Chesapeake Bay Retriever

cachorro-chesapeake-bay-retriever
(Créditos/Copyright: "Por Erik Lam/Shutterstock")
Chesapeake Bay Retriever

Ficha Técnica
Origem: Maryland, Estados Unidos
Data de origem: 1800
Grupo de Raças: FCI Grupo 08 – Cães Levantadores e Cobradores de Caça e Cães D'Água (Retrievers) / AKC Grupo de Cães Esportistas / Cão de tiro, Retrievers, cães de caça.
Função original: levantar e recuperar (presas, caça)
Função atual: cão de caça, companhia.
Outros nomes ou apelidos: Chessie, Chessy Dog.
Tamanho: grande porte
Altura: Fêmea de 53 cm 61 cm / Macho de 58 cm a 66 cm
Peso: Fêmea de 25 a 32 kg / Macho de 32 kg a 36 kg.
Cores: tons de marrom
Pêlos: densos, duros e levemente ondulados
Manutenção:
Expectativa de vida: cerca de 10 a 15 anos.
Reconhecimento (Canil): CKC, FCI, AKC, UKC, KCGB, CKC, NKC, NZKC, ANKC, APRI, ACR, DRA, NAPR, ACA.

Introdução à raça Chesapeake Bay Retriever

cachorro-chesapeake-bay-retriever-intro
Chesapeake Bay Retriever marrom chocolate (Créditos/Copyright: “Por everydoghasastory/Shutterstock”)

Originário da região Atlântica-Central dos Estados Unidos, mais precisamente das águas congelantes da Baía de Chesapeake, no estado de Maryland, o Chesapeake Bay Retriever, carinhosamente apelidado de Chessie, é um cão durão que nasceu para estas condições tão adversas. Chesapeake Bay Retrievers são caçadores ávidos e possuem poderosos membros musculosos e pés palmados especialmente desenvolvidos para caçar aves aquáticas sob estas condições de tempo, enfrentando fortes correntes em águas turbulentas e ventos fortes, sendo capaz até de quebrar gelo de lagoas e lagos congelados.

A raça costuma ser forte o suficiente também não só para resistir, mas também apreciar sucessivos mergulhos em águas congelantes. É um nadador extraordinário, que adora nadar e recuperar presas. Dono de uma mordida forte, porém suave, consegue carregar as aves na boca sem machucá-las. A sua estrutura corporal firme, a sua camada de pêlos densa, o seu vigor e a sua força fazem dele um cão ideal para esta finalidade.

Descendente dos dois filhotes de Terranovas que sobreviveram ao naufrágio nesta área em 1807, ambos de excelentes qualidades de caçadores levantadores e recuperadores de caça, a raça resulta em um tipo de cão marrom com uma camada de pêlos grossa, repelente à umidade, com enorme disposição e alegria, grande inteligência e muita bravura.

Diz-se até que o Chesapeake Bay Retriever é o mais duro e poderoso das 6 raças de Retrievers. E devido à sua descendência, não é nenhuma surpresa que os Chessies amem estar perto de água. Quando introduzidos a este ambiente quando filhotes, eles se tornam fortes nadadores, capazes de usar suas caudas retas ou levemente curvas como leme.

Além de ter sido a primeira raça retriever à ser reconhecida pela AKC, e embora não seja tão popular como o Golden Retriever ou Labrador Retriever, o Chessie também pode ser um maravilhoso animal de estimação e companheiro leal. Pois, apesar de toda a sua vitalidade quando ao ar livre, os Chessies tendem a ser calmos dentro de casa, se exercitados suficientemente. Chessies são alertas, corajosos, extremamente versáteis e energéticos podendo ser maravilhosos companheiros para um tipo de dono ativo e experiente que pode-lhes fornecer estrutura e a quantidade de exercícios que precisam para viverem todo o seu potencial.

Além disso, são independentes, durões e possuem uma determinação estóica. São trabalhadores tenazes, fortes e atléticos. Com qualidades como estas, só poderiam ser excelentes cães de caça, por isso possuem um bom faro e sua teimosia chega a ser de grande valor quando estão à procura de uma presa caída.

Com o treinamento adequado, servem muito bem como companheiros de caça, em testes de caçadas, e em campos ainda mais competitivos da área. Podem também se dar bem em competições de obediência, se forem treinados de forma criativa para tolerar a natureza repetitiva do esporte, mas corrida, bola voadora e agilidade são melhores opções para esta raça.

Apesar de amigáveis, alegres e obedientes, o fato de terem mente própria, força e inteligência, podem facilmente dominar um dono despreparado, pois o Chesapeake Bay Retriever possui vontade própria e prefere fazer as coisas à sua maneira. Seus treinadores e donos devem ser confiantes e saber mostrar autoridade.

Se forem treinados de forma imprópria ou socializados de maneira inadequada podem apresentar problemas de dominância. Nesse aspecto, são diferentes dos outros retrievers, pois são mais teimosos e mais reservados com estranhos, sendo imaturos e tendenciosos a serem territoriais; podendo até ser agressivos com outros cães desconhecidos se desafiados. Mas é a raça mais resistente, com mais força de vontade própria e protetora de todos os Retrievers.

Já para alguém experiente que lhes pode oferecer um treinamento estruturado e disciplinado que necessitam, podem ser companheiros trabalhadores. Exercícios diários na forma de longas caminhadas ou oportunidades de nadar irão satisfazer o seu desejo de atividade e garantir que ele seja uma companhia quieta dentro de casa.

Como todo cão, o Chessie precisa de socialização desde filhote — exponha o cão a diferentes pessoas, lugares, cenas e sons. A sua natureza é mais protetora e menos convidativa à estranhos, mas isso não o torna um mal-humorado. O Chessie, geralmente, gosta de crianças e é cuidadoso com elas, mas não tolera abuso. Na maior parte das situações, se não gostar da forma como está sendo tratado, irá se levantar e sair. Contudo, são estas características que fazem dele um excelente cão de guarda altamente protetor de seus donos e da sua residência. Em qualquer situação, o seu Chessie deve aprender a se render à sua liderança ao interagir com outras pessoas e outros cães.

Se tudo o que você quer é um cão para lhe fazer companhia, o Chessie não é o cachorro certo para você. Não importa a quantidade de exercícios, treinamento ou esportes que você possa proporcioná-lo, os Chessies são cães de caça no coração: um exímio caçador que vive para ficar molhado à procura de trazer de volta a sua presa. Limitar um Chessie a uma vida de animal de estimação é como castrá-lo. Isto não significa que ele não possa ser um bom cão de de terapia ou companheiro de corrida, é que caçar é a sua prioridade.

Agora, se você também é um caçador e pode oferecê-lo um ambiente desafiador de caçadas, então, definitivamente, ele é o cão perfeito para você. E muito embora você não saia para caçar todos os dias, o seu Chessie ainda precisará de estímulo mental através de treinamento diário e brincadeiras, por isso leve-o para longas caminhadas e faça treinamentos de 20 minutos, especialmente envolvendo cair na água. Como todo cão, um Chessie que não seja utilizado da maneira apropriada irá buscar outros meios de se entreter, e geralmente de natureza perigosa e destrutiva: destruindo móveis, correndo atrás de carros, bicicletas ou corredores, por exemplo.

Com uma iniciação adequada, mais uma liderança adequada e treinamento, este cão sério, sensível e de personalidade forte se tornará um membro muito amado por toda a família.

Origem da raça Chesapeake Bay Retriever

chesapeake-bay-retriever-origem
Chesapeake Bay retriever à vontade em seu habitat natural. (Créditos/Copyright: “Por rokopix/Shutterstock”)

Chesapeake Bay Retriever é uma raça canina oriunda dos Estados Unidos, mais precisamente da região Atlântica-Central, nos arredores da Baía de Chesapeake, no estado de Maryland. Sua origem data de 1807, e de acordo com teorias, estes cães são o resultado dos cruzamentos entre alguns Retrivers, tais como o Curly-coated e o Flat-coated.

Originalmente criado para trabalhar tanto na terra quanto na água, o Chessie é considerado um eficiente caçador, capaz de recolher inúmeros pássaros a cada caçada.

Seus antecedentes

A história da sua origem é uma das mais fascinantes — e afortunadas — do Reino Canino. Foi durante o inverno de 1807, que um navio Americano resgatou tripulantes de um navio Inglês naufragado na costa da Baía de Maryland. Este navio, junto à sua tripulação, trazia também, o que na epoca acreditava ser, um casal de filhotes de Terrasnovas (Newfoundlands ou Cão D’Água Spaniel Irlandês), que acabaram sendo entregues a uma família americana que amava cães.

Estes filhotes (um preto e outro vermelho) mais tarde mostraram-se exímios cães d’água, e devido a sua crescente reputação, muitos outras raças de cães de caça e retrievers locais de origem incerta foram cruzadas com eles, incluindo English Otter Hounds, Flat-Coated Retrievers e Curly-Coated Retrievers.

Anos depois

Anos de cruzamentos se passaram para que se desenvolvesse uma excelente raça de retriever de incrível entusiasmo e resistência capaz de nadar repetidamente através das águas geladas da Baía de Chesapeake para recuperar de maneira infalível ave após ave. Até os dias de hoje, os Chessies são conhecidos pela notável habilidade de marcar e depois se lembrar onde a ave caiu. Seus outros talentos incluem: rastrear, caçar, recuperar, guardar, entre outras. Em 1885, a raça já havia sido estabelecida e reconhecida pela AKC, e embora seja uma das raças mais antigas reconhecida pela AKC, assim como uma das poucas nascidas e desenvolvidas nos Estados Unidos, a popularidade dos Chessies ainda é bastante modesta.

Aparência do Chesapeake Bay Retriever

cachorro-chesapeake-bay-retriever-aparencia
Chesapeake Bay retriever de perfil com sua pelagem distinta. (Créditos/Copyright: “Por Zuzule/Shutterstock”)

Os Chessies possuem membros poderosos, peito forte e profundo, e patas parecidas com as dos patos para ajudar a nadar. É um pouco mais longo que alto, com a sua traseira tão alta, ou mais alta que sua parte da frente. Possuem uma cabeça larga e redonda com um focinho de comprimento médio. Seus lábios são finos, os olhos de cores que vão do amarelado ao âmbar, e as orelhas são pequenas e caem ao nível dos olhos ou extendem até o meio das bochechas ou um pouco mais longas.

Os Chessies variam em cor, que incluem vários tons de marrom (de claro a escuro), vermelho (de laranja a vermelho forte) e castanho (palha e mato queimado), sendo que alguns possuem marcas brancas no peito e nos pés. Seus pêlos são curtos, levemente ondulados, à prova d’água devido a uma dupla camada externa de pêlos curtos, mais áspera, espessa e oleosa e outra lanosa mais densa e fina por dentro, que juntas agem como repelentes evitando que a água chegue a sua pele, ajudando-o a secar rapidamente e fornecendo calor para permitir que caçem em qualquer condição climática, seja em água gelada ou neve. E como toda raça de retriever, Chessies soltam bastante pêlos.

Ambiente Ideal para o Chesapeake Bay Retriever

cachorro-filhote-chesapeake-bay-retriever-ambiente
Chesapeake Bay Retriever filhote brincando no gramado. (Créditos/Copyright: “Por Kerrie T/Shutterstock”)

O Chesapeake Bay Retriever não é recomendado para viver em apartamentos ou locais pequenos. São relativamente inativos dentro de casa e viveriam melhor em pelo menos um jardim de porte médio. Eles preferem dormir do lado de fora da casa se for mais frio, pois preferem as estações mais amenas. Podem se adaptar aos climas quentes se tiverem oportunidade de nadar. Geralmente são cães de campo e locais maiores, e não de cidade grande.

Temperamento & Personalidade do Chesapeake Bay Retriever

cachorro-chesapeake-bay-retriever-temperamento-filhote
Chesapeake Bay Retriever filhote no jardim. (Créditos/Copyright: “Por Kerrie T/Shutterstock”)

O temperamento de qualquer cão é afetado por inúmeros fatores, incluindo hereditariedade, treinamento, e socialização. Como todo cão, o Chesapeake Bay Retriever precisa de socialização desde filhote — o exponha à diferentes pessoas, locais, sons, cenas e experiências. A socialização ajuda a garantir que o seu Chessie cresça saudável tornando-se um cão bastante sociável.

Esta raça de cães é inteligente, corajosa e obediente. São treináveis, dispostos e capazes de agradar, embora sejam um pouco devagar para aprender. Os Chesapeake Bay Retrievers são afetuosos, amáveis, amigáveis e bons com crianças, mas não são recomedados para donos inexperientes.

A pessoa que lidar com ele deve ser confiante, e exercer uma autoridade natural sobre o cão, pois eles tendem a ser mais dominates que outros retrievers, e se não forem treinados de forma adequada podem tentar dominar o seu dono se sentirem que o mesmo é passivo demais, apático ou sedentário.

Um bom Chessie possui uma disposição alegre e viva combinada a coragem, enorme ética de trabalho, e uma natureza alerta que o torna um excelente cão de guarda. Embora seja teimoso e precise de treinamento firme, se você fornecer a liderança correta, um olhar penetrante ou repreensão verbal consistente será o suficiente para controlar o seu mal comportamento; sendo qualquer outra punição mais severa, um exagero, podendo levá-lo a se tornar mal-humorado e ainda mais desobediente.

O Chessie pode ter um jeito meio pateta, e a sua teimosia obsessiva pode atrapalhar, pois quando enfia uma coisa na cabeça, fica difícil de tirar. Quando quer uma coisa, será persistente até obtê-la. Uma boa socialização garante que o seu filhote cresça para ser um cão bastante agradável. Convide pessoas para a sua casa regularmente, leve-o para parques, lugares que permitam cachorros, e longas caminhadas em que ele possa conviver com outras pessoas e animais para engrandecer suas habilidades sociais.

O Chesapeake Bay Retriever possui a tendência de caçar gatos, mas pode aprender a viver com eles se socializado desde cedo. Pode também se dar bem com outros cães que já estejam acostumados, mas pode tentar dominar outros machos não tão familiares. São desconfiados com relação à estranhos e podem ser até agressivos se acharem que seu dono esteja sendo ameaçado.

Intensamente leal e profundamente devotado, o Chesapeake Bay Retriever possui uma natureza protetora forte. É amigável, amável e afetuoso, durões e tenazes, e menos acolhedores com estranhos que outros cães do mesmo grupo de raças.

Os Chessies gostam de estar perto de pessoas, mas não exigem muita a atenção delas. Evolui com interação familiar, mas são mais adequados a uma família com crianças mais velhas. Podem tornar-se destrutivos se ignorados, se ficarem solitários ou entediados. Não costumam latir muito, à não ser que não tenham mais nada a fazer, e tentarão “falar” fazendo várias vocalizações.

No campo, o Chessie é um trabalhador sério e as vezes até neurótico com o seu desejo de encontrar os pássaros caídos. São famosos pela sua excelente visão e memória com relação ao local onde os pássaros caíram para ir buscá-los. Não é à toa que sua atividade favorita seja caçar patos.

Sem uma liderança adequada em que as regras e limites estejam bem claros, Chessies podem rapidamente de tornarem autoritários, simplesmente porque a maior parte das pessoas que possuem cachorros de porte pequeno costumam tratá-los de forma inadequada, sem que haja uma liderança firme e clara, causando assim alguns comportamentos negativos no cachorro. Até as crianças devem aprender a lidar com o cachorro e serem seus líderes.

Qualquer cachorro que apresente comportamentos como rosnar, surtar ou morder, está demonstrando que falta liderança. Estes problemas costumam surgir quando a pessoa não consegue distinguir um comportamento natural canino e confunde com emoções humanas, acabando com um cão que pensa que é o dono da casa. A pessoa PRECISA entender e seguir à risca o conceito de como manter um cachorro na linha em casa. Estes problemas podem ser corrigidos logo que os humanos passarem a ter controle sobre o cachorro.

Chesapeake Bay Retrievers equilibrados que possuem donos que não permitem que eles acreditem ser o líder da casa, não irão apresentar estes comportamentos negativos. Chessies que possuem líderes firmes, confiantes e consistentes e que recebem estímulos mentais e físicos suficientes serão sempre excelentes companhias para a família.

O Chessie perfeito não nasce perfeito, ele é produto da sua hereditariedade e criação. Seja lá o que você deseja dele, procure por um que tenha tido pais com boa personalidade e que tenham sido socializados desde filhotes. Qualquer cão pode desenvolver níveis desagradáveis de latidos, cavações e outros comportamentos inadequados se estiver entediado, destreinado ou não supervisionado.

Compre um filhote que tenha sido criado em casa e tenha certeza de que ele foi exposto a diferentes locais e sons, assim como pessoas antes de ir para outro lar. Continue socializando-o sempre levando a casa de amigos e vizinhos, assim como a passeios públicos. Antes de comprar um filhote, procure saber como escolher o filhote ideal e não deixe de conversar com o seu criador, descreva exatamente o que você procura em um cãozinho, e peça ajuda para escolher um filhote. Os criadores costumam conviver com filhotes todos os dias e podem dar excelentes recomendações uma vez que saibam um pouco sobre o seus estilo de vida e personalidade.

Os filhotes que possuem bons temperamentos costumam ser curiosos e brincalhões, costumam se aproximar das pessoas e gostam de ser carregados por elas. Escolha sempre o filhote que seja um meio-termo, não aquele que estiver mordendo ou judiando dos outros filhotes, nem aquele que estiver timidamente acuado em um cantinho. Tente sempre conhecer um de seus pais — normalmente é a mãe que fica disponível — para garantir que que ele tenha um temperamento que te faça sentir-se confortável com ele. Conhecer irmãos ou outros parentes também ajuda a avaliar como o filhote será na idade adulta.

Cuidados e Manutenção do Chesapeake Bay Retriever

chesapeake-bay-retriever-cuidados-cachorro
Cehsapeake Bay retriever adulto deitado no gramado do parque. (Créditos/Copyright: ” Por rokopix/Shutterstock”)

Comece a acostumar o seu Chesapeake Bay Retriever à ser escovado e examinado desde filhote. Mecha em suas patas com frequência — os cães costumam ser sensíveis com relação às suas patas — e olhe dentro de sua boca e orelhas. Torne essa manutenção uma experiência positiva cheia de elogios e recompensas, e assim você irá construir a base para exames veterinários e idas ao petshop mais fáceis de se lidar. Uma introdução cedo mostra para o independente Chessie que manutenção é um hábito normal da sua vida, e o ensina a aceitar com paciência todo o processo.

Ao checá-lo, procure por machucados, arranhões, feridas ou sinais de infecção como vermelhidão, inchaço, ou inflamação na pele, nas orelhas, nariz, boca, olhos e patas. Este rápido exame pode levar a diagnósticos mais cedo e evitar maiores problemas de saúde. Escove os seus dentes 2 ou 3 vezes na semana para remover tártaro e bactéria que proliferam dentro da boca – diariamente é ainda melhor para prevenir gengivite e mau hálito e ainda evitar o caimento precoce dos dentes.

Corte suas unhas uma ou duas vezes ao mês se não forem gastas naturalmente para evitar lágrimas dolorosas e outros problemas. Se você pode ouvir suas unhas batendo no chão, elas estão longas demais. Unhas caninas possuem artérias, se você cortá-las demais causará sangramento — e o seu cão pode não querer cooperar nas próximas vezes. Por isso, se você não tiver experiência ou não se sentir confiante para a tarefa, procure ajuda profissional. Cheque também suas orelhas uma vez por semana por sujeira, vermelhidão ou mau cheiro que possam indicar infecções. Limpe-as semanalmente usando loção de de PH equilibrado para evitar maiores problemas.

Seus pêlos densos, duros e curtos são oleosos, e possuem um odor distinto e fácil de manter. Por soltarem muitos pêlos, é preciso escová-lo com uma escova firme para remover os pêlos mortos. Embora precisem de banhos ocasionais para remover odores fortes, não devem ser lavados muitas vezes para que a textura oleosa de seu pêlo não seja totalmente removida. O ideal seria dois banhos ao ano, ou sempre que forem expostos a água. A sua camada oleosa ajuda a protegê-lo de temperaturas geladas.

Atividade & Exercícios do Chesapeake Bay Retriever

cachorro-chesapeake-bay-retriever-atividades
Chesapeake Bay Retriever correndo livre pelo parque.

(Créditos/Copyright: “Por Zuzule/Shutterstock”)
O Chesapeake Bay Retriever é um cão ativo que precisa de uma quantidade substancial de atividades diárias vigorosas. Ele adora brincar em campos abertos e nadar, especialmente em águas frias. São ótimas companhias para caminhadas, corrida, bicilceta, caça e outros esportes. Precisa de muito estímulo mental e físico. Se não forem exercitados da forma correta podem se tornar entediados e com energia acumulada podendo até ficar agressivos.

Enquanto caminha, ele deve sempre se manter ao lado ou atrás da pessoa que segura a guia, para que ele saiba quem é o líder. As brincadeiras podem até suprir suas necessidades físicas, no entanto, como em toda raça, apenas brincar não irá suprir seu instinto primário de caminhar. Cães que não fazem suas caminhadas diariamente são mais suscetíveis a apresentar problemas de comportamento.

O importante é dar os estímulos certos e mais adequados à raça do seu cachorro. Para entender melhor o que pode ou não pode ser feito em termos de exercícios e estímulos, é preciso saber como estimular a mente do seu cão, e ter sempre em mente quais são os cuidados básicos na hora de exercitar o seu cachorro. Existem diversos motivos para exercitar e estimular o seu cão, mas o mais importante deve ser a saúde física e mental dele, sem falar que um cachorro saudável pode viver por muito mais tempo ao seu lado.

Saúde do Chesapeake Bay Retriever

chesapeake-bay-retriever-saude
Cehsapeake Bay Retriever adulto no parque. (Créditos/Copyright: “Por Zuzule/Shutterstock”)

Na maioria das vezes, Chessies são todos saudáveis, mas como toda raça canina, alguns são mais suscetíveis à certas condições de saúde. Algumas doenças são mais comuns em algumas raças que em outras e nem todos eles terão uma ou todas estas doenças, mas é importante saber sobre elas ao considerar esta raça.

O Chesapeake Bay Retriever é no geral saudável, e costuma viver de 10 a 15 anos, mas possui a tendência a certos problemas de saúde como displasia de quadril (mal formação das juntas do quadril que pode causar claudicação ou artrite), joelhos e cotovelos; Doença de Von Willebrands, um tipo de distúrbio de sangramento; problemas nos olhos como atrofiamento progressivo da retina e cataratas; epilepsia que causa convulsões leves ou severas; chondrodisplasia, uma espécie de deformação dos membros tipo nanismo; câncer e hipotiroidismo.

Também possuem o risco de inchaço, um problema digestivo potencialmente sério que pode ser prevenido com alimentação em recipiente acima do chão, refeições espaçadas durante o dia, e evitando exercícios imediatamente após as refeições. Além disso, estão associados a uma doença genética de um gene mutado que conduz a mielopatia degenerativa, uma doença que afeta a medula espinhal.

Todos os cães possuem o potencial para desenvolver problemas genéticos de saúde, assim como todas as pessoas possuem potencial para herdar doenças. É sempre uma boa ideia perguntar a criadores quais os problemas que possam existir em suas linhagens. Um criador honesto sempre estará a disposição para discutir a saúde de seus cachorros, seja boa ou má.

Criadores cuidadosos costumam investigar e testar seus cães para evitar doenças genéticas e reproduzir apenas as espécies mais saudáveis e de melhor aparência, mas às vezes a Mãe Natureza possui outros planos. Um filhote pode desenvolver uma destas doenças mesmo em reproduções cuidadosas. Avanços na medicina veterinária hoje garantem que na maioria das vezes os cães podem ter uma qualidade de vida. Se estiver pensando em comprar um filhote, pergunte ao criador sobre as idades dos cães em sua linhagem e as causas mais comuns de morte.

Lembre-se que depois de levar um filhote para casa, você tem a responsabilidade de protegê-lo de um dos problemas caninos mais comuns: a obesidade canina, inclusive uma das tendências da raça. Manter o seu Chessie em um peso adequado é uma das maneiras mais fáceis de manter a saúde do seu cachorro e a vida dele saudável para a vida inteira. Em geral, qualquer cachorro pode estender a sua longevidade canina desde que se tomem os devidos cuidados com a sua saúde. O Chessie costuma viver cerca de 10 a 15 anos, e ter muitos filhotes por cria.

Treinamento do Chesapeake Bay Retriever

chesapeake-bay-retriever-treinamento
Chesapeake Bay Retriever de perfil e olhar sério e compenetrado. (Créditos/Copyright: “Por Kerrie T/Shutterstock”)

Os Chessies são caninos fortes que exigem treinamento firme e boa administração. Embora o Chesapeake Bay Retriever seja inteligente, é difícil de treiná-lo. É preciso paciência, pois a raça não é muito suscetível a mudar seus comportamentos.

Existe uma expressão popular que diz: “Você pode dar ordens a um Labrador Retriever e pedir a um Golden Retriever, mas deve negociar com um Chesapeake Bay Retriever”.

O Chessie pensa por ele mesmo e faz aquilo que deseja fazer e da maneira que acharem melhor. Mas, uma vez que reconhece a autoridade do seu dono e entende o que está sendo esperado dele, passa a se comportar da forma adequada e evoluir.

É um cão assertivo, confiante e obestinado, mas por debaixo dessa aparência de durão, é sensível e responde melhor a treinamentos dóceis, pacientes. Ao invés de lhes dar ordens, trate-os com justiça e negocie o que for melhor para vocês dois. A abordagem deve ser firme e consistente, porém gentil. Não respondem bem a métodos de treinamentos duros e severos. Ao treinar o Chessie, seja para ter boas maneiras em casa, caçar ou fazer esportes caninos, respeite suas habilidades e forma de aprender, e nunca obrigue-o a continuar depois que ele deixar claro daquilo que deseja fazer.

Os Chessies são mais devagar para amadurecer, por isso não são recomendados a donos novatos e inexperientes. Treine-o de forma adequada e socialize bastante com ele, pois sem a liderança necessária podem se tornar territoriais demais, agressivos e muito reservados com estranhos, podendo até não se dar com outros cães.

Treine o seu Chessie premiando-o pelo bom comportamento. Mantenha o treinamento divertido e evite repetições, para não entediá-lo. Sempre termine as sessões de treinamento em um tom mais alto, agradando-o, elogiando ou premiando por algo que ele tenha feito direito. Ele aprende melhor com pessoas que conhece e ama, por isso não o largue com qualquer treinador, pois esta raça extremamente leal terá melhores resultados se for treinada pelo próprio dono.

Quando o treinamento é divertido, ou seja, mistura técnicas de adestramento com diversão, o resultado é sempre muito mais positivo. Algumas dicas de como se divertir exercitando o seu cachorro poderão ajudar você a treiná-lo brincando. É importante conhecer o seu cão e entender quais são as atividades preferidas do cachorro.

O treinamento da caixa é algo também fortemente recomendado para o Chesapeake Bay retriever. Não só ajuda no treinamento dentro de casa, mas também serve como um espaço para se acalmar e relaxar, além de evitar que ele saia mastigando tudo por ai enquanto você estiver fora. A caixa é apenas uma ferramenta, não uma jaula, por isso não mantenha-o preso ali por longos períodos. O melhor lugar para o seu Chessie é sempre com você.

Ensinar o seu cachorro a deitar, sentar e ficar no lugar é vital para o treinamento de um filhote, procure se informar sobre como adestrar o seu cachorro, é muito comum cometer erros durante o processo de treinamento.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Chesapeake Bay Retriever”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *