Cocker Spaniel Inglês

Ninguém resiste aos caracóis dos seus pêlos e seu olhar meigo
(Créditos/Copyright: "Grigorita Ko/Shutterstock")
Cocker Spaniel Inglês

Origem: Inglaterra/Reino Unido.
Data de origem: 1800.
Grupo de Raças: FCI Grupo 8 – Cães Levantadores e Cobradores de Caça e Cães D'Água (Retrievers) / AKC Grupo de Cães Esportistas / Cão de tiro, Apontadores, Cães de caça.
Função original: marcar e recuperar presas, pássaros.
Função atual: marcar e recuperar presas, competições de campo.
Outros nomes: cocker spaniel.
Tamanho: porte médio.
Altura: Fêmea de 36cm a 41cm / Macho de 38cm a 43cm.
Peso: Fêmea de 12kg a 15kg / Macho de 13kg a 16kg.
Cores: preto sólido, marrom escuro avermelhado, vermelho, ou combinações de duas cores como branco e preto ou marrom escuro avermelhado, ou marcas avermelhadas e pintas.
Pelos: médio a longo, sedoso com franjas.
Manutenção: Escove os pelos semanalmente, tose regularmente.
Expectativa de vida: 12 a 14 anos.
Filhotes:
Reconhecimento (Canil): CKC, FCI, AKC, UKC, KCGB, CKC, ANKC, NKC, NZKC, CCR, APRI, ACR, DRA, NAPR, ACA.

Introdução à raça Cocker Spaniel Inglês

cocker-spaniel-ingles-intro
Cocker Spaniel Inglês adulto marrom no jardim. (Créditos/Copyright: “TCreativeMedia/Shutterstock”)

O Cocker Spaniel Inglês é um cão de raça de porte médio, compacto, bastante ativo, que tem seu adestramento classificado como fácil e a predileção por nadar e caçar, além de uma disposição alegre. Conhecido por ser um dos favoritos cães de estimação no mundo e um dos melhores cães para viver em apartamento, é geralmente escolhido devido a sua aparência – cabeça levemente arredondada; orelhas grandes, moles e caídas; olhos cativantes e pelagem farta com mais de trinta combinações de cores. Levemente mais alto que comprido e um pouco maior e com menos pêlos que o Cocker Spaniel Americano, o Cocker Spaniel Inglês também aprecia o convívio familiar e é capaz de se adequar a maioria das habitações, seja uma casa ou apartamento. Contudo, é preciso dar muita atenção a sua dieta e aos exercícios diários.

Os Cockers Ingleses são alegres, divertidos, devotados, amáveis, engraçados e ativos com grande parte das pessoas. Costumam aprender rapidamente e são excelentes em esportes caninos, mas são também sensíveis, por isso devem ser cuidados com carinho e respeito, para serem capazes de apreciarem o que tiverem que aprender.

Dentro dessa mesma raça, existem dois tipos de Cockers: Cockers de campo (para caça) e Cockers de mostra (para apresentações em exposições de raças). Estes dois tipos diferentes costumam aparecer em uma mesma cria e por isso, são considerados apenas duas variações de uma mesma raça. Alguns Cockers Ingleses podem até serem descritos como “raça de campo”, pois eles originam de linhagens de caça, sendo maiores e mais ativos, e com menos pelos que os Cockers de apresentações, porém ambos são muito valorizados tanto por seus talentos como apontadores, como para animais de estimação ou companhia.

Por ter sido um dos mais populares dos Cockers, também foi prejudicado por cruzamentos indiscriminados e por esta razão, pode apresentar alguns problemas de saúde como aumento de problemas cutâneos e oculares, hipertireoidismo, câncer e cardiopatias, além de outros problemas comportamentais como timidez e agressividade. Além de todos os cuidados habituais que se deve ter com um animal de estimação – alimentação, higiene e saúde -, o Cocker Inglês ainda requer atenção especial às suas orelhas: que como são grandes e de pelagem abundante, costumam arrastar no chão e carregar sujeiras ou até cair nas vasilhas d’água e comida, causando otite e odor forte.

Origem da raça Cocker Spaniel Inglês

cocker-spaniel-ingles-origem
Cocker Spaniel Inglês deitado na grama do jardim.(Créditos/Copyright: “cynoclub/Shutterstock”)

Spaniels de vários tamanhos já existem há séculos, já havendo referências à eles tão antigas quanto os trabalhos de Chaucer e Shakespeare. Apesar do nome inglês, seu surgimento deu-se na Espanha, local onde a raça costumava servir para levantar aves do mato ou pântano para que fossem abatidas e depois recolhidas.

Chegados à Inglaterra e ao País de Gales, foram usados até 1800 para caçar galinholas (espécie de codornas). Ali, passaram a ser chamados de Cocker Spaniel Inglês, devido a sua popularidade entre os caçadores ingleses da época.

Diferentes raças em uma

O Cocker Spaniel Inglês é um dos mais velhos Spaniels, sendo que a família Spaniel é um dos maiores grupos de cães, e um dos mais especializados. Embora a primeira documentação sobre a existência da raça tenha surgido de uma descrição feita por Gaston Phebus escrita em 1300, foi só em 1800 que vários tipos de Spaniels Ingleses foram separados em 7 raças diferentes, sendo que mais para o final do século XIX, criadores ingleses começaram a dividir os Spaniels em raças específicas: Springer Inglês, Springer Galês, Cocker, Field, Sussex, Clumber, e o Cão D’Água Irlandês. Até o século passado, era comum que uma única cria desse filhotes de tamanhos diferentes, e depois os criadores decidiam o uso que iriam dar a cada filhote baseados em suas observações, dependendo do tamanho, músculos, inteligência e energia. Neste período, o Cocker e o Springer Spaniel foram desenvolvidos juntos, sendo o tamanho a única diferença entre eles.

Cocker Spaniel Inglês X Cocker Spaniel Americano

Em 1885, O Clube de Raça de Spaniels Ingleses foi formado e uma de suas primeiras tarefas foi criar padrões de raça para cada um dos diferentes tipos de Spaniels. Até que em 1892, o Clube de Canil da Inglaterra reconheceu os dois, o inglês e o americano, como duas raças distintas, sendo a de menor tamanho reconhecida como Cocker Spaniel.

Em 1901, o limite de peso da raça foi abolido, e os Cocker Spaniels tornaram-se extremamente populares na Inglaterra devido aos seus talentos de caça e porte fácil de ser carregado para qualquer lugar. Porém, do outro lado do oceano, o desenvolvimento dos Cockers seguiram uma outra direção. Criadores Americanos insistiram em mudar o tamanho da raça criando uma outra variedade de Spaniel, selecionando cães menores com um crânio mais arredondado, focinho mais curto e maior quantidade de pelos. E assim, por volta de 1935, os Cocker Spaniels Americanos e Ingleses tornaram-se dois tipos diferentes de raças. Ambos, Cocker Spaniels Ingleses e Americanos eram mostrados juntos até 1936, quando em 1946 os Clubes de Canil Americano (AKC) e Canadense (CKC) reconheceram o Cocker Spaniel Inglês como uma raça separada do Cocker Spaniel Americano. Depois que as raças foram separadas, o Cocker Spaniel Americano acabou ficando ainda mais popular que o Inglês — porém apenas nos Estados Unidos.

No resto do mundo, o Cocker Spaniel Inglês é ainda o mais popular das duas raças e é conhecido apenas como Cocker Spaniel. Sua popularidade é tanta que é uma das raças de cachorros mais visadas por ladrões.

O Cocker Spaniel nos dias de hoje

Os Cocker Spaniel Ingleses ainda são excelentes cães recuperadores de caça e caçadores de pássaros. E embora sejam mais utilizados como cães de companhia devido a sua disposição doce e amável, o Cocker Spaniel Inglês é naturalmente talentoso em áreas competitivas de caça, rastreio, recuperação, levantamento e recolhimento, guarda, agilidade e obediência.

Aparência do Cocker Spaniel Inglês

cocker-spaniel-ingles-aparencia
Cocker Spaniel Inglês castanho de perfil. (Créditos/Copyright: “spfotocz/Shutterstock”)

O Cocker Spaniel Inglês possui uma pelagem longa à média, lisa ou levemente ondulada, de textura sedosa e macia. As patas, peito e barriga são cobertas de pelos mais longos com uma espécie de franjas, mas nem tanto como nos Americanos – franjas que são mais que decorativas; ajudam a proteger o corpo do cão de arranhões ou outros ferimentos enquanto caçam pelos campos e matas.

O Cocker Spaniel Inglês é um cão de porte médio, de corpo compacto e firme, de estrutura sólida. São equilibrados e fortes, porém não volumosos ou pesados. A sua linha de cima é quase que em nível, com uma leve depressão para baixo da cernelha até a base da cauda. A cabeça é arcada e parece um pouco achatada vista de perfil. Seu crânio e focinho são relativamente paralelos, e de comprimento aproximadamente igual, com uma parada definida, sendo preto ou marrom dependendo da cor dos pelos.

Possuem olhos ovais marrom escuros ou castanhos, e uma mandíbula forte com dentes que fecham em mordida de tesoura. Seu peito é bem desenvolvido e profundo, mas não largo a ponto de impedir seus movimentos. O rabo é curto e as orelhas longas, baixas e penduradas, cobertas de pelos sedosos ou ondulados. Possuem patas de gato, retas na frente e com dedos bem arcados.

A sua pelagem, de comprimento médio no corpo e curta e fina na cabeça, pode apresentar uma variedade de cores incluindo preto, marrom escuro avermelhado, vermelho, e uma variada combinação de bicolores que envolvem branco com preto, marrom escuro avermelhado ou marcas em vermelho e pintas. Se os pelos forem de cor sólida, marcas em branco são apenas permitidas no peito. Não é tão incomum encontrar marcas bejes em bicolores, de combinações pretas ou marrom escuro avermelhados.

Ambiente Ideal para o Cocker Spaniel Inglês

cocker-spaniel-ingles-ambiente
Dupla de filhotes Cocker Spaniels Ingleses deitados juntinhos.(Créditos/Copyright: “Liliya Kulianionak/Shutterstock”)

O Cocker Spaniel Inglês está entre as melhores raças para apartamentos, pois pode viver perfeitamente em pequenos espaços, se for exercitado de forma suficiente. Seria melhor se pudesse viver em uma casa com, pelo menos, um pequeno jardim, pois precisam de exercícios físicos e estímulos. Embora, possam ficar do lado de fora da casa em lugares de climas temperados amenos, preferem dormir dentro de casa, por gostarem demais do convívio familiar.

Temperamento & Personalidade do Cocker Spaniel Inglês

cocker-spaniel-ingles-temperamento
Cocker Spaniel Inglês e sua dona carinhosa e fiel. (Créditos/Copyright: “BestPhotoStudio/Shutterstock”)

O temperamento de qualquer cão é afetado por inúmeros fatores, incluindo hereditariedade, treinamento, e socialização. Os filhotes que possuem bons temperamentos costumam ser curiosos e brincalhões, costumam se aproximar das pessoas e gostam de ser carregados por elas. Como todo cachorro, o Cocker Spaniel Inglês precisa de socialização desde filhote — o exponha à diferentes pessoas, locais, sons, cenas e experiências — quando ainda filhotes, para que sejam capazes de lidar com várias situações diferentes evitando a timidez ou agressividade. A socialização ajuda a garantir que o seu Cocker Spaniel cresça saudável tornando-se um cachorro bastante sociável.

O Cocker Spaniel Inglês possui todas as qualidades comuns de todo Spaniel: é um cão inteligente, vívido, alegre, amável, agradável, gentil, brincalhão, carinhoso e muito devotado. Engraçado e curioso, pode fazer todos rirem, e ser uma boa escolha para famílias com crianças, apesar da sua tendência a se aproximar mais de um único indivíduo do que da família inteira.

Geralmente são extrovertidos e amigáveis, e lidam com estranhos facilmente, mesmo havendo algumas espécies mais reservadas que não tiveram socialização suficientes. Podem também se dar bem com outros animais de estimação, como gatos e outros cães. Não costumam latir muito, e estão sempre dispostos a ouvir e a obedecer aos seus donos.

Como há dois tipos de Spaniel Ingleses, para caça ou trabalho e de mostra para apresentações, podem existir algumas diferenças de temperamento, dependendo de como for tratado pelo seu dono e quais exercícios forem fornecidos, mas ambos são energéticos e precisam de exercícios caninos diários. Contudo, o do tipo campo (caça e trabalho), possui maior nível de energia e precisa ainda mais de exercícios. O nível de dominância nesta raça varia bastante, mesmo em uma mesma ninhada.

Costumam ser sensíveis ao tom de voz, não respondem bem à métodos duros de disciplina, e são capazes de ignorar comandos se acharem que são mais fortes. Se o dono não for capaz de mostrar um temperamento calmo, porém firme, deverá escolher uma raça de temperamento mais submisso. Normalmente quem sofre mais com isso são os donos de 1a viagem, que ainda não sabem lidar com comportamentos como esse.

O Cocker, assim como todo cachorro não importa a raça, precisa de liderança e não amadurecerá sem isso. Quando sente que seu dono é fraco ou passivo demais, pode se tornar teimoso e até surtar. Este tipo de comportamento é conhecido por Síndrome do Cachorro Pequeno, um distúrbio que costuma acometer raças menores que não possuem a liderança necessária por parte de seus donos e acabam se comportando mal. Este tipo de comportamento só acontece quando o dono deixa que ele mande em tudo, mas que pode ser corrigido quando o dono começar a apresentar uma liderança adequada.

Os cães que não costumam fazer caminhadas diárias, que costumam pensar serem líderes ou que são tratados como humanos, acabam desenvolvendo um mau comportamento ou problemas de temperamento. Aqueles que tiverem estrutura consistente, tratamento calmo, autoridade firme, com regras claras e caminhadas diárias sempre ao lado ou atrás do seu dono, nunca na frente, terão os melhores temperamentos.

O Cocker Spaniel Inglês perfeito não nasce perfeito, ele é produto da sua hereditariedade e criação. Seja lá o que for que você deseja dele, procure por um que tenha tido pais com boa personalidade e que tenham sido socializados desde filhotes. Qualquer cão pode desenvolver níveis desagradáveis de latidos, cavações e outros comportamentos inadequados se estiver entediado, destreinado ou não supervisionado. Compre um filhote que tenha sido criado em casa e tenha certeza de que ele foi exposto a diferentes locais e sons, assim como pessoas antes de ir para outro lar.

Continue socializando-o sempre levando a casa de amigos e vizinhos, assim como a passeios públicos. Antes de comprar um filhote, procure saber como escolher o filhote ideal e não deixe de conversar com o seu criador, descreva exatamente o que você procura em um cachorrinho, e peça ajuda para escolher um filhote. Os criadores costumam conviver com filhotes todos os dias e podem dar excelentes recomendações uma vez que saibam um pouco sobre o seu estilo de vida e personalidade.

Cuidados & Manutenção do Cocker Spaniel Inglês

cocker-spaniel-ingles-cuidados
Cocker Spaniel Inglês branco e preto adulto. (Créditos/Copyright: “Artush/Shutterstock”)

Comece a acostumar o seu Cocker Spaniel Inglês a ser escovado e examinado ainda quando filhote. Toque em suas patas com frequência — cães costumam ser sensíveis com relação às suas patas — e olhe dentro de sua boca e orelhas. Faça com que os exames e a sua manutenção seja uma experiência agradável, cheias de elogios e recompensas.

Enquanto o examina, procure por inflamações, feridas ou sinais de infecções como vermelhidão, inchaço, ou inflamação na pele, orelhas, nariz, boca, olhos e patas. Os olhos devem estar limpos e claros, sem vermelhidão ou corrimento. O seu exame semanal ajuda a detectar problemas de saúde comuns mais cedo.

Suas orelhas longas e peludas precisam de cuidados especiais. As orelhas devem ser limpas semanalmente para retirar sujeira e evitar infecções que apresentem mau cheiro, vermelhidão, inchaço ou coceira. Mantenha as orelhas limpas e secas para evitar fungos e infecções bacterianas. É importante escovar e pentear seus pelos. Escove 3 vezes na semana para remover pelos soltos, e mantê-los brilhantes e lisos, sem embaraços. O Cocker precisa ser tosado na cabeça, e cortar com tesoura os pelos ao redor das patas, garganta e rabo, a cada dois meses – se possível de forma profissional.

Escove os pelos das patas até os dedos e corte até a base da pata. Corte os pelos ao redor das almofadas debaixo da pata, mas não entre os dedos. Escove tudo retirando carrapichos e nós. O tipo de pelo pode variar entre as raças. Alguns cães possuem quantidade de pelos felpudos em excesso que embaraçam mais, enquanto outros são mais sedosos e lisos, embaraçando menos. Dê banhos a cada 6 semanas ou quando necessário. Como todo cão, os Cockers também têm um lado pernicioso, e são travessos e gulosos.

Mantenha comida e lixo fora do seu alcance, assim como qualquer outra coisa que não possa pegar, especialmente quando ainda filhote. O resto é cuidado básico, corte suas unhas quando necessário, geralmente a cada 2 semanas, escove seus dentes frequentemente para uma boa saúde e bom hálito, pelo menos 2 ou 3 vezes na semana para remover tártaro e bactéria.

Atividade & Exercícios para o Cocker Spaniel Inglês

cocker-spaniel-ingles-atividade
Cocker Spaniel Inglês nadando, uma das suas atividades preferidas. (Créditos/Copyright: “Andrea Izzotti/Shutterstock”)

O Cocker Spaniel Inglês aprecia toda quantidade de exercícios que você puder oferecer, pois estes exercícios diários são uma necessidade, seja na forma de longas caminhadas na coleira, uma boa corrida no campo ou uma excitante brincadeira no jardim. Três caminhadas por dia são o suficiente para mantê-lo feliz, mas eles precisam ter também oportunidades regulares para correrem soltos por aí.

Sem falar que a maioria deles adora nadar. O importante é dar os estímulos certos e mais adequados à raça do seu cachorro. Para entender melhor o que pode ou não pode ser feito em termos de exercícios e estímulos, é preciso saber como estimular a mente do seu cão, e ter sempre em mente quais são os cuidados básicos na hora de exercitar o seu cachorro. Existem diversos motivos para exercitar e estimular a mente do seu cão, mas o mais importante deve ser a saúde física e mental dele, sem falar que um cachorro saudável pode viver por muito mais tempo.

Saúde do Cocker Spaniel Inglês

cocker-spaniel-ingles-saude
Cocker Spaniel Inglês tomando vacina no veterinário.(Créditos/Copyright: “Africa Studio/Shutterstock”)

Os Cockers são na maioria das vezes saudáveis, mas como toda raça canina, são também suscetíveis à certas condições de saúde. Algumas doenças são mais comuns em algumas raças que em outras e nem todos os cachorros terão uma ou todas estas doenças, mas é importante saber sobre elas ao considerar esta raça.

O Cocker Spaniel Inglês costuma desenvolver infecções de ouvido, por isso suas orelhas devem ser checadas com frequência, principalmente durante o verão. Por serem longas e penduradas, quase arrastando no chão, carrapatos, pulgas e sujeiras podem entrar no canal do ouvido e causar surdez.

Outros problemas de saúde além das infecções de ouvido, incluem atrofia progressiva da retina, inchaço da patela, cataratas, anemia hemolítica, deficiência renal juvenil, hipotiroidismo e perda de audição nos bicolores. Eles também são gulosos e ganham peso facilmente, o que aumenta as chances para o desenvolvimento da obesidade canina, que acaba levando a vários outros sérios problemas de saúde muito mais sérios — não os alimente em exagero.

O Cocker Spaniel costuma viver por cerca de 12 a 15 anos, o que não quer dizer que ele não possa viver por mais tempo, estendendo a sua longevidade canina desde que se tomem os devidos cuidados com a sua saúde.

Treinamento do Cocker Spaniel Inglês

cocker-spaniel-ingles-treinamento
Cocker Spaniel Inglês brincando com bolinha no seu jardim. (Créditos/Copyright: “OlgaOvcharenko/Shutterstock”)

O Cocker Spaniel Inglês tem uma disposição natural para aprender e é capaz de entender rapidamente o que se espera dele. Uma certa quantidade de compreensão e consistência durante os treinamentos é necessário, pois eles tentam roubar a liderança. Ensine-o de forma gentil.

Ele possui o temperamento sensível comum nos Spaniels e não responde bem à tratamentos ríspidos. Seja firme e consistente para vencer a sua teimosia e a sua tendência ocasional de comportamento aéreo. Para chamar a atenção dele e prender o seu interesse, tente fazer com que o treinamento pareça com um jogo, com recompensas com comida e diversão. Ele aprenderá melhor através de sessões de treinamento divertidas que envolvam repetição e técnicas de esforço positivo, elogios e recompensas.

Quando o treinamento é divertido, ou seja, mistura técnicas de adestramento com diversão, o resultado é sempre muito mais positivo. Algumas dicas de como se divertir exercitando o seu cachorro poderão ajudar você a treiná-lo brincando. Planeje oferecer exercícios diários em forma de longas caminhadas ou corridas de meia-hora.

É também super competitivo em esportes caninos populares como agilidade e obediência, e seu excelente faro faz com que seja um caçador natural e bom em rastreamento. Os Cockers Ingleses amam nadar, por isso se você for daqueles que costuma ir à praia com frequência ou passear de barco, vocês se tornarão melhores amigos rapidamente.

É importante também treinar o seu filhote como métodos da caixa se planeja lhe dar liberdade pela casa quando adulto. Não importa a raça, os filhotes costumam explorar, ir a lugares que não devem, mastigar coisas, etc. Considere o treinamento da caixa se precisar adaptar o seu cão a um ambiente seguro e confinado. Por razões de segurança e conforto.

Consistência é importante, e o seu adestramento deve ser um processo simples. Ele é inquisitivo e rápido para aprender tarefas simples, mas imprevisível e desafiador. Eles precisam de um treinador paciente. É importante conhecer o seu cão e entender quais são as atividades preferidas do cachorro. Ensinar o seu filhote a sentar, deitar e ficar no lugar é vital para o seu treinamento.

Adaptabilidade

Alta, Fácil

Adestramento

Fácil

Afetuosidade

Alta, Bastante, Muito

Ambiente ideal

Apartamento, Casa

Amistoso c/ crianças

Muito

Amistoso c/ estranhos

Normal

Amistoso c/ outros animais

Muito

Amistoso c/ cães

Muito

Expectativa de vida

Alta

Função ou Tipo

Caça, Cães D’Água, Colo, Companhia, Esportista, Levantadores, Trabalhador

Manutenção

Baixa, Fácil

Necessidade de exercicios

Alta

Nível de energia

Moderado

Nível de inteligência

Alto

Nível de Socialização

Alto

Pelagem

Franjas, Longa, Ondulados

Porte

Médio

Propenção à latidos

Média, Moderada

Proteção e Guarda

Alta

Saúde

Estável, Moderada

Territorialismo

Baixo, Baixo a Moderado

Tolerância à brincadeiras

Normal

Tolerância ao calor

Baixa, Pouca

Troca de pêlos

Muita

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Cocker Spaniel Inglês”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *