Nem todo animal de estimação gosta de ser manipulado quando está sendo cuidado, mas com essas dicas de como cuidar do seu animal, isso não vai mais ser um problema.

Quando o animal não está acostumado, a experiência pode se tornar estressante tanto para o tutor quanto para o animal. Mas o animal precisa entender que ele precisa ser escovado, tosado, esfregado no banho ou ter suas unhas cortadas de tempos em tempos.

Se ele não consegue ficar parado ou tranquilo ao ser manipulado, pode até se machucar. Mas nem sempre tem que ser uma tarefa tão difícil. É possível fazer com que ele entenda que nada de mal vai lhe acontecer, podendo ficar calmo e tranquilo enquanto você executa a tarefa.

Aliás, essa experiência pode até ser prazerosa para os dois. A verdade é que muitos tutores tentar fazer essa abordagem da forma errada. Mas felizmente, há dicas de especialistas bem valiosas que podem ajudar a manter o animal bem cuidado e saudável – especialmente quando não é possível contar com a ajuda profissional.

Veja só abaixo!

1. Obtenha as ferramentas certas para o seu animal de estimação

Para cuidar do seu animal de estimação da forma correta é preciso investir nas ferramentas certas.

Se você quer cuidar do seu animal de estimação em casa, você vai precisar obter as ferramentas corretas para cada tarefa. Para isso, você terá que fazer o seu dever de casa.

Cortadores de unhas, máquina de tosar, pentes, escovas e tudo o mais que for necessário para facilitar o seu trabalho. Todas essas ferramentas devem ser adequadas ao porte do seu animal de estimação, tipos de pelos, etc.

Deixe que o animal cheire as ferramentas antes de usá-las nele, e vá utilizando cada uma com calma, no seu tempo. Você não precisa ter pressa, pois é mais arriscado se ele ficar nervoso ou com medo, tornando a tarefa ainda mais difícil e pior para ele se manter parado.

2. Aprenda as técnicas corretas

É preciso aprender as técnicas certas para cuidar de um animal de estimação em casa.

Uma das coisa mais importante é aprender a usar as ferramentas da forma correta para cuidar do animal de estimação da forma mais adequada. Para isso, você precisa aprender as técnicas corretamente, a fim de evitar prejudicar o animal.

Em se tratando dos pêlos, se você não souber como escová-los direito vai acabar embaraçando e criando nós, tornando a tarefa dolorosa para ele. Por isso, leve o tempo que for, faça com todo cuidado e paciência para não traumatizar o animal.

Há muitos guias e vídeos na internet com dicas de como escovar, remover embaraços e até de produtos que facilitam o trabalho, inclusive de como fazê-los ficar parados em se mexer, em uma mesma posição.

3. Mantenha a calma

Manter a calma é o segredo para que tudo corra bem.

Outra dica muito importante. Você deve manter-se calmo para que a experiência seja a melhor possível. Tente não ter outras distrações, barulhos, TV ligada ou qualquer outra coisa que possa estressar o animal. Eles precisam estar familiarizados com o ambiente para se sentirem confortáveis.

Você pode iniciar a tarefa para acostumá-lo quando estiverem relaxados juntos, em momentos de prazer. Assim, o animal não associa esse momento a um castigo ou algo ruim, mas uma hora de carinho extra.

Se você fizer tudo com pressa e nervosismo, o animal vai associar o momento a pânico e sentimentos negativos. Você pode oferecer-lhe petiscos e sempre através de carinho e elogios, fala mansa, enquanto vai cortando os pelos ou apenas for escovando-os.

4. Prepare o animal de estimação para os profissionais

Faça com que todos esses cuidados sejam parte da rotina em casa.

é importante treinar o animal de estimação em casa para ficar parado e quieto na hora de tomar banho, escovar os pelos ou apará-los. Se ele estiver acostumado aos processos em casa, não vai estranhar tanto quando tiver que ser cuidado por um profissional em outro local.

A rotina prazerosa em casa vai condicioná-lo a se manter calmo e quieto fora do seu ambiente residencial. Isso é importante para a segurança dele, além de tornar a tarefa para o profissional mais fácil.

Concluindo…

Manter o animal calmo e parado enquanto você executa as tarefas de cuidados com os seus pêlos, unhas, orelhas, olhos e patas não precisa ser coisa de outro mundo.

Não é uma tarefa fácil, mas quando faz parte da rotina e tudo é feito com muita paciência e carinho, o animal é capaz de se acostumar e não ficar estressado.

Você precisa se dedicar e tudo vai correr bem. Se investir nas ferramentas certas, aprender as técnicas, conseguir se manter calmo e não tentar apressar as coisas eles serão capazes de lidar com todo o processo de uma maneira bem mais leve.

Afinal, todos esses cuidados são atos de amor que devem fazer parte da vida do animal de estimação para que eles se mantenham sempre saudáveis e vivam por mais tempo ao seu lado.

Por Equipe Editorial

O Vidanimal.com.br acredita que compartilhar um bom conteúdo é a melhor maneira de fazer com que a informação chegue ao seu destino ou público alvo. Educar e conscientizar as pessoas é a nossa missão. Procuramos criar parcerias com profissionais empenhados em fazer parte dessa missão. Contamos com uma equipe de colaboradores que amam aquilo que fazem e se dedicam todos os dias para levar até você um conteúdo informativo de qualidade.

Deixe uma resposta