Cachorro pequeno: 20 raças de pequeno porte mais fofas do mundo

As últimas estatísticas divulgadas pela AKC, o famoso Clube de Canil Americano e órgão regulador de raças, trazem algumas raças de cachorro pequeno apontadas como as mais populares nos dias de hoje.Enquanto o Labrador Retriever já ocupou a posição de cão mais popular em 2015, nem todo mundo tem o estilo de vida, energia ou espaço para cuidar de uma raça de cachorro de porte grande como esse.Felizmente, há várias raças de pequeno porte que se encontram entre as raças mais populares em todo mundo, se adequando cada vez mais ao estilo de vida das pessoas no mundo de hoje. Cachorros pequenos como os Yorkies, Lulus da Pomerânia e Boston Terriers, estão conquistando cada vez mais os lares e os corações das pessoas.Quer saber quais as raças de cachorro pequeno mais fofas do mundo? Dá uma olhada na lista abaixo! 1. Yorkshire terrier, um cachorro pequeno de grande coragem!Conhecido pelo apelido carinhoso de "Yorkie," o Yorkshire terrier é uma das raças de pequeno port…
Saiba mais
  • 25

Cachorro percebe tempo: Como os cachorros lidam com o tempo?

Me diga uma coisa, o seu cachorro parece saber a hora de passear no parque, até mesmo antes de você pegar a coleira? Por acaso, ele costuma esperar por você na porta de casa todos os dias quando você volta do trabalho? Pois é, isso não te dá a ligeira impressão de que cachorro percebe tempo?Para muitos donos de cachorros, os seus animais parecem ter a noção de um conceito de tempo estranhamente preciso. No entanto, não sabemos se é realmente verdade que os cachorros sabem contar as horas. Ou será que há alguma outra coisa acontecendo em suas mentes que não sabemos explicar?Será que cachorro percebe tempo?Para tentar entender como o cachorro percebe tempo, nós precisamos ter como referência o nosso próprio conceito de tempo. Ou seja, é importante ressaltar que o ser humano é o único que possui a habilidade de construir medidas artificiais de tempo como o segundo, minuto e hora.Isto é, isso só é possível porque nós, seres humanos, usamos memória episódica para…
Saiba mais
  • 0

Vínculo com cachorro: Como criar e fortalecer a relação com o cachorro

Não importa se o seu cachorro é adulto ou filhote, cada atividade que vocês se engajarem juntos será uma boa oportunidade para criar uma forte relação entre vocês. Ou seja, cada forma de interação é uma oportunidade de fortalecer o vínculo com cachorro já existente.São tantas as coisas que você pode fazer para fortalecer ainda mais o seu vínculo com cachorro. Um gesto, um simples afagar, um carinho diário, tudo isso ajuda. No entanto, cuidar você mesmo do seu cachorro diariamente é uma das melhores coisas que você pode fazer para apertar ainda mais esse laço entre vocês. Como por exemplo, escovar seus pelos, limpar seus olhos e orelhas, dar banho, tudo isso é capaz de confortar e agradar muito o seu cachorro se ele for acostumado desde cedo.Cuidado e convívio diário fortalecem o vínculo com cachorro Existem mil e uma formas de fortalecer o seu vínculo com cachorro apenas convivendo de perto com ele. Isto é, basta deixar que o convívio e os cuidados diários façam parte…
Saiba mais
  • 7

Como os cachorros entendem os humanos

Você já ouviu falar do Rico, o Collie Maravilha? Ele conquistou fama internacional ao ganhar um prêmio em um programa de televisão na Alemanha entre em 1999 e em 2001 por ter sido capaz de de responder corretamente a 200 palavras, se colocando no mesmo nível de inteligência que a maioria das crianças humanas em idades de 2 a 3 anos.E enquanto a maioria dos cachorros não são capazes do mesmo feito que Rico, muita gente jura pelas habilidades de compreensão dos seus animais de estimação. Até porque, muitos destes diálogos baseados em cães involvem respostas significativas na forma de um “woof”, choramingo ou rabo que balança, dependendo do que está sendo dito.É verdade que muitos donos de cães espantam-se com a complexidade de suas discussões caninas, fazendo com que se perguntem se o cães podem realmente entender o que eles dizem. Muitos vão ainda mais longe, querem saber até o quê os cães pensam.Acontece que pessoas que falam com os seus cães podem estar querendo…
Saiba mais
  • 1

Como cuidar de um cachorro em casa você mesmo

Adotar ou comprar um cão, significa, certamente, assumir uma série de responsabilidades relacionadas à qualidade de vida, saúde, higiene e comportamento do animal. Por isso, é tão importante saber como cuidar de um cachorro da forma correta. Todos esses cuidados e manutenção são parte importante para monitorar a saúde do cachorro.O artigo a seguir, sobre como cuidar de um cachorro, tem como objetivo listar os itens mais importantes a serem considerados para os devidos cuidados com o seu filho de quatro patas, tanto no ambiente quanto para o próprio animal.Acessórios necessáriosQuem quer adquirir um cachorro tem que pensar primeiramente nos acessórios básicos. É, de fato, muito complicado cuidar de um cachorro sem os acessórios adequados para isso. Certifique-se de colocar na lista de compra pelo menos os itens a seguir:Guia e coleira - utensílios certamente indispensáveis para levar o cachorro para passear ou ao veterinário; Plaquinha de identificação - Ítem e…
Saiba mais
  • 0

Como entender o seu cachorro

Em geral, os cães “falam” através de uma linguagem corporal criada para ser entendida apenas entre seus semelhantes; decodificar essa linguagem exige prática humana.Aprender a “ler” o cachorro é quase que como aprender uma língua estrangeira. Exige concentração e entendimento de que formas de se comunicar podem ter diferentes significados em diferentes culturas e dependem do contexto no qual são inseridas. Cães latem, gemem e rosnam, mas principalmente eles “falam” através de uma linguagem corporal criada para ser entendida por outros cachorros.O significado pode não ser intuitivamente óbvio para humanos; por isso exige tempo e uma certa prática. Para entender um cão completamente, devemos nos colocar no lugar deles e tentar imaginar como é que seria se pensássemos como cachorros. Você pode já imaginar as recompensas de todo esse esforço?De fato, entender a linguagem de cães desconhecidos pode nos livrar de muita confusão e até prevenir uma mordida repentina. Ma…
Saiba mais
  • 0

Cachorros e crianças – uma relação especial

É verdade que crianças possuem uma relação especial com os cães, não importa o tamanho deles. Elas puxam o rabo deles, passam a mão na direção contrária dos pêlos, sentam em cima deles, os agarram pelo pescoço e rolam com eles no chão. A grande maioria dos cachorros toleram todo esse abuso pacientemente e muitos ainda chegam a implorar por mais quando toda essa atenção e demonstração de carinho acaba.É um contraste gritante quando comparamos este comportamento com o que cães costumam resistir de si mesmos ou de seus donos adultos. Então, o que faz o “melhor amigo” do homem ser tão tolerante com as crianças em particular? O que faz com que estes caninos permaneçam calmos diante destas mini pestinhas?Para entender a relação dos cachorros com as crianças, temos primeiro que pensar um pouco sobre a estrutura social deles, digo dos cachorros. Na natureza, cães precisam se esforçar demais para estabelecer e reforçar seus lugares em seu bando, e estas posições claramente di…
Saiba mais
  • 0

Como adestrar o seu cachorro

O cachorro irá aprender melhor se for imediatamente recompensado pelas suas ações. Um ingrediente importante no processo de aprendizagem é atenção: Se o cão não estiver prestando atenção em você, a lição não será aprendida. Um cachorro cansado ou ansioso terá mais dificuldade em se concentrar. Distrações também podem interferir no aprendizado. Uma recompensa particularmente atraente pode ajudar a trazer o foco para a tarefa que esteja tentando ensinar.Além do treinamento básico, alguns cães podem aprender a desempenhar truques ainda mais elaborados, como se apoiar na patas traseiras para implorar ou pedir algo. Este nível de adestramento aumenta ainda mais em cães que desempenham papéis na televisão e no cinema, que são capazes de desempenhar tarefas humanas sob instruções de um treinador. Estes cães normalmente são cães do Grupo de Pastores e Boieiros, que inclui raças como os Collies e os Pastores -- que estão entre os cães mais treináveis dos cães domésticos.Treiname…
Saiba mais
  • 1

Como socializar raças Bully

Cães considerados bullies são animais naturalmente sociáveis que amam estar ao redor de pessoas, mas se não forem socializados de maneira adequada, eles podem se tornar tímidos ou desenvolver problemas de comportamento indisciplinado.Como com todo animal de estimação novo, é importante introduzir o seu bully a todo tipo de pessoa o mais rápido possível para que estranhos não o intimide. Ao contrário de outros cães, no entanto, cães bullies já possuem certas ressalvas devido a algumas ideias equivocadas sobre o temperamento deles, por isso é especialmente crucial que o seu cachorro saiba como se comportar em público. Aqui você vai aprender como iniciar o trabalho de socialização, dicas para facilitar esse trabalho e como introduzir o seu bully a outros cães também.Socializando com pessoasÉ essencial que se estabeleça um forte laço com o seu cachorro antes de se preocupar em socializá-lo com outras pessoas. Gaste as primeiras semanas ajustando-o ao seu novo ambiente …
Saiba mais
  • 2

Como monitorar a saúde do seu cachorro

Para monitorar a saúde do seu cachorro, faça um exame rápido durante a sua sessão de cuidados e manutenção semanal. Cheque o seu corpo inteiro, desde o nariz até a cauda, e procure por sinais de doenças como pelagem opaca, inchaço ou qualquer secreção estranha.Secreções nasais, por exemplo, devem ser claras, e o seu pulso — medido ao pressionar os seus dedos na parte interna de cima da coxa — deve ficar entre 50 a 130 batidas por minuto, dependendo da raça. Além disso, cheque por qualquer sinal de desidratação torcendo a pele do seus ombros. Uma pele de cachorro saudável deve voltar ao normal no mesmo instante. Há alguns sinais comportamentais de que o seu cachorro pode estar doente que são importantes prestar atenção para tentar evitar que a sua saúde complique ainda mais, são eles:Letargia ou fadiga incomum; Depressão; Não tem vontade de brincar ou passear.O que fazer ao identificar sintomas de doençasEnquanto alguns sinais de doenças são comuns e …
Saiba mais
  • 0

O que você deve saber sobre raças “Bully” antes de adotar

Faça o seu dever de casa. Tenha certeza que a raça é ideal para você.Rabo abanando, lambidas e abraços que cobrem o corpo inteiro são apenas algumas das reações que você pode esperar ao chegar em casa quando se tem uma raça do tipo “bully”. Estes cães fortes e ativos são excelentes companheiros. Mas constantemente, donos inexperientes e desavisados acabam abandonando estas raças em abrigos por não saber do comprometimento exigido para se ter tais raças.Muitas vezes não sabemos quais são os verdadeiros motivos que levam as pessoas a abandonarem seus cães, mas antes de trazer uma raça “bully” para a sua vida, saiba todos os fatos sobre estes cães tão dinâmicos.Eles são bons com crianças e outras pessoas? Quanto do meu tempo e da minha atenção eles irão exigir? Quais as legislações específicas para esta raça? E como tudo isso afetaria a sa decisão ao escolher a raça? Leia atentamente abaixo para aprender as respostas de todas estas perguntas, para só depois decidir…
Saiba mais
  • 17

Raças “Bully” ou de “Briga”

Quando alguém diz "Pit Bull", você logo imagina um certo tipo de cão em particular -- de construção forte e robusta, pêlo curto e cabeça larga e forte, por exemplo. Mas a raça é mais uma de várias outras raças que se encaixam na categoria conhecida por raças “bully”.Infelizmente, os cães que estão neste grupo foram vítimas de esteriótipos falsos e injustos, e muitas pessoas ainda acreditam que estas raças são naturalmente agressivas. Na realidade, a categoria de raças “bully” oferece uma variedade de escolhas maravilhosas para donos em potencial -- incluindo aqueles que procuram por uma companhia leal, obediente e brincalhona para seus filhos.Tanto é que, a ATTS, Inc. (Sociedade Americana de Teste de Temperamento), uma organização profissional que testa de forma independente o temperamento de mais 25.000 cães dentre cerca de 200 raças, concluiu que estas raças chamadas de “bully” como o Pit Bull Terrier Americano, o Staffordshire Terrier Americano e o Staffordshire B…
Saiba mais
  • 2