular atualmente. São gatos bastante dóceis e gentis, que se dão bem com crianças e são fáceis de lidar. Ficha Técnica do Gato American Shorthair Origem: Estados UnidosData de origem: 1960 Temperamento: inteligente, independente, fiel e sociável. Tamanho: Médio Peso: 2 a 4,5 kg Cores: Preto Pelos: Curtos, finos e sedosos. Manutenção: fácil Expectativa de vida: 8 a 13 anos Filhotes: 2 a 6 filhotes. Reconhecimento: ACFA, CFA, ACF Introdução à raça Os ancestrais do gato American Shorthair, assim como ocorreu com muit…
Saiba mais
  • 0

Gato Tonquinês

O gato Tonquinês é um híbrido, resultado do cruzamento realizado nos anos 70 por criadores americanos e canadenses entre o gato Siamês e o Birmanês.Trata-se de um gato muito amigável, de tamanho médio e pelagem curta e macia. Ficha Técnica do Gato Tonquinês Data de origem: 1970 Temperamento: brincalhão, alegre, sociável e carinhoso. Tamanho: Pequeno/médio Peso: 2 a 5 kg. Cores: Possui manchas características do gato Siamês. Há cinco variedades de cores e marcas: Natural, mel, champanhe, azul e platina. Pelos: curtos e macios. Expectativa de vida: 14 anos. Reconhecimento: CFA, ACFA, TICA, AACE, CCA, ACF. História da raça O gato Tonquinês surgiu na década de 30, no século passado. Trata-se de uma raça criada nos Estados Unidos e Canadá a partir do cruzamento entre as raças Siamês e o Birmanês.Na época a raça recebeu o nome de Siamês Dourado (Golden Siamese), no entanto não atraiu muito a atenção das pessoas e acabou caindo no esquecimento.Todavia, foi apena…
Saiba mais
  • 0

Gato Cornish Rex

O gato Cornish Rex é um felino carinhoso, enérgico e com a pelagem bem característica. De fato, ele possui pelos e bigodes ondulados. Ficha Técnica do Gato Cornish Rex Origem: Inglaterra Data de origem: 1950 Temperamento: brincalhão, alegre e carinhoso. Tamanho: Pequeno/médio Peso: 2 a 5 kg. Cores: Sólida bicolor, tartaruga e smoke. Pelos: curtos e ondulados. Expectativa de vida: 9 a 15 anos. Reconhecimento: CFA, ACFA, FIFe, TICA. História da raça O primeiro filhote de um gato Cornish Rex, nasceu na Cornualha (condado que fica no sudoeste de uma península da Inglaterra) em 1950. Tratava-se de um machinho avermelhado e branco, de pelos e bigodes ondulados. Foi o resultado de uma mutação espontânea.O nome se deve à raça de coelhos francesa, Rex, que conta com traços bem parecidos ao do gato, sobretudo a pelagem.Nina Ennismore, a dona do gato, o chamou Kallibunker, carinhosamente conhecido como Kalli. Decidiu então procurar um geneticista que determinou que  su…
Saiba mais
  • 0

Gato Abissínio

O Gato Abissínio é diferente de qualquer outro gato. Inteligente, brincalhão e impressionantemente atlético. De fato, é um gato que está em constante movimento, pulando, escalando e explorando. Em outras palavras, não é um gato que ficará quietinho no colo tão facilmente.Além disso, tem uma pelagem linda que confere a ele a aparência de um felino selvagem. Ficha Técnica do Gato Abissínio Origem: Etiópia Data de origem: 1860 Temperamento: tímido e discreto Tamanho: Médio Peso: 4 a 7,5 kg Cores: A cor é castanho-clara, manchada por duas ou três faixas de marrom mais escuro. A base do pelo é de cor abricó. Pelos: curtos, fino e muito cerrado. Expectativa de vida: 9 a 15 anos. Reconhecimento: CFA, FIFé, TICA, ACFA, CCA. História da raça Embora o abissínio seja uma das mais antigas raças conhecidas, sua origem continua incerta e rodeada de mistérios.Na aparência, os gatos abissínios assemelham-se às pinturas e esculturas de antigos gatos egípcios que retratam um …
Saiba mais
  • 0

Arranhador para gatos: O que é e como fazer o seu

Gato tem cada mania, né não?! A gente fica de queixo caído com certos hábitos desse rapazinho. Os queixos caem por surpresas boas. Bem, nem sempre. Às vezes, a surpresa é por admiração a alguma ação inteligente; em outras, por ação malandra. E a gente reconhece que, na esmagadora maioria das vezes, é admiração pela malandragem. E arranhar objetos? É mania boba ou necessária? Nesse caso, arranhador para gatos é mesmo necessário? Ou seria apenas modismo?É o que a gente vai desvendar neste artigo. Não chega a ser mistério a ser desvendado, mas nem todos os donos de gatos conhecem esse tema o suficiente. Assim, este artigo pretende oferecer dados para que você descubra finalmente se seu gato é exótico, excêntrico ou apenas malandro mesmo.Por que um arranhador para gatos?Antes de mais nada, o ato de arranhar é extremamente natural para os gatos. Ou seja, isso já está desenhado em seu DNA, aliás até mesmo no DNA ancestral.O comportamento que, para nós, parece engraçad…
Saiba mais
  • 0

Caixa de areia para pets: dicas e manutenção

O hábito de enterrar fezes está associado a gatos no imaginário popular. “Então, caixas de areia não servem para cachorros”, diz boa parte dos donos e apreciadores pets.Contudo, caixa de areia não se destina exclusivamente ao ato de enterrar dejetos. Entretanto, não é bem assim. Esse utilíssimo utensílio se destina tanto a gatos quanto a cães.Certo, mais para gatos, claro, pois enterrar dejetos já é instintivo deles. Contudo, cães também aprendem a usar a caixa de areia. E aprendem rapidamente, dependendo do tipo de instrução que recebe. Aliás, a gente deixa algumas dicas de como instruir seu cãozinho – ou cãozão – a usar a caixa de areia.Aliás, caixa de areia serve – e serve muito bem – a não apenas cães e gatos, mas a outras espécies de animal doméstico. Há leitores nossos que adestraram tartarugas e hamsters a irem ao reservado. Então, este artigo fala de caixa de areia como um todo. Ok?Bem, a palavra areia é exemplificação. Trata-se de continuidade de uso d…
Saiba mais
  • 0

Doença de gato: doenças transmitidas por gatos

Uma das situações mais difíceis de perceber é a doença de gato. Isso por serem os bichanos resistentes a várias doenças, e por normalmente eles não demonstrarem que estão doentes ou sentindo dor. Por isso, é que são conhecidos por possuírem sete vidas.Gatos, assim como os cães também, são resultado de diversos cruzamentos ao longo do tempo, por isso possuem uma genética mais propensa a desenvolver determinadas doenças. Portanto, é necessário ter cuidado e estar sempre atento aos pets, para que essas doenças sejam tratadas logo no início.Ao contrário do que se pensa, os felinos são animais extremamente sensíveis às mais variadas doenças! Portanto, são animais com facilidade de adquirir e muitas vezes mascarar as doenças, devido ao seu comportamento.Abaixo segue alguns exemplos das doenças que podem acometer os gatos!Algumas doenças de gatosOs felinos são animais independentes, e muitas vezes por falta de uma orientação adequada, seus proprietários permitem as…
Saiba mais
  • 0

Casa para gatos: Conheça as melhores casinhas de gatos

Qual o gatinho doméstico não ficaria feliz em ganhar uma casa para gatos. É nela que ele vai exercitar seu esporte preferido: dormir. Assim, o conforto que você já oferece a ele seria bem maior dentro dela. E também sua segurança, claro. Sabe por quê?Você tem um gato. Portanto, sabe que ele é independente; sabe também que, por outro lado, é preguiçoso. Lembra-se do famoso Garfield? A bem da verdade, a gente precisa te dizer que o comportamento do Garfield, o gato mais manhoso e inativo do mundo, não é assim tão comum entre os gatos.Nem todos os gatos detestam as segundas-feiras ou adoram lasanha. Em princípio, nem são tão moleirões quanto o astro dos quadrinhos, mas a maioria é, sim, meio preguiçosa. A gente até diria que ”preguiça” não é o termo ideal, mas um certo instinto de ociosidade. Então, nada mais prático que providenciar um abrigo para seu gatinho.Mas, que tipo de casa para gatos seria o ideal? Antes de a gente te responder a essa dúvida, veja motivos que …
Saiba mais
  • 0