Se você estiver considerando ou já está no início do processo de adoção de um animal de estimação, saiba que existem alguns acessórios para cachorro e gato que devem ser providenciados para essa transição para o novo lar.

Para não correr o risco de ser negligente, é preciso alertar a todos os futuros tutores que não deixem de ter certeza de que irão ter tempo suficiente para cuidar desses animais, paciência e desejo de mantê-los em suas vidas “até que a morte os separe”.

Para ter certeza, existe a opção de “adotar o animal por tempo determinado”, a fim de constatar a sua capacidade para o compromisso a longo prazo. Uma outra possibilidade, já que você está pensando em adotar, é considerar um animal adulto ao invés de filhote, ou que tenha alguma necessidade especial, pois esses animais são sempre ignorados.

Se o seu coração está pronto e a decisão está tomada, é hora de se preparar para receber o seu novo amigo peludo em casa. Veja abaixo algumas dicas e acessórios para cachorro e gato que você vai precisar para deixá-los confortáveis e seguros em casa.

Confira a seguir!

Antes de investir em acessórios para cachorro e gato, os profissionais!

Antes de investir em acessórios para cachorro e gato encontre um veterinário e um treinador.

Se você ainda não tem um veterinário de confiança, reserve um tempo para pesquisar por antes de trazer o animal para casa e já marque uma primeira consulta. Se quiser, pode optar por serviços de telesaúde, já disponíveis.

Isso vai ajudar muito nas primeiras semanas de adaptação do animal em casa, principalmente se você não tiver experiência. A primeira consulta veterinária é super importante e esclarecedora, não se esqueça de fazer todas as perguntas necessárias, incluindo sobre seguro de saúde pet.

Os filhotes, seja filhote de cachorro ou de gato, também podem precisar de um plano de treinamento. Há muito profissionais especializados em treinamento de comportamento que podem te ajudar nesse início da convivência.O abrigo mesmo pode te ajudar a encontrar esses profissionais.

Normalmente, os treinadores podem dar dicas valiosas de saúde, adestramento, e de como fazer a manutenção do animal. Mas você também pode treiná-lo em casa também, mas seja paciente e consistente.

Invista tempo em socialização e separação

A socialização com pessoas e outros animais é muito importante para o animal, seja ele cachorro ou gato. É importante para que ele aprenda a conviver com diferentes pessoas, conheça barulhos e os movimentos da casa, para não ficar ansioso ou estressado.

Por outro lado, é igualmente necessário que ele entenda que precisará ficar sozinho em alguns períodos. Isso porque no início é normal ficarmos mais grudados no animal, por conta da novidade e dos cuidados necessários no início da adaptação, mas ele também precisa de uma tempo a sós.

Eles precisam ter a experiência da separação para entender que haverá períodos em que você não vai poder estar por perto e eles precisam aprender a se entreter sozinhos. isso vai evitar problemas de comportamento, como ansiedade por separação e outros péssimos hábitos que costumam surgir por conta disso – como destruir coisas pela casa, uivar, chorar e latir, fazer necessidades em locais inapropriados, etc.

Principais acessórios para cachorro e gato

Há muitos acessérios para cachorro e gato disponíveis no mercado.

Todo animal de estimação precisa de alguns itens básicos quando vão morar em algum lugar. Você não precisa exagerar no início, mas alguns acessórios para cachorro e gato são fundamentais.

Depois de um certo tempo de convivência você vai passar a entender a personalidade deles e vai poder adquirir outros itens de acordo com os seus hábitos e preferências. O importante agora neste início é fazê-los se sentir confortáveis e seguros em casa.

Veja abaixo:

Itens para necessidades fisiológicas

Normalmente, os gatos não costumam necessitar de treinamento para fazer suas necessidades fisiológicas em local específico e apropriado, eles sabem onde ir quando bate a vontade.

Mas eles precisam do equipamento próprio para isso, e caro que seja mantido limpo. A caixa de areia para gatos, simples, rasa e barata, do tipo que se encaixa debaixo de qualquer móvel é o suficiente. Isso porque os filhotes tendem a crescer rapidamente e a substituição é inevitável.

Já para os gatos adultos você pode investir em uma caixa de areia com o dobro do comprimento do animal (não incluindo a cauda). Há modelos com tampa e sem tampa, vai da preferência do animal, pois nem todos se adaptam às caixas tampadas.

É preciso ter também mais de uma caixa de areia espalhada pela casa, principalmente se a sua residência tiver mais de um andar. Caixas com proteção para as necessidades não ficarem espalhadas ou tapetes são uma boa opção.

No caso dos cachorros, eles não necessitam de caixa de areia, por isso o treinamento é indicado. Os tapetes higiênicos podem ser uma boa opção no início e para quem mora em apartamentos ou fica fora por longos períodos. Mas o ideal é treiná-lo a fazer as necessidades em local externo específico ou fora de casa.

Para essa saídas emergenciais, utilize sempre as sacolinhas para recolher as fezes do animal, inclusive há opções biodegradáveis, e coleiras com compartimentos para armazená-las.

Há alguns animais que podem se adaptar à fraldas higiênicas, para emergências, viagem no carro, quando doentes, no cio, etc. Não há muitas opções para gatos, mas elas existem, só são mais difíceis de encontrar.

Alimentos e Alimentadores

Em relação aos comedouros e bebedouros, não tem jeito, ou você começa com os menores e mais simples e depois substitui, ou você vai ter que investir nos mais sofisticados, automáticos ou eletrônicos que oferecem as porções adequadas ao peso do animal.

O importante é tentar evitar os feitos de plásticos, que costumam facilitar a proliferação de bactérias. Os modelos ideais são feitos de aço inox, de preferência antiderrapantes e pesados o suficiente para não serem carregados pela casa ou derrubados.

Um boa ideia é se atentar aos horários e tipo de ração que antes era dada no abrigo e fale com o seu veterinário sobre recomendações. tente alimentá-los com uma certa variedade de alimento para eles não ficarem viciados em apenas um único sabor e rejeitar alguma mudança na dieta futuramente.

No caso dos cachorros, tente não mudar imediatamente a dieta deles para não dar problemas de estômago. Você pode ir misturando a ração antiga na nova e ir fazendo a mudança gradualmente na semana.

Brinquedos e Arranhadores

Gatos adoram caixas de papelão para brincar/

Filhotes de cachorro e gatos precisam de estímulo, exercícios e diversão para afastar o tédio e ansiedade. Por isso, eles precisam brincar e ter objetos apropriados. é bom investir em um grande variedade de brinquedos e ir substituindo-os à medida que vão enjoando.

Evite brinquedos que possam ser engolidos ou facilmente destruídos, e sempre supervisione eles ao brincar. Depois, guarde o brinquedo fora se deu alcance. As cordas e ossos específicos para filhotes permitem que eles mastiguem o objeto e evitam que eles peguem os seus sapatos, por exemplo.

Os gatos adoram arranhar. É comportamento instintivo que ajuda a afiar as garras, alongar os músculos, aliviar o estresse e ansiedade e marcar o território. Por isso, não remova as garras do gato, ao invés disso ofereça brinquedos para gatos com colunas para arranhar e múltiplas superfícies de texturas diferentes.

Como com as caixas de areia, os gatos também possuem preferências pelas texturas dos objetos para arranhar – alguns gostam de caixas de papelão, outros cordas de sisal, carpete, etc. Você vai ter que testar alguns e investigar as suas preferências até saber do que eles mais gostam.

Camas

A cama é um dos principais acessórios para cachorro e gato. Qual animal não gosta de uma caminha para dormir?

Mesmo que você deixe eles subirem na sua cama e dormir aos seus pés, um dos acessórios para cachorro e gato fundamentais é a cama. Eles precisam de um local próprio para dormir, só deles. É preciso que eles tenham um local próprio, é mais uma questão territorial.

Além disso, talvez sem a sua ajuda e dependendo do porte deles, seja mais difícil subir nos móveis, como sofá ou a sua cama. Por isso, ofereça uma cama para cachorro ou um nicho para o seu gato dormir.

Opte por modelos confortáveis e acolchoados, mas fáceis de limpar. Tenha almofadas cobertores em diferentes locais da casa onde eles possam também se aconchegar. Se o cachorro for mais velho ou tiver necessidades especiais, considere uma cama ortopédica.

Os gatos também preferem as temperaturas mais altas, considere locais mais quentinhos para colocar a caminha deles, além de espaços mais reservados e tranquilos, onde eles possam se esconder de vez em quando.

Cercados, caixas e focinheiras

Embora muita gente ache crueldade prender o animal em caixa ou cercado, se isso for feito da forma correta, não é problema algum, sendo até super seguro. As caixas de transporte, por exemplo, são excelentes inclusive para treinar o cachorro a esperar no local para fazer suas necessidades ou para mantê-lo isolado por curtos períodos.

Caso você tenha que sair de casa, por exemplo, isso evita que ela saia pela casa destruindo e pegando tudo pela frentes. Além disso, a caixa e o cercado podem mantê-los seguros, evitar que fujam ou se machuquem. A caixa ou o cercado, nunca podem ser usados como local de castigo, dessa forma ele não vai associá-los como algo ruim.

A caixa e o cercado devem ser grandes o suficiente para que o animal fique de pé e de uma volta em si mesmo, assim como deve acomodar uma cama confortável e o comedouro e bebedouro. Ela vai ajudar a acostumá-lo a ficar ali dentro durante o transporte também.

Lembre-se de tirar a coleira deles quando estiverem nesses locais para evitar que fique presa e causa acidentes. Já a focinheira é exigida para raças consideradas mais agressivas, em locais públicos, condomínios, etc. Apenas use quando necessário, nunca como punição.

Acessórios para cachorro e gato para passeios

A coleira é um dos acessérios para cachorro e gato essenciais para passeios.

O seu animal de estimação vai precisar também de uma coleira bem ajustada, que não fiquem nem apertada e nem larga demais. Para ter uma ideia de medição tente passar dois dedos confortavelmente entre a coleira e o pescoço do animal.

Uma guia também é necessária para levar o animal passear, até mesmo o gato pode ter uma. A melhor opção é ela ter pelo menos, 1,80m, feita de couro, canvas ou corda, presa a uma coleira peitoral para não pressionar o pescoço do animal.

Se o seu cachorro costuma puxar demais a guia quando caminha, tente uma mais curta, e evita as retráteis, que podem machucar o animal e você. Para os gatos considere aquelas que se soltam sozinhas, quando puxadas com força, para evitar que eles fiquem presos, já que vivem trepando em tudo.

E não se esqueça das plaquinhas com identificação do animal e telefone de contato, especialmente nos gatos que costumam sair de casa para dar suas voltinhas.

Os gatos e cachorros também precisam de caixas transportadoras para a sua segurança. O ideal para eles é que sejam duras, para que não se sintam sufocados. Já para os cachorros existem muitos acessórios para carregá-los, de acordo com o porte e peso.

No carro, você pode usar as caixas transportadoras, cadeirinhas ou cintos de segurança próprios presas à coleira do cachorro. Já os gatos são transportados apenas dentro das caixas.

Acessórios para cachorro e gato de manutenção e limpeza

A escovação dos dentes do animal deve ser iniciada logo nos primeiros meses, e deve ser feita regularmente, todos os dias. Problemas dentários podem ser difíceis de lidar, dolorosos e caros, mas se você fizer disso um hábito regular (todos os dias ou 3 vezes na semana), você vai evitar todos eles.

Há modelos de escova de dentes para cachorro de dedo, para as raças de pequeno porte ou até mesmo escovinhas menores, tanto para gatos como para cachorros. O seu veterinário também pode indicar a melhor pasta de dente.

Não se esqueça de aparar as unhas do animal e faça com que ele se sinta confortável com isso desde o início. Eles costuma se assustar com o barulho da maquininha, por isso vá acostumando-o com o som de vez em quando, não só no dia de cortar.

Essas máquinas de cortar unha são fáceis de usar, mas tente aprender com o seu veterinário antes e, se não se sentir confortável, peça ajuda a serviços especializados no petshop.

Não deixe também de ter em casa produtos higiênicos próprios para a sua manutenção e limpeza, como shampoos, condicionadores, escovas e pentes, remédios, ataduras, tratamentos contra pulga e carrapato, além de desodorizadores para carpete para limpeza e se livrar de odores.

Por Equipe Editorial

O Vidanimal.com.br acredita que compartilhar um bom conteúdo é a melhor maneira de fazer com que a informação chegue ao seu destino ou público alvo. Educar e conscientizar as pessoas é a nossa missão. Procuramos criar parcerias com profissionais empenhados em fazer parte dessa missão. Contamos com uma equipe de colaboradores que amam aquilo que fazem e se dedicam todos os dias para levar até você um conteúdo informativo de qualidade.

Perguntas & Respostas

  1. Olá, eu adorei as dicas, sempre procuro como cuidar melhor dos meus filhos de quatro patas e queria dar uma dica, recentemente fiz um curso sobre como cuidar melhor de cães e isso me ajudou muito, então apenas queria compartilhar com vcs. Eles também reembolsam o dinheiro se vc não se sentir satisfeito, então vc não tem nada a perder 🙂

Deixe uma resposta