Cachorros e crianças – uma relação especial

É verdade que crianças possuem uma relação especial com os cães, não importa o tamanho deles. Elas puxam o rabo deles, passam a mão na direção contrária dos pêlos, sentam em cima deles, os agarram pelo pescoço e rolam com eles no chão. A grande maioria dos cachorros toleram todo esse abuso pacientemente e muitos ainda chegam a implorar por mais quando toda essa atenção e demonstração de carinho acaba.É um contraste gritante quando comparamos este comportamento com o que cães costumam resistir de si mesmos ou de seus donos adultos. Então, o que faz o “melhor amigo” do homem ser tão tolerante com as crianças em particular? O que faz com que estes caninos permaneçam calmos diante destas mini pestinhas?Para entender a relação dos cachorros com as crianças, temos primeiro que pensar um pouco sobre a estrutura social deles, digo dos cachorros. Na natureza, cães precisam se esforçar demais para estabelecer e reforçar seus lugares em seu bando, e estas posições claramente di…
Saiba mais
  • 0

Como adestrar o seu cachorro

O cachorro irá aprender melhor se for imediatamente recompensado pelas suas ações. Um ingrediente importante no processo de aprendizagem é atenção: Se o cão não estiver prestando atenção em você, a lição não será aprendida. Um cachorro cansado ou ansioso terá mais dificuldade em se concentrar. Distrações também podem interferir no aprendizado. Uma recompensa particularmente atraente pode ajudar a trazer o foco para a tarefa que esteja tentando ensinar.Além do treinamento básico, alguns cães podem aprender a desempenhar truques ainda mais elaborados, como se apoiar na patas traseiras para implorar ou pedir algo. Este nível de adestramento aumenta ainda mais em cães que desempenham papéis na televisão e no cinema, que são capazes de desempenhar tarefas humanas sob instruções de um treinador. Estes cães normalmente são cães do Grupo de Pastores e Boieiros, que inclui raças como os Collies e os Pastores -- que estão entre os cães mais treináveis dos cães domésticos.Treiname…
Saiba mais
  • 1

Como socializar raças Bully

Cães considerados bullies são animais naturalmente sociáveis que amam estar ao redor de pessoas, mas se não forem socializados de maneira adequada, eles podem se tornar tímidos ou desenvolver problemas de comportamento indisciplinado.Como com todo animal de estimação novo, é importante introduzir o seu bully a todo tipo de pessoa o mais rápido possível para que estranhos não o intimide. Ao contrário de outros cães, no entanto, cães bullies já possuem certas ressalvas devido a algumas ideias equivocadas sobre o temperamento deles, por isso é especialmente crucial que o seu cachorro saiba como se comportar em público. Aqui você vai aprender como iniciar o trabalho de socialização, dicas para facilitar esse trabalho e como introduzir o seu bully a outros cães também.Socializando com pessoasÉ essencial que se estabeleça um forte laço com o seu cachorro antes de se preocupar em socializá-lo com outras pessoas. Gaste as primeiras semanas ajustando-o ao seu novo ambiente …
Saiba mais
  • 2

Como monitorar a saúde do seu cachorro

Para monitorar a saúde do seu cachorro, faça um exame rápido durante a sua sessão de cuidados e manutenção semanal. Cheque o seu corpo inteiro, desde o nariz até a cauda, e procure por sinais de doenças como pelagem opaca, inchaço ou qualquer secreção estranha.Secreções nasais, por exemplo, devem ser claras, e o seu pulso — medido ao pressionar os seus dedos na parte interna de cima da coxa — deve ficar entre 50 a 130 batidas por minuto, dependendo da raça. Além disso, cheque por qualquer sinal de desidratação torcendo a pele do seus ombros. Uma pele de cachorro saudável deve voltar ao normal no mesmo instante. Há alguns sinais comportamentais de que o seu cachorro pode estar doente que são importantes prestar atenção para tentar evitar que a sua saúde complique ainda mais, são eles:Letargia ou fadiga incomum; Depressão; Não tem vontade de brincar ou passear.O que fazer ao identificar sintomas de doençasEnquanto alguns sinais de doenças são comuns e …
Saiba mais
  • 0

O que você deve saber sobre raças “Bully” antes de adotar

Faça o seu dever de casa. Tenha certeza que a raça é ideal para você.Rabo abanando, lambidas e abraços que cobrem o corpo inteiro são apenas algumas das reações que você pode esperar ao chegar em casa quando se tem uma raça do tipo “bully”. Estes cães fortes e ativos são excelentes companheiros. Mas constantemente, donos inexperientes e desavisados acabam abandonando estas raças em abrigos por não saber do comprometimento exigido para se ter tais raças.Muitas vezes não sabemos quais são os verdadeiros motivos que levam as pessoas a abandonarem seus cães, mas antes de trazer uma raça “bully” para a sua vida, saiba todos os fatos sobre estes cães tão dinâmicos.Eles são bons com crianças e outras pessoas? Quanto do meu tempo e da minha atenção eles irão exigir? Quais as legislações específicas para esta raça? E como tudo isso afetaria a sa decisão ao escolher a raça? Leia atentamente abaixo para aprender as respostas de todas estas perguntas, para só depois decidir…
Saiba mais
  • 17

Raças “Bully” ou de “Briga”

Quando alguém diz "Pit Bull", você logo imagina um certo tipo de cão em particular -- de construção forte e robusta, pêlo curto e cabeça larga e forte, por exemplo. Mas a raça é mais uma de várias outras raças que se encaixam na categoria conhecida por raças “bully”.Infelizmente, os cães que estão neste grupo foram vítimas de esteriótipos falsos e injustos, e muitas pessoas ainda acreditam que estas raças são naturalmente agressivas. Na realidade, a categoria de raças “bully” oferece uma variedade de escolhas maravilhosas para donos em potencial -- incluindo aqueles que procuram por uma companhia leal, obediente e brincalhona para seus filhos.Tanto é que, a ATTS, Inc. (Sociedade Americana de Teste de Temperamento), uma organização profissional que testa de forma independente o temperamento de mais 25.000 cães dentre cerca de 200 raças, concluiu que estas raças chamadas de “bully” como o Pit Bull Terrier Americano, o Staffordshire Terrier Americano e o Staffordshire B…
Saiba mais
  • 2

O que é uma raça “Bully” ou de “Briga”?

Você pode se surpreender ao saber que algumas das raças favoritas de cachorros em boa parte do mundo são consideradas por muitos como “bullies”.O termo “Bully” vem do inglês e quer dizer pessoa que usa de força superior, influência ou poder para machucar ou intimidar outras mais fracas, ou forçá-las a fazer algo que não queiram. Em termos gerais, significa valentão, opressor, mandão ou tirano.Traduzindo isso para o mundo canino, seriam raças que, desde destemidos Boxers a pequenos e robustos Boston Terriers, possuem más e injustas reputações de serem perigosamente agressivas demais -- os famosos “cães de briga ou rinha”, especialmente as raças Pit Bull como o Staffordshire Bull Terrier, o Staffordshire Terrier Americano e o Pit Bull Terrier Americano -- mas que são raças extremamentes leais e amáveis quando criadas da maneira correta.Há uma variedade de cães que caem nesta categoria, mas como eles conseguiram este título? Seria mesmo apenas injustiça ou parte int…
Saiba mais
  • 0

O que fazer ao chegar um novo filhote

Parabéns! Você finalmente decidiu adotar um filhote ou já trouxe o seu novo filhote para morar na sua casa. Quer você tenha experiência em lidar com animais de estimação ou está adotando pela primeira vez um filhotinho, aqui vão 10 dicas muito úteis para ajudar a criar esses filhotes.1. Prepare a sua casa para o seu novo filhoteDa mesma forma que se prepara a casa para receber um bebê recém-nascido, o novo proprietário do filhote deverá preparar a casa para recebê-lo. Sabe por quê? Você nem imagina em quanta confusão um filhote pode se meter. É também importante fornecer um ambiente seguro e confortável para o filhote. Comece removendo plantas venenosas e tóxicas, comprando protetores de cabos elétricos e protegendo as tomadas, e removendo qualquer coisa que possa ser mastigado por ele. Tenha sempre em casa muitos brinquedos de mastigar para o seu filhote para que ele não saia por aí destruindo coisas que não podem ser destruídas, como os seus sapatos.2. Leve o seu …
Saiba mais
  • 1

Problemas de comportamento caninos

Imagine-se em um lugar desconhecido onde você não fala a língua nativa, não entende o que esperam de você e muitas das suas novas experiências -- algumas assustadoras outras excitantes -- não estão sob o seu controle. É assim que um cão se sente -- filhote ou adulto -- quando vem morar na sua casa, quem sabe para sempre. Isto pode acarretar uma série de problemas ao longo deste processo de adaptação ao novo lar.Mas, é bom sempre lembrar que, a maioria dos problemas comportamentais nos cachorros podem ser resolvidos com muita paciência e amor. E o primeiro passo normalmente é tentar enxergar o mundo com os olhos do animal para que depois juntos, cachorro e dono, consigam falar a mesma língua.1. AnsiedadeOs cães, como os humanos, também podem desenvolver medos ou fobias irracionais. Contudo, os cachorros parecem ser mais vulneráveis ao desenvolvimento de ansiedades quando separados de seus donos. A este tipo de comportamento chamamos de ansiedade de separação, que po…
Saiba mais
  • 4

Cachorro obeso: Saiba o que é obesidade canina e como evitar

Os cães acabaram lucrando bastante ao longo dos séculos de domesticação, tornando-se os animais de estimação mais privilegiados entre todos os outros. Todos esses anos, o cão pode desfrutar de muito conforto, status social e luxo ao lado de seus donos, mas todas estas regalias ao longo destes anos todos também contribuiram para que estes animais desfrutassem não só das boas coisas da vida, mas também compartilhassem de todos os nossos maus hábitos.Assim como os seres humanos, os cachorros também aprendem rápido, e com isso podem adquirir tanto os bons hábitos quando os maus com a mesma rapidez. Um deles é a superalimentação. Como nós, os animais podem sofrer com a falta de uma alimentação equilibrada, e uma das consequências diretas é a obesidade.Mas, diferente de nós, o cão não escolhe aquilo que irá comer, e só pode se alimentar do que lhe é servido, tão pouco escolhe o seu estilo de vida. Ele se adapta ao estilo de vida do seu dono mesmo que tenha que reprimir seu…
Saiba mais
  • 0

Quanto tempo vivem os cães

Como todos os seres vivos, o cachorro também possui um determinado período de vida, que deve ser específico, mas que pode variar conforme a raça, o porte, a alimentação, suas características genéticas individuais e a sua saúde geral.Segundo pesquisas, a expectativa de vida média de um cão no Brasil é de apenas 36 meses, ou seja três anos. Mas, apesar desta triste estatística, a maioria dos cães podem passar dos 10 anos facilmente. Neste caso, os cuidados com a sua saúde serão os principais colaboradores para sua longevidade.Para cada cão que consegue atingir dez anos de idade, outros dez irão morrer com menos de dois anos por causas muito comumente frequêntes: herança de doenças típicas de sua espécie e doenças infectocontagiosas fatais e traumatismos, que ainda são a maior causa de morte entre os cães e que atuam de forma decisiva para essa baixa expectativa de vida.Algumas raças podem ter alguns destes problemas e diminuir suas expectativas de vida em relação …
Saiba mais
  • 27

Registro de cães e pedigrees

O que é PedigreeVocê já deve ter ouvido falar em pedigree ou se possui um cachorro alguém já deve ter perguntado se o mesmo possui um. Nem todo cão possui pedigree, mas todos os cães de raça pura devem ter um registro, o tipo de documento que deve certificar a sua pureza. O nome desse documento é Targeta, e ele costuma ser emitido assim que o criador registra uma ninhada no Kennel Clube ou Clube de raça especializado.Normalmente, o Kennel Clube leva 30 dias para concluir esse procedimento e enviar o Pedigree ao criador. Portanto, a tarjeta nada mais é que um documento legal, que garante a propriedade do cão ao seu criador. Ao comprar um filhote, o criador deve assinar a autorização de transferência do cão para o seu novo proprietário, no próprio documento do pedigree. De posse deste documento, o comprador deve se dirigir à entidade que emitiu o registro (clube da raça ou kennel clube de seu estado) para que a mesma emita um novo documento constando o nome do novo prop…
Saiba mais
  • 12