Saiba tudo sobre a aranha armadeira e ainda conheça alguns tipos de aranhas mais venenosas do mundo

Dentre os diversos tipos de aranha e espécies existentes no mundo, um número próximo a 40.000 mais ou menos, poucas são as realmente perigosas e aranhas venenosas. Mas o fato, é que entre todas elas, a aranha armadeira é considerada a aranha mais venenosa do mundo.

Uma curiosidade interessante, é saber que entre toda essa quantidade de espécies, somente algumas são realmente perigosas a nós humanos. Isso porque há diferenças por exemplo, como a de tamanho entre nós e as demais presas de uma aranha, que em sua maioria são bem menores, assim estando mais sujeitas ao efeito do veneno inoculado por esses artrópodes, ou seja, animais com patas e demais apêndices totalmente articulados.

Mesmo assim é necessário que se tome cuidados para não ser surpreendido por uma aranha armadeira.

Também conhecida como aranha de bananeira e aranha de macaco, a aranha armadeira pertence ao gênero Phoneutria e é muito encontrada por quase toda a América Central e América do Sul.

Então para que saiba como identificar uma aranha armadeira e outras espécies de aranhas venenosas, preparamos um artigo especial sobre o assunto.

O que é uma aranha armadeira?

A aranha armadeira é um animal extremamente agressivo

Com tamanho aproximado de 4 centímetros que podem se estender até 15 se levar em conta suas pernas, a aranha armadeira é um animal extremamente agressivo. Aliás o nome “armadeira”, vem exatamente da sua posição de ataque, pois quando ameaçada, a aranha ergue suas pernas dianteiras, abre as presas e eriça os espinhos espalhados por seu corpo, literalmente se “armando” para o ataque.

Faz parte de suas características físicas, terem os olhos dispostos em três fileiras, sendo 2 na primeira, 4 na segunda e mais 2 na terceira. O abdômen apresenta uma faixa longitudinal, com pares de machas claras, além de espinhos implantados nas pernas.

A aranha armadeira também tem o nome de aranha de bananeira, por ser encontrada em cachos de bananas, além de folhas de coqueiros, gostando principalmente de lugares escuros, como buracos e folhagens. Sendo um animal de hábito noturno, sai para caçar durante a noite, sendo sua alimentação composta por insetos e outras aranhas.

A picada da aranha armadeira

A aranha armadeira tem um veneno poderoso.

Com veneno poderoso e muito ativo mesmo para seres humanos, a aranha armadeira é responsável por muitos acidentes e incidentes registrados relacionados a picada de aranha no Brasil. Incidentes que aumentam nos meses de abril e maio, devido ser o período de acasalamento dessa espécie de aranha, as tornando mais presentes nos ambientes propícios.

Os principais sintomas após uma picada de aranha armadeira, são dor no local da picada, aumento da pulsação e batimentos cardíacos, sudorese, choque anafilático e até edema pulmonar.

Os sintomas ainda são classificados desde leves, como inchaço e vermelhidão da pele no local da picada, moderado como aumento da pressão sanguínea e vômito, por exemplo, até o grave, como diarreia, diminuição da frequência cardíaca e choque anafilático.

Esses últimos, são sintomas muito mais frequentes em crianças e idosos, que se forem picados por uma aranha armadeira, devem de imediato serem levados a um hospital ou pronto socorro onde será aplicado um soro antiaracnídeo.

Como se prevenir contra uma aranha armadeira

A melhor forma de se prevenir de um ataque de uma aranha armadeira é prestando atenção.

A melhor maneira de se prevenir contra um ataque de uma ranha armadeira, é olhar bem antes por exemplo de calçar os sapatos, pegar uma roupa no armário ou afastar uma cortina, pois esse tipo de aranha se adapta bem ao ambiente doméstico.

Além disso, trabalhadores rurais também estão expostos ao ataque dessa espécie de aranha, como por exemplo: aqueles que coletam cachos de banana.

Por isso, o mais prudente é manter a atenção redobrada em locais onde se sabe que a aranha armadeira poderá estar presente.

Curiosidades sobre a aranha armadeira

Algo bem interessante sobre a aranha armadeira é que seu veneno, quando tratado em laboratório, pode ser utilizado como um potente analgésico, até mais forte que a morfina e outros tipos de medicamentos para dor.

E mesmo sendo uma aranha com maior presença na América Central e América do Sul, pode ser encontrada em outras partes do mundo, uma vez que os lugares onde ela é encontrada, ao exportarem banana, acabam por levar o aracnídeo para as demais partes do planeta no transporte.

Outros tipos de aranha venenosa

Existem muito soutros tipos de aranhas venenosas além da aranha armadeira.

Além da aranha armadeira, existem outros tipos de aranha venenosa que podem picar suas presas e seres humanos e inocular venenos também muito potentes e perigosos.

Conheça algumas das espécies de aranhas venenosas espalhadas pelo planeta.

Viúva negra

Encontradas em regiões temperadas ao redor do mundo, as viúvas negras são facilmente identificadas, pois são negras com marcas vermelhas na região do abdômen. O maior surto do qual se ouviu falar ocorreu nos Estados Unidos na década de 1950, onde foram registradas 63 mortes por picada de aranha, sendo todas de viúva negra.

Aranha marrom

A mordida de aranha marrom é letal, pois seu potente veneno degenera rapidamente o tecido e gera infecção. Assim como a aranha armadeira, a aranha marrom é encontrada no ambiente doméstico. Por isso deve-se tomar cuidado ao calçar sapatos e pegar roupas no armário.

Aranha teia de funil

Tendo como seu nome científico atrax robustus, é uma espécie de aranha encontrada na Austrália. Com um veneno potente e muito tóxico, pode levar um ser humano a óbito em apenas 15 minutos, sendo que o veneno das fêmeas dessa espécie de aranha, são 6 vezes mais potentes do que o dos machos.

Viúva marrom

A viúva-marrom é originária da África do Sul, sendo também encontrada na América. Possui um veneno neurotóxico que causa sintomas como dores, espasmos musculares, contrações e pode até causar paralisia cerebral ou espinhal, que em sua maioria é temporária. Lembrando que pode trazer danos permanentes ao sistema nervoso de uma pessoa, sendo as crianças e idosos os mais afetados.

Tarântulas Ornamentais

Em geral as tarântulas não são os tipos de aranhas que apresentem perigo, pois em sua maioria não são aranhas venenosas. Já as tarântulas-ornamentais, encontradas nas regiões dos trópicos ou lugares quentes, além de terem uma picada dolorida como qualquer tarântula, se tem registros de que algumas pessoas picadas por essa espécie de aranha entraram em coma.

Aranha das costas vermelha

Também encontradas na Austrália, a aranha-das-costas-vermelha, tem um veneno altamente tóxico que causa sintomas como dores de cabeça, vômitos, tremores e tonturas. Mais de 15 pessoas morreram na Austrália, antes que fosse descoberto o antídoto para combater seu veneno.

Aranha de areia

Encontradas apenas em zonas desérticas da Ásia e África, essa aranha ao picar causa a necrose do tecido cutâneo e sangramentos por orifícios do corpo, que acabam por levar a morte.

Aranha chinesa

A aranha chinesa, também conhecida como aranha-de-pássaros, pode chegar a medir mais de 10 centímetros e seu veneno pode matar pequenos animais e crianças. Por sorte, são somente encontradas no sul asiático.

Aranha de rato

A aranha-de-rato, outra espécie só encontrada na Austrália, exibe presas vermelhas, o que se torna um aviso de que oferece perigo. Apesar de não ser agressiva, possui um veneno poderoso, o que torna sua mordida perigosa.

O que pode se perceber, é que independente de ser uma aranha armadeira, considerada a aranha mais venenosa do mundo, ou quaisquer outros tipos de aranhas venenosas como as que vimos nesse artigo, se precaver e tomar cuidados, como sempre olhar os sapatos antes de calçá-los, verificar os casacos e roupas guardados em armários antes de vesti-los, são ações que podem evitar que se receba uma picada de uma aranha.

E antes de descobrir se a aranha é venenosa ou não, o melhor é evitar ser picado por qualquer tipo, não é mesmo?

Por isso mantenha a atenção e sempre se atualize com nossos artigos.

Por Dani Jardim

Dani Jardim é redatora freelancer, contribui com contéudo digital para vários sites diferentes. Amante dos animais, divide o seu tempo escrevendo sobre todos eles neste portal, e nas horas vagas, se divertindo com seus cachorros, o Pug, Bóris e o Buldogue francês, Vasco. Dani também faz parte da nossa equipe editorial como gerente e editora de conteúdo.

Deixe uma resposta