Alimentos que cachorro não pode comer: saiba o que deve ser evitado

Todo mundo que tem cachorro e preza pela saúde deles deve mantê-los em uma dieta saudável. Isto é, para preservar a sua saúde dele e evitar problemas como a obesidade canina, é necessário compreender que existem alimentos prejudiciais à saúde deles. Ou seja, existem alimentos que cachorro não pode comer.Sabendo quais os alimentos que seu cachorro deve ou não deve consumir, você não só estará o mantendo saudável e fora de perigo —, mas fazendo-o feliz! Alimentos que cachorro não pode comer prejudicam a saúde Como os seres humanos, todo cachorro tem direito à uma alimentação segura e saudável. A dieta do cachorro é tão importante quanto os estímulos físicos e mentais necessários e o adestramento canino. Ou seja, os estímulos e o treinamento são essenciais para a sua saúde dele e devem estar sempre aliados à sua dieta alimentar.Por isso, é preciso estar vigilante e nunca deixar de observar certos ingredientes nos alimentos que podem ser tóxicos para o cachorro. Em um…
Saiba mais
  • 0

13 Dicas simples para manter o seu cachorro sempre jovem

Todo mundo que ama animais e tem um cachorro em casa sabe que a velhice costuma se aproximar rápido demais. Na maioria das vezes cachorros com cerca de 13 1/2 de idade já começam a apresentar sinais de velhice e passar pelos primeiros desafios. Mas com os cuidados necessários, eles são capazes de recuperar a força e a vitalidade de antes e até agir de maneira ainda mais jovem que antes. É possível notar não só com relação ao nível de energia, mas também em suas habilidades cognitivas e engajamento com outros cães e pessoas do seu convívio. É necessário cuidar dos seus anos dourados, sempre tentar encontrar maneiras de manter a sua mente alerta e ativa e conectá-lo com a vida, e para isso, reunimos algumas dicas que podem ajudar nessa aventura: 1. Adote um segundo, um cachorro mais jovemAlguns veterinários sugerem trazer outro cachorro mais jovem para o convívio do lar para que o cachorro comece a agir de forma mais jovem. 2. Passe a dar colheres de óleo de coco diar…
Saiba mais
  • 0

Ansiedade canina: quais os sintomas de ansiedade e como lidar com ela

Os cachorros também podem sofrer de transtornos de ansiedade. Os sintomas da ansiedade são muitos, sendo que ela pode atacar a qualquer momento. Seja uma crise de ansiedade de separação ou ansiedade por barulho, qualquer uma delas é um sofrimento para o animal.São várias as maneiras de identificar o problema e lidar com ele quando aparece. Saiba quais os sintomas de ansiedade canina e como lidar com ela para ajudar o seu cão a enfrentar melhor o problema e acabar de vez com ele.O que é ansiedade caninaA ansiedade é um tipo de estresse que pode ser causada por inúmeros fatores. Como por exemplo, falta de liderança, traumas, medos, ausências, entre outros. O distúrbio é uma doença séria que compromete o bem estar do cachorro, afeta os hormônios, neurotransmissores e outras substâncias químicas no organismo do animal, gerando problemas de saúde ainda mais sérios.No entanto, os sintomas da ansiedade podem ser logo identificados, tratados e corrigidos de diversa…
Saiba mais
  • 34

Como monitorar a saúde do seu cachorro

Para monitorar a saúde do seu cachorro, faça um exame rápido durante a sua sessão de cuidados e manutenção semanal. Cheque o seu corpo inteiro, desde o nariz até a cauda, e procure por sinais de doenças como pelagem opaca, inchaço ou qualquer secreção estranha.Secreções nasais, por exemplo, devem ser claras, e o seu pulso — medido ao pressionar os seus dedos na parte interna de cima da coxa — deve ficar entre 50 a 130 batidas por minuto, dependendo da raça. Além disso, cheque por qualquer sinal de desidratação torcendo a pele do seus ombros. Uma pele de cachorro saudável deve voltar ao normal no mesmo instante. Há alguns sinais comportamentais de que o seu cachorro pode estar doente que são importantes prestar atenção para tentar evitar que a sua saúde complique ainda mais, são eles:Letargia ou fadiga incomum; Depressão; Não tem vontade de brincar ou passear.O que fazer ao identificar sintomas de doençasEnquanto alguns sinais de doenças são comuns e …
Saiba mais
  • 0

Cachorro obeso: Saiba o que é obesidade canina e como evitar

Os cães acabaram lucrando bastante ao longo dos séculos de domesticação, tornando-se os animais de estimação mais privilegiados entre todos os outros. Todos esses anos, o cão pode desfrutar de muito conforto, status social e luxo ao lado de seus donos, mas todas estas regalias ao longo destes anos todos também contribuiram para que estes animais desfrutassem não só das boas coisas da vida, mas também compartilhassem de todos os nossos maus hábitos.Assim como os seres humanos, os cachorros também aprendem rápido, e com isso podem adquirir tanto os bons hábitos quando os maus com a mesma rapidez. Um deles é a superalimentação. Como nós, os animais podem sofrer com a falta de uma alimentação equilibrada, e uma das consequências diretas é a obesidade.Mas, diferente de nós, o cão não escolhe aquilo que irá comer, e só pode se alimentar do que lhe é servido, tão pouco escolhe o seu estilo de vida. Ele se adapta ao estilo de vida do seu dono mesmo que tenha que reprimir seu…
Saiba mais
  • 0

Quanto tempo vivem os cães

Como todos os seres vivos, o cachorro também possui um determinado período de vida, que deve ser específico, mas que pode variar conforme a raça, o porte, a alimentação, suas características genéticas individuais e a sua saúde geral.Segundo pesquisas, a expectativa de vida média de um cão no Brasil é de apenas 36 meses, ou seja três anos. Mas, apesar desta triste estatística, a maioria dos cães podem passar dos 10 anos facilmente. Neste caso, os cuidados com a sua saúde serão os principais colaboradores para sua longevidade.Para cada cão que consegue atingir dez anos de idade, outros dez irão morrer com menos de dois anos por causas muito comumente frequêntes: herança de doenças típicas de sua espécie e doenças infectocontagiosas fatais e traumatismos, que ainda são a maior causa de morte entre os cães e que atuam de forma decisiva para essa baixa expectativa de vida.Algumas raças podem ter alguns destes problemas e diminuir suas expectativas de vida em relação …
Saiba mais
  • 25

18 Dicas para estender a vida dos cachorros

Quem ama cuida. Por isso, toda pessoa que possui um animal de estimação é capaz de fazer tudo por eles. Não há um dono de cachorro nesse mundo que não deseja ter o seu animalzinho por perto para sempre. A longevidade de um cão varia entre as raças, algumas vivem mais que as outras, e isso depende de muitos fatores: o seu porte, a sua vivência, características genéticas, saúde, etc.Não há como prever com certeza quanto tempo de vida terá o seu cão. Mesmo assim, ao invés de esperar por um milagre ou fonte da juventude, existem algumas atitudes que podem contribuir para que seu cãozinho tenha uma maior longevidade vivendo por muito mais tempo ao seu lado e com muita saúde! É só seguir as dicas abaixo para garantir longa vida ao seu cão:1) OBTENHA O MÁXIMO DE INFORMAÇÕES SOBRE ELEAntes de comprar ou adotar o seu animal, procure obter o máximo de informações sobre ele - quais as suas necessidades, os cuidados que ele precisa, sua manutenção, como tratá-lo ao longo d…
Saiba mais
  • 0

Cachorros Braquicefálicos

Todos os animais possuem suas diferenças e peculiaridades que os tornam únicos. Com o passar dos anos, os cruzamentos entre as raças foram sendo reproduzidos para que essas variações fossem ficando bem definidas e também para aprimorar características marcantes como os pelos e o tamanho do Yorkshire Terrier, a pelagem curta e as orelhas pontiagudas e simétricas do Pastor alemão, o aspecto comprido do corpo do Basset hound, o tamanho gigante do Dogue alemão, e a robustez e focinho achatado característicos de raças como Boxer, Pug, Pequinês, Chow Chow, Buldogue, Buldogue francês, Chihuahua, Shar pei, Lhasa Apso, Cocker Spainel Inglês, Shih-tzu, Cavalier, e muitos outros.São a essas raças de cães, de focinho achatado, que atribuímos o termo “cães braquicefálicos”, para designar um cão de crânio demasiadamente pequeno e sistema respiratório superior comprometido que podem acarretar uma série de disfunções para o cão.As palavras “braqui” e “cefálico” ou “céfalo” derivam do …
Saiba mais
  • 0

Qual cachorro vive mais: raças de cachorro pequeno de maior longevidade

Todo mundo que tem cachorro deseja que o seu animal viva o máximo de tempo possível. Mas você já parou para pensar qual cachorro vive mais?A verdade é que cada raça de cachorro tem uma longevidade específica. Além disso, essa expectativa de vida pode variar de animal para animal. Por esta razão, selecionamos algumas raças de cachorro pequeno de maior longevidade para matar a sua curiosidade e facilitar a sua pesquisa.Qual cachorro vive mais? Pesquisas já confirmaram que os cachorros de pequeno porte são os que possuem uma maior longevidade comparados aos cães de portes médios e grandes.No entanto, é claro que não dá pra saber ao certo qual cachorro vive mais. Pois, tudo vai depender não só da raça e do peso do animal, mas de muitos outros fatores. Como por exemplo, a sua dieta alimentar ao longo da vida, suas características genéticas individuais e a sua saúde em geral.Sabe-se também que todo cachorro filhote ou mesmo adulto bem cuidados têm mais chances de …
Saiba mais
  • 0

Cachorro idoso: como identificar 22 sinais de velhice nos cães

É importante saber identificar os sinais de velhice nos cachorros para prevenir possíveis problemas de saúde. Assim, podemos nos preparar melhor para os cuidados que o cachorro idoso deverá receber neste momento em diante.O tempo passa para todos e é natural envelhecer com o passar desse tempo. Infelizmente, no caso dos cachorros, o processo de envelhecimento é ainda mais rápido. No entanto, existem algumas mudanças que ocorrem no corpo do cachorro idoso à medida em que ele envelhece que podemos identificar através da observação constante.Alguns sinais podem ser tão sutis que podemos nem notar na correria do dia-a-dia. Além disso, alguns cães podem ter alterações mais visíveis que outros. Ou seja, todas essas mudanças podem variar bastante. Sendo que, em alguns cães idosos, essas mudanças podem até começar a ocorrer em uma idade mais jovem. Por isso a observação constante é fundamental.É importante observar as mudanças no cachorro idosoCada raça de cachorro v…
Saiba mais
  • 28